31 de dez de 2009

Deixa Ela Entrar



Sempre em meio á massa homogênea encontramos algo que se destaca. Com filmes é a mesma coisa. Recentemente, o mundo dos vampiros foi se tornando banalizado e repetitivo para atender o consumista mercado adolescente e muitos acreditaram que os vampiros se tornariam mais um tema sem valor a ostentar histórias simplórias.


Felizmente, descobrimos que não é assim. E a prova se encontra em um filme alternativo sueco chamado Deixe Ela Entrar ( Låt den Rätte Komma In) dirigido por Tomas Alfredson e baseado no livro do mesmo nome, é uma produção tão primorosa em sua simplicidade cuja qualidade supera - tanto em enredo quanto em atuação - qualquer blockbuster adolescente ao tratar a adolescência de uma forma profundamente psicológica.

Nesta produção vemos o vampiro como ele realmente deve ser: misterioso, predador e extremamente complexo.

Resumidamente, o filme narra a história de Oskar (Kåre Hedebrant), um garoto de doze anos inteligente, solitário e vítima de violência escolar que, em uma noite de inverno conhece uma estranha e misteriosa garota. Ela, pálida e sem frio, parece emanar uma aura magnética que logo atrai Oskar devido suas palavras. E, ao longo do inverno, aquela singela amizade vai se tornando um novo sentimento de descoberta.

" Você continuaria gostando de mim se eu não fosse uma garota?" É isso o que a misteriosa Elli (Lina Leandersson) diz á Oskar quando, após tanto tempo sozinhos percebem que estão criando laços. E Oskar, inconscientemente sabe que ela é diferente dos outros.

Á medida que ele vai descobrindo os segredos de Elli, não sente medo pois é incapaz de compreender claramente o que está acontecendo. Não, talvez ele saiba, mas sente ser incapaz de acreditar que possa compreender não apenas Elli, mas todas as transformações pela qual está passando.

E é nessa confusão de sentimentos e descobertas na fase em que o protagonista entra na adolescência, que reside o ponto alto do filme. Ao mesmo tempo que se é retratada a dura realidade do dia-á-dia, retrata-se a realidade dolorosa de uma criatura irreal que procura sobreviver sem possuir uma razão para isso.

Elli se mostra logo de início gentil á Oskar e indiretamente o ensina a crescer em todos os sentidos e, ao estar longe dele, é obrigada a mostrar seu lado predador para assegurar a própria sobrevivência.

A palavra "vampiro" é mencionada uma única vez e ainda em forma de dúvida. Não existem clãs vampíricos, caçadas organizadas, explicações históricas ou sentimentalismos baratos. Que Elli precisa se alimentar de sangue é inegável, mas não há explicações acerca de mais nada. Dainte dela, nos vemos repletos de dúvidas, tal como Oskar. E como ele, sentimos atração por aquela existência que consegue ser vários seres em um só.

A produção possui uma qualidade impecável, com enquadramentos no momento certo. Certas cenas são tão chocantes que, embora por segundos pareçam explícitas, em nenhum momento se tornam exageradas. Mas nada é capaz de superar a atuação das duas crianças. São brilhantemente perfeitos, realistas ao extremo que chegamos a crer que realmente estão vivendo tais momentos. Kåre Hedebrant possui uma naturalidade em seus gestos que vemos ali um menino e um homem ao mesmo tempo.

Lina Leandersson dispensa comentários. É extremamente raro uma garota de sua idade ser capaz de interpretar uma personagem tão difícil. Afinal, como Elli diz: " sou uma criança de doze anos á muito tempo.".

A química que ambos transmitem é tão intensa que provoca inveja á qualquer casal cinematográfico experiente, algo raro e único.

Deixe Ela Entrar é uma história de vampiro digna ao retratar a natureza dessa criatura como ela realmente deve ser. É igualmente profundo e criativo, retratando a tendência violenta da infância e um erotismo infantil sem jamais se tornar apelativo. É profundo ao relatar percepções e dramaticidade através da nuance de suas personagens. E digno ao nos relembrar que o vampiro jamais deve abandonar sua eterna e inalterável essência.

~*~

8 comentários:

pralini disse...

profundamente psicológica."

muito muito boa a resenha. realmente o filme é um primor! já virou meu Clássico *-* é lindo demaais!

Eduardo disse...

W0W! Agora fiquei curioso para ver a história... E caso eu estiver passeando por aí e acidentalmente encontrar esse livro... Eu vou comprá-lo... Amazing³

Anônimo disse...

Hi - I am certainly happy to discove this. cool job!

Jonathas Cool disse...

ótima crítica e ótimo filme - uma verdadeira obra prima que não teve seu merecido reconhecimento no oscar de 2008. vale a pena ver seu remake americano. nova versão a título de comparação. Por ter mais poesia, Deixa Ela Entrar permanecerá melhor, mas Deixe-me Entrar não chega a ser um insulto à obra original.

Tsu disse...

Pralini o filme é realmente um clássico! Não tem como não ser!
Obrigada ^^

Edu..infelizmente o livro não veio para o Brasil...na comunidade do orkut no qual eu era moderadora, estava traduzindo alguns trechos interessantes da obra...que é muito mais surpreendente, chocante e polêmica do que poderíamos imaginar 0_0. É uma obra excelente!

Anonymu's, thanks! I am happy on you commentary!

Oi Jonathas!

Deixa Ela Entrar retrata o vampiro de uma forma que não se via desde Anne Rice com suas crônicas vampirescas.

Deixa Ela Entrar é sem dúvida um dos melhores filmes sobre vampiros que já foram feitos. É diferente de todos so outros, é reflexivo e misterioso.

Devo discordar com o remake. Ele é bom, justo, mas só. O original sueco é mil vezes melhor, tanto na questão de produção, quanto atuação e roteiro. Chloé Grace é uma graça mas ao interpretar a "Abby", ela mostra uma garota vampira. Quando a sueca Lina Lenadersson interpreta Elli, vemos uma adulta dentro do corpo de uma criança.
E Oskar é muito mais maduro que Owen...Oskar (Kare Hidebrant) não demonstra as emoções em seu rosto e sua postura corporal em algumas cenas é quase de um homem e não de uma criança.

Vale lemrar que Deixa Ela Entrar é baseado em um livro do mesmo nome...esse livro é FANTASTICO. Muito forte e polêmico.
No filme quando Elli/Abby diz: "Você continuaria gostando de mim se eu não fosse uma garota?", pensamos no óbvio...porém, o livro revela o que realmente a frase significa. Profundo, complexo, perturbador...
o filme sueco dá apenas um indicio...o remake omitiu.

Rubi disse...

Sabe Tsu; às vezes é tão difícil escolher apenas um texto de cada vez pra comentar. São tantos que chamam minha atenção... Eu já li muitos comentários a respeito deste filme, mas, até então, nunca assisti. Tenho um certo receio quanto aos filmes sobre vampiros. Este, pelo que li na sua resenha, me parece bem diferente de tantos outros que foram feitos. Me interessei bastante!

E como eu sempre digo; a galera se esforça muito na produção, na maquiagem em tudo. Acho que quando a gente faz o que gosta, tudo parece mais bonito, mais artístico, enfim... Ah; vamos ver se este final de semana dá certo.
*Você não imagina o quanto eu estou ansiosa com o livro HAHAHAHA Acredita que eu até sonhei com ele? UAHUAHUAH Enfim né

Beeijos, até mais!

Tsu disse...

Oi Rubi!
Tudo bom?
Ah eu não acredito! Vc comentou justamente no artigo do filme que eu AMO de paixão! Deixa Ela Entrar foi um dos melhores (senão o melhor) filme que vi nos últimos tempos! É uma bora tão sublime, diferente, viciante...eu vou fazer um artigo mil vezes melhor agora que conheci mais dessa obra por isso..po!!! Vc comentou em um artigo que pretendo repostar e melhorar de novo! Assim não dá kkkkkkk....comece a comentar nos posts sobre anime ou Papo Furado pq ai é certeza que não vou refazer kkkkk.
Eu tenho muito receio com os filmes e histórias de vampiros atuais..mas Deixa Ela Entrar é um caso á parte..é fenomenal e inovador.
E ai já recebeu o livro dos filmes??? Nossa, até sonhou com ele XD.
bjs!!!

Anônimo disse...

I wanted to send a small word to thank you for all of the wonderful solutions you are giving out at this site. My time intensive internet lookup has now been compensated with beneficial knowledge to write about with my relatives. I would state that that many of us visitors actually are unquestionably fortunate to live in a great network with many lovely people with interesting advice. I feel really fortunate to have encountered your entire webpage and look forward to so many more brilliant minutes reading here. Thanks a lot again for a lot of things. led shirts This is really a extremely beneficial read for me, Have to admit you might be 1 in the most effective bloggers and my seotons I ever saw.Thanks for posting this informative article.... This is probably one of the best mentions of this topic I've seen in quite a while. It's obvious that your knowledge of the subject is deep and this made for a very interesting read. [url=http://www.dowstomper.com/ugg-roxy-tall-boots-5818-c-80.html]UGG Roxy Tall Boots 5818[/url]
I became just browsing occasionally and got to read this post. I must say that I am in the hand of luck today otherwise getting this excellent post to read wouldn't happen to be achievable for me, no less than. Really appreciate your articles. [url=http://www.dowstomper.com/ugg-sheepskin-cuff-1875-c-99.html]UGG Sheepskin Cuff 1875[/url] baby blue ugg boots ugg knockoffs boots ugg look alikes moccasins ugg collections ugg boots ship to canada ugg ultimate cuff chestnut ugg rosabella on sale ugg in stock market ugg knit boots clearance ugg leather boots uk ugg discount boots children ugg boots selfridges ugg repair ugg plumdale sizing discount uggs for men ugg rockville boots ugg tasmina international shipping ugg boots in liverpool [url=http://www.dowstomper.com/]cheap ugg sale[/url]

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...