15 de set de 2009

Em Busca da Terra do Nunca



A história de Peter Pan todos nós conhecemos. Mas você nunca se perguntou qual história se originou essa imortal obra-prima?

Com 7 indicações ao Oscar, incluindo melhor filme, Em Busca da Terra do Nunca visa contar, baseando-se em fatos reais, a forma como Peter Pan surgiu da mente de seu criador.



Johnny Deep é o dramaturgo James M. Burrie, que encontra-se em sérias dificuldades na carreira devido á falta de inspiração para seu próximo trabalho. Em suas solitárias caminhadas no parque, ele conhece por acaso uma jovem viúva (Kate Wislet) e seus quatro flhos. Ao ensinar as crianças ba imaginar e sonhar, James desenvolve uma amizade sincera com a família, que supera todas as barreiras impostas pela conservadora sociedade londrina.
E é através dessa convivência que James encontra a inspiração e a motivação necessárias para produzir aquele que seria seu melhor trabalho. O filme possui um elenco de talentos, tratamento impecável, encantadora trilha sonora e fotografia magnífica. Porém, mais magnífico ainda é sua história belamente dramática, repleta de lições valiosas que nos ensina que até mesmo o faz-de-conta pode se tornar realidade se permitir que nossa imaginação nos faça ver.


Em Busca da Terra do Nunca é inteligente e inspirador, ao revelar o que todos nós desejamos viver a fantasia, sendo na ilusão que somos capazes de encontrar forças diante dos obstáculos. E ensina também que, atrás de um belo conto ficcional existe um conto real ainda mais belo.

3 comentários:

Criska disse...

Hummm, tá escrevendo bem, hein? Daqui a pouco vira crítica literária e cinematográfica.
Bjoss

Guiherme disse...

Esse é um filme maravilhoso, um dos meus prediletos. É também uma das raras aparições de Johnny Depp de cara limpa. Para ver com toda a família.

Vou te seguir. Nem preciso dizer que os seus posts de cinema serão os que mais lerei né?

http://acervodocinema.blogspot.com

http://memoriadasetimaarte.blogspot.com

Tsu disse...

Olá Criska! Rs, valeu o elogio assim fico encabulada...

Guilherme, realmente esse é um dos poucs filmes que Johnny Depp ostenta um visual social. Mas a parceri dele com Kate Wislet deixou o filme fenomenal...

mas confesso que chorei muito nesse filme

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...