31 de mar de 2011

Kuroshitsuji



Afinal, eu sou um mordomo e tanto.



Kuroshitsuji é um dos animes que, estética e visualmente impressiona. Mantendo um belíssimo traço e uma animação caprichosa, os personagens são bem expressivos (uma qualidade das obras denominadas shoujo) e o estilo das roupas é simplesmente fenomenal (só perdendo, talvez, para o ilustríssimo mangá de Trinity Blood). Isso advém do fato de que a história de Kuroshitsuji ser ambientada na Londres vitoriana (por volta de 1860 - 1880). Como se não bastasse, a obra trata de demônios e pactos, o que certamente atraiu fãs.

Talvez o único ponto negativo de Kuroshitsuji seja o fato de ser uma obra YAOI. Yaoi é um gênero muito popular entre as mulheres, embora trate do romance homossexual entre dois homens (não me pergunte a razão disso fazer tanto sucesso entre o público feminino, nem os psicólogos sabem). O problema aumenta porque os personagens masculinos são absurdamente belos (o demõnio Sebastian é, literalmente, uma tentação).

Mas não me aterei no yaoi neste artigo. Pois Kuroshitsuji embora pertença ao gênero, não foca nisso constantemente e de forma melodramática. Assim como Tokyo Babylon, a obra possui enrtedo e não é um romance. Na verdade só pessoas com senso crítico notarão as referências de duplo sentido (isso pelo menos na primeira fase). Portanto, se você aprecia histórias de anjos/demônios e mistérios sobrenaturais com um humor divertido e belo visual, feche os olhos para o yaoi e aproveite.

O protagonista é o jovem aristocrata Ciel Phantomhive: sério e recluso, embora tenha apenas 13 anos é dono da maior empresa de brinquedos do mundo: as indústrias Phantomhive.
Após perder os pais em um misterioso incêndio, Ciel, consumido pela vingança, aceitou fazer o pacto com o demônio. E a prova do "contrato" é o símbolo tatuado em sua íris (a qual ele esconde com um tapa-olho).

O tal demônio do contrato atende pelo nome (certamente falso) de Sebastian Michaelis. Devido ao pacto firmado com o jovem Ciel, o belíssimo Sebastian torna-se seu mordomo. Embora seja um demônio deveras poderoso, Sebastian cumpre rigorosamente a regra do contrato, tendo que servir e acompanhar seu mestre como qualquer mordomo. Sebastian é talentoso e incrivelmente perfeito em qualquer coisa que se habilite fazer.

A pergunta intrigante entre a relação de ambos é relacionada ao pacto. Ciel o fez para que pudesse obter sua vingança e Sebastian aceitou auxiliá-lo para obter algo em troca. Esse "algo" é nada menos do que a alma do contratante. Quando Ciel concluir sua vingança ele tem plena consciência de que Sebastian devorará sua alma.

Apesar disso, Ciel e Sebastian levam uma vida normal, com o garoto administrando a fortuna dos Phantomhive e o mordomo-demônio cuidando dos afazeres diários da profissão; preparando o chá da tarde, administrando a agenda do patrão, cumprindo serviços, acompanhando seu mestre em reuniões sociais e dando ordens aos demais empregados (que são bizarramente atrapalhados). Entretanto, além de cuidar das finanças da família, Ciel é o famoso "cão de guarda" da rainha e, como reza a tradição, tem o dever de resolver certos casos misteriosos em Londres.

O ponto alto de Kuroshitsuji reside aqui. Os casos apresentados seguem todos uma referência á obras renomadas da literatura inglesa. Como o caso em que as personagens vão á um vilarejo retrógado onde existe um cão-fantasma - talvez uma homenagem ao Cão dos Baskervilles, de sir Arthur Conan Doyle. Aliás, a presença da aura de Sherlock Holmes está presente na ambientação e forma como alguns mistérios são apresentados e, durante uma festa na corte, o personagem indiano Ramma surge trajado com a clássica roupa axadrezada de detetive.



A diversidade de personagens apresentados durante os fatos comprovados historicamente são outro destaque. A chegada do príncipe indiano Ramma e seu fiel lacaio mostram a revolta contida dos imigrantes en Londres. Assim como o episódio em que Ciel veste-se de mulher (nota para a engraçada e subliminar cena de colocação do corset) para investigar o tráfico de humanos por um respeitado burguês. Claro que a melhor referência histórica se dá através do divertido chinês Lao (sempre agarrado á tentadora Ranmao). Passando-se de desentendido, eke comanda o consumo de ópio nos subterrâneos da cidade. "Eu vendo sonhos ás pessoas" é o que ele diz em meio á vários viciados espalhados pelo salão de consumo da droga em narguilés.

Porém, nenhum desses casos surpreende mais do que a delirante e deliciosa versão que a autora dá ao caso de Jack, o Estripador. O primeiro serial killer documentado da história é um dos melhores momentos da série. É nesse interim que conhecemos a tia de Ciel, a memorável Madame Red. Em seus bleos trajes rubros a personagem fixou uma presença tão forte que, embora tenha aparecido em poucos episódios, possui vasta quantidade de cosplayers.

Ainda no caso de Jack, conhecemos o shinigami Grell Sutcliff. Insano, perigoso e extravagante, sua paixonite fanática por Sebastian arranca risadas e o fato de sempre acabar se dando mal por conta desse "amor", nos simpatizamos comn sua pessoa. Como todo Deus da Morte, Grell não deve ser subestimado e, para cortar a alma de suas vítimas, ele usa não uma foice e sim um grande serra elétrica.

Mas, quando Ciel começa a duvidar das verdadeiras intenções da Rainha da Inglaterra, é que a coisa se complica. E, á medida que vamos descobrindo os mistérios, vamos conhecendo mais sobre Sebastian que, atrás de um mordomo perfeito reside um assassino frio.

Onde reside um demônio simpático e "bom", também há um anjo. E talvez a presença desse único anjo ilustre uma das questões mais interessantes de Kuroshitsuji. O anjo, em sua própria revelação, pode tanto ser homem quanto mulher (a teoria dos anjos sem sexo). E chegamos á conclusão com base em suas intenções, que fazer pacto com um demõnio é ruim, mas fazer pacto com um anjo pode ser muito pior.

O final da primeira fase é simplesmente excelente. A Londres em chamas (um fato que realmente ocorreu na época) e a batalha final é contudente. O epílogo então...talvez um dos finais mais místicos e inspiradores dos animes, coberto com uma penetrante trilha sonora.

Kuroshitsuji, em minha opinião, acabou na primeira fase. Mas, diante do sucesso da obra (e certamente pressão de fãs alienadas por yaoi), a autora deu prosseguimento á história.

A segunda fase possui 12 episódios e, embora os cenários e movimentação dos personagens seja primoroso, o enredo decepciona por conter cenas e diálogos de yaoi em demasia. Os mistérios e complexidades presentes na primeira fase são quase inexistentes na segunda. A idéia de outra pessoa fazer pacto com o demônio e se apaixonar por ele sem ser retribuído é interessante e nesse ponto foi bem elaborado. Porém ,o fato de Sebastian e Claude (o outro mordomo demoníaco) ficarem lutando por Ciel é apelativo demais. Sem contar que a fragilidade sentimental de Sebastian não combina com o seu "eu" da primeira fase.


O foco na segunda parte é quase inteiramente de Alois Trancy, um garoto parecido com Ciel, só que afetado e insano. Homossexual assumido Alois, á despeito da aparência, é cruel e emocionalmente instável que agride verbal e fisicamente sua passiva empregada Hannah quando Claude não lhe obedece da maneira que o garoto deseja. Invejando Ciel, Alois começa a fazer tudo para eliminá-lo.

Talvez o ponto realmente interessante seja o passado de Alois. Por uma cruel ironia do destino, Alois tem todos seus desejos realizados e paga um alto preço por eles. Sozinho, torna-se escravo sexual de um velho e rico pedófilo e os abusos ilustram a razão do garoto fazer o pacto com o demônio. Só que, por mais que ele deseje, Cluade jamais sentirá por ele o que Sebastian sente por Ciel. E a inveja de Alois perante essa verdade literalmente o faz rastejar aos pés do demônio em prol de atenção.

O final da segunda fase deixa muito a desejar e para aqueles que apreciam uma trama elaborada, concluem que a história deveria ter terminado na primeira fase, com seu desfecho aberto e subtendido: a última cena dessa parte ao som da melancólica Si Deus me Reliquint seguida pelos créditos da viciante canção Lacrimosa, é sublime.

Embora o anime tenha terminado, o mangá continua, tendo no momento 10 volumes não publicados no Brasil, criado pela autora: Yana Toboso. O sucesso de Kuroshitsuji rendeu uma boa quantidade de produtos direcionados ao público otaku e entre os fãs Sebastian é um símbolo sexual de animes e mordomo dos sonhos para qualquer mulher. E as roupas elegantes da época vitoriana inspiram excelentes cosplayers ocidentais.

Enfim, se você aprecia animes de qualidade que mescla ocultismo, mistério e comédia, Kuroshitsuji é recomendado. Como dito anteriormente, se fechar os olhos para o yaoi é possível apreciar a obra sem problemas (nesse caso recomendo que veja apenas a primeira fase). Pois Kuroshitsuji é interessante. Mesmo.

~*~


24 comentários:

Jim Carbonera disse...

bah, vi no animex, o seriadinho death note.

Mas bah nao adianta, nao consigo me adaptar a mangás. Esse estilo de desenho etc. A historia me pareceu interessante, pelo menos no episodio q eu vi, mas sei la, a desenvoltura dos bonecas etc, nao me agrada.

Mas claro, q é questao de gosto. E respeito muito quem gosta, pq nao deixa de ser uma puta arte! E sempre admiro isso.

O que eu realmente gostava era do Jiraia, Giban, cybercops etc, q eram do meu tempo hahahahaha

Beijos

http://www.estilodistinto.com/

Mari Sayuri disse...

Então... eu sou uma admiradora de yaoi ne... xD
Mas vou respeitar a sua opinião, todo mundo tem direito de não gostar de algo.
Adoro a trama de Kuroshitsuji, os personagens são incriveis, penso também que são muito marcantes. Quero ter a oportunidade de assistir até o fim, porque vi poucos episódios!
ótima review Tsu! Um beijo
http://ondevaoasnuvens.blogspot.com

Eduardo disse...

Wow, a história parece ser envolvente!!! Mal posso esperar para assistir o anime. Mas antes tenho que me matar de estudar...
Sobre o livro do Laranja Mecânica... O meu livro chegou óntem, é da editora Aleph, não sei se é o mesmo que você tem, por que essa editora traduziu esse livro em 2004. Vem com uma nota do autor e um glossário de termos do livro. Mal posso esperar para ler... Mas parece que eu só vou poder ler esse livro só em Maio... Depois da prova do SENAI, terei que ler o livro Senhora de José de Alencar... Tô muito animado para ler esse livro... Eu adoro o Romantismo - especialmente a 2ª geração, ou o mal do século :) - E a prova vai ser dia 22 ou 25... de Abril, não me lembro muito bem...

Andre Mansim disse...

Tsu, saiu a entrevista no blog do meu colega, passa lá pra ver!


http://jesuschrististherock.blogspot.com/

Sandro Honorato disse...

Tsu,outro anime qua ainda nao vi.
Mas ein...as meninas são belas também?Tem umas colegiais ai também?kkkkkkk

Olha,sobre o post anterior,não me recordo de ver Deep nos filmes que ja assisti(nunca vi piratas do Caribe).

Quem eu gosto de ver atuar é Nicolas Cage *-*

Beijos Tsu

Cassie disse...

Eu adoro Kuroshitsuji..conheci a série por indicação de uma amiga. Também não curto yaoi mas abro excessão pq a série é bem legal. Eu adoooro o Sebastian. E me surpreendi com a Madame Red....

E sim..a segunda fase é muito chata..prefiro ficar só na primeira rs.

Eduardo disse...

Tsu, Pode deixar que eu esto me preparando para ler o livro assim que der!!!

Era mais do que uma obrigação te mencionar no blog, afinal, foi você que me apresentou o livro, fiquei curioso para ler!!! Não podia simplesmente falar: Ah, uma amiga minha que me indicou o livro nesses blogs pela vida...
rsrsrsrsrss

Victor Von Serran disse...

Ahhh madame red.....queria tanto sua existencia original...assisti muito em uma epoca que estava envolvido com comunidadea ocultistas..mas parece que ja faz tanto tempo...


obrigado pelas visitas...um beijo

Manfio disse...

Também fiquei apreensivo sobre Evangelion com esse novo tabu.

Está ai o link da matéria que te falei, é do dia 14 de Março: http://www.animeblade.com.br/noticias/1300110409/
Estes dois links também da Anime Blade também trazem dois animes que foram retirados do ar no Japão:
http://www.animeblade.com.br/noticias/1300801630/
http://www.animeblade.com.br/noticias/1300884638/

Eu assisti e gostei muito de Kuroshitsuji, lembro de ter visto num período em que só tinha visto animes razoáveis anteriormente, foi uma espécie de salvação, unico bom anime que vi no segundo semestre do ano passado (acho que tô precisando de melhores dicas de animes para assistir rsrs).
Estava pensando em assistir essa nova temporada, mas pelo que você disse aqui eu já mudei de idéia rsrs

Victor Von Serran disse...

Aparece.....atualizei !

beijão .

http://universovonserran.blogspot.com/2011/04/doze-copos-de-cafe.html

Mar- chan disse...

Não posso acreditar!?Eu pensava que já era sua seguidora!!
Desculpa o atraso!!!
Continue a seguir meu blog!
Rumo aos 70 seguidores!

Xau kisses

Tsu disse...

Oi Jim!
Ah que pena que Death Note não te prendeu...mas não desistirei! Irei procurar algum outro anime que possa despertar seu interesse rs.
Vc curtia Live Action? Caramba, fez a infância de muita gente! Eu sempre fui fã do Jaspion! E dso Black Kamen Rider!

bjs


Oi Mary.
Ah sim vc admira yaoi...mas eu acho que você não concorda com aquele lance das fãs de ficar gayzando todos os personagens de todas as ´series né?
Poxa, veja Kuroshitsuji até o fim! Como disse,eu curto mesmo a primeira temporada a segunda deixou muito a desejar.
Acho que o personagem que mais me marcou na série foi a Madame Red.


Hello, Eduardo!
Ei o livroé o mesmo que eu tenho sim *_* eu tenho um artigo pronto sobre ele para colocar no blog..talvez essa semana eu coloque ai você tem uma base melhor. Boa sorte aí nas provas..no meu curso eu entrei em Lógica de Programação...estou boiando legal já rs.


André, eu vi a entrevista lá no blog!
E caraaaa vc me mencionou mesmo 0.0. Tipo...sou a garota do blog que fala de coisas que vc não gosta mas que mesmo assim vc fica interessado em ler kkkkkk.

Tsu disse...

Olá, Sandro!
Não..Kuroshitsuji não tme colegiais de minissaia..aliás quase nem tem mulheres.
Vc nunca viu Piratas? 0_0 O Inimigos Públicos ele é o personagem principal.
Também curto o Nixcholas Cage mas recentemente ele anda errando em fazer alguns filmes..só tá pegando filme ruim coitado...


Cassie \o/ Eu sempre curti a Madame Red desde o começo...ai viciei no Sebastian depois...ele é um mordomo perfeito..pena ser farinha kkkkkkk


Oi Victor!
Já estou indo no seu blog!
Então se não me engano a Madame Red foi baseada em alguma outra personagem..eu adorei o fato de ela estar envolvida com o caso do Jack...


Manfio, valeu pelo link..já estou salvando as matériaspara lê-las com mais calma e tentar fazer um artigo sobre isso.
É..Kuroshitsuji veio numa época que os animes estavam meio mornos e ajudou a dar um revival. Olha a nova temporada eu acho meio dispensável por conta doyaoi exarcebado e do final...chato. O final da primeira parte é muito melhor.


Oi Mar-chan!
Ah isso acontece não tem problema!
Vamos nos falando!
bjs

Jim Carbonera disse...

porraaaaaaaaa Black Kamen Rider!! Muito massa...dessa eu te contar uma historinha. Eu sempre via black kamen, mas sempre que chegava no ultimo capitulo, voltava pro primeiro. Entao nunca consegui ver o final. Porem, coloquei no youtube a dois anos atras, e tinha o ultimo episodio legendado e tudo! Demais!!!!!! hahahahaha superei um dos meus traumas de infancia!

Beijaoo

Rozenblood disse...

Parece ser uma boa historia ouvi rumores do mangá ser lançado aqui no Brasil pela JBC mas nada e confirmado ^^ acredito que e um titulo mtu bom :) mas vo esperar para ler primeiro para pode julgar melhor

Tsu disse...

Oi Jim!
KKKK esse lance de capitulos eu lembro! Era o grandemal damanchete rs...
eu realizei um dos meus sonhos de infancia quando finalmente baixei e gravei num dvd o seriado Animais do Bosque dos Vin´tens rs.

Oi Rozenblood
Eu também ouvi o boato do mangá kuroshitsuji aparecer por aqui mas acho que todo boato tem um fundo de verdade. Torcemos por isso!

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Ohhhh!!! Tsu amei...o anime tem tudo o que eu gosto, adoro historias com ocultismo, mistérios e comédia...tem coisa melhor!? Rsrsrsrs...é amiga tem sim uns blogueiros por aí que tem preconceito com meu Blog, já ouvi cada coisa!! Mais deixar isso de lado é o melhor!! Bjks

Tsu disse...

Então Jane...baixe a série! Mas eu te aviso: veja apenas a primera tmeporada de Kuroshitsuji que tem 26 capitulos..a segunda como disse na resenha deixa muito a desejar e acabou com a aura mistica do início..bom pelo menos essa é a minha opinião.

Nossa, vc não deve dar atenção para essas pessoas que criticam seu blog...cada um tem um blog sobre o que quiser..quem vem pra trollar é porque não tem mais o que fazer. Bando de crianças fúteis u.u

continue com o blog sempre!

Carolina disse...

Realmente!!! Tenho q concordar com a Jane! Ñ existe mistura melhor do q ocultismo, mistérios e comédias!
Assisti a primeira fase, é literalmente maravilhosa e intrigante, só q o último episódio deixa a desejar! eu sei, eu deveria ter dito pra mim " acabou! esqueça q existe segunda fase!" mas ñ dá! msm vc sabendo q o q te aguarda ñ era o q vc queria, ñ da pra resistir! Vc quer, pq quer ver o Sebastian e o Ciel de novo!!!
De qualquer forma é muito bom! Na verdade eu acho maravilhoso!! Sem contar q as músicas são surpreendentementes lindas e incriveis! a única coisa q eu ñ gostei muito foi da letra das músicas (ñ me entendam mal elas são lindas) mas ñ deu muito certo com o anime, dava a entender q o Sebastian e o Ciel eram apaixonados!
Bjs! e bom trabalho Tsu!

Tsu disse...

Oi Carolina!
Ah então...eu concordo com a teoria de que vemos a continuação de Kuroshitsuji porque queremos ver o Sebastian (o Ciel não me importo, sou até mais o Grell do que ele). Eu particularmente ADOREI o final da primeira temporada. Para mim aquilo sim era o fim da ´serie: totalmente aberto, misterioso - ao mesmo tempo que óbvio, pois sabemos o que aconteceu= alma devorada e volta pro inferno. E reflexivo...
Ah as músicas são muito bonitas, principalmente do final da primeira fase. Agora..eu entendo porque você não gosta...ao me uver você também não é fã de yaoi..mas infelizmente a obra possui esse conteúdo com relação á Sebastian e Ciel, por isso a letra da música. Uma pena pois o Sebby é perfeito demais =p. Mas basta ignorar essa referência da autora e curtir assim mesmo!
bjs e obrigada pelo post!

Carolina disse...

É, eu concordo, realmente o anime deveria ter terminado do jeito q acabou a primeira temporada, mas como teve a segunda(fazer o q)do msm jeito foi legal(só q o final foi horrivel)Foi tão injusto!!! o Sebastian de si msm... deu tão duro... pra o final perder a refeiçao tão desejada! Odiei aquilo!
E agora estão dizedo por ai q vão laçar uma terceira temporada... com o ciel se adaptando a nova vida. Espero q se realmente tiver acabe do jeito q tem q acabar, deixando todo mundo feliz!
E também acho q a melhor música foi o do ultimo encerramento da primeira temporada, ficou muito legal o modo q terminou o último episodio com o "bocchan"(ñ sei como se escreve) e as músicas Si deus me relinquit e Lacrimosa tocando, como vc disse foi bem reflexivo...
bjs e obrigada por me responder!

Tsu disse...

Oi Carolina!
É o que aconteceu com o Sebastian foi uma verdadeira sacanagem no final...vai ter que ageutnar o Ciel chatinho só porque aquele loiro boiola do Alois ferrou com tudo...Ixi sério mesmo esse lance de terceira temporada? Não vi o mangá mas parece que lá a história tomou um rumo meio diferente do anime... Eu já acho que fazendo continuação será difícil para a série acabar realmente legal..o final mesmo deveria ser o da primeira temporada...é nesse ponto que lamento quando uma série muito boa acaba ficando famosa e caindo em moda, obrigando os autores a esticarem só pra ganhar retorno.
Opa mas eu sempre respondo aos comentários! Teria mandado resposta antes, mas seu perfil do blogger está inacessível...bjs!

Rubi disse...

Tsu, tenho que confessar uma coisa; foi difícil encontrar um texto que eu ainda não tenha lido/comentado. Mas esse me chamou a atenção principalmente pelo nome. Achei muito interessante e o que mais me surpreendeu foram os personagens.

Aí está mais um anime que certamente irei procurar!

Continua na correria de sempre? Então isso significa que nós estamos na mesma HAHAHAHA mas eu já me acostumei, sabe? HAUAHUHA fazer o que né?

Beijos, até mais!

Tsu disse...

Oi Rubi ^^
AHSHASHA tá dificil encontrar um artigo meu que vc ainda não tenha visto? Ah mas acho que ainda tenho arsenal pra vc comentar o/ To na correria eterna e fica cada vez mais dificil atualziar o blog..to tentando fazer o que posso pra conciliar tudo.
Sobre Kuroshitsuji é um anime que gostei muito. Mesmo tendo temática yaoi (que detesto) tento ignorar isso porque os traços e a história em si é muito boa. Eu recomendo...o bom é que logo o mangá será lançado no Brasil..e o mordomo Sebastian é o homem que toda mulher (e muitos homens rs) gostariam de ter!
Eu não consigo me acostumar com a correria..tento apenas sobreviver á ela.
bjs!

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...