28 de nov de 2009

trilogia Resident Evil


Está aberta a temporada de caça aos zumbis


Quando o game japonês Biohazard criado pela Capcom para a plataforma Playstation, ninguém imaginou que alcançaria, alcança e continuará alcançando estrondoso sucesso.
Rebatizado no ocidente de Resident Evil, o ousado rpg em primeira pessoa onde a missão consiste em desvendar mistérios e eliminar zumbis, logo se tornou um fenômenos a atrair legiões de fãs.

Com um crescimento do game entre o público adulto e juvenil, a possibilidade da aterrorizante trama surgir nas telas do cinema com atores de carne e osso não seria um sonho distante.
Claro que os fãs dos games não apreciaram essa adaptação pois nela á um número incontável de falhas e o filme, como sempre, toma muita liberdade com relação ao game. A história do primeiro, por exemplo, é totalmente diferente do primeiro game e o diretor justificou dizendo que essa história se passa antes do primeiro game. Sim, um pouco confuso.

Um detalhe interessante é que a Capcom, em nenhum momento assinou presença com seu logotipo no filme. O que parece provar a teoria de queo enredo dos filmes é totalmente separado do roteiro dos games, como se fosse uma "versão alternativa".
E foi então que em 2002 a primeira adaptação do que se tornaria uma trilogia foi ao cinema e até hoje figura como uma das melhores adaptações de um videogame já feitas. E são exatamente esses três filmes que agora iremos analisar.


Resident Evil




O primeiro filme certamente é o que melhor capta a atmosfera do game em toda a trilogia. E, embora possuísse um orçamento deveras pequeno para os padrões de Hollyhood, os produtores souberam exatamente o que fazer para agradar os fãs.
Resumidamente, a história começa com a bela Alice (personagem inexistente no primeiro game original) desperta em uma luxuosa mansão que subitamente é invadida na calada da noite por um grupo de agentes especiais fortemente armados.

Obrigada a acompanhá-los e perturbada por sua súbita amnésia, Alice logo descobre que a mansão é na verdade uma entrada secreta para a gigantesca e misteriosa empresa existente no subsolo, conhecida como Umbrella Corporation.
Na construção completamente silenciosa, os agentes revelam que foram enviados para descobrir o que aconteceu no local e qual arma biológica estava realmente sendo desenvolvida pela Umbrella. Maso que eles descobrem se revela muito mais perigoso e macabro do que poderiam imaginar.

Contar mais do que isso seria estragar o filme que é uma boa pedida para aqueles que não conhecem o game.
Analisando agora o filme como produção em si, pode-se dizer que é um tipo de horror clássico devidamente adaptado para o público atual. Para os conhecedores do game, o filme não transmite totalmente o suspense. Mas é intrigante, bizarro e claustrofóbico.

O filme, salvo poucas cenas é todo em tons escuros e o silêncio com a trilha sonora densa nos transmite a noção de algo perturbadorespecialmente á medida que o filme avança e a certeza de saber que os personagens estão em um beco sem saída.

Embora os personagens sejam poucos, é preciso ressaltar a atuação de Milla Jovovich como Alice e Michele Rodriguez como a durona agente da SWAT. Claro, um dosp ontos altos do game são suas heroínas sexys e lutadoras, que não poderiam ser omitidas na versão cinematográfica.

Uma das cenas mais memoráveis sem dúvida se remete á duas coisas que não existem no game: a armadilha laser e a consciência computadorizada da Umbrella, responsável por revelar explicações acerca do T-Vírus e a existência/proliferação dos zumbis ( coisas que no game você só descobre aos poucos através da leitura de diversos documentos). E claro que os famosos cães zumbis dão o ar de sua medonha graça.

A trilha sonora contribui - e muito - para sustentar o clima, com sua atmosfera lúgrubre de sutil toque futurista, sempre colocada no momento e volume certos. Também pudera pois contaram com a produção do excêntrico Marylin Manson.
Resident Evil - O Hóspede Maldito pode deixar um pouco á desejar para aqueles que esperavam certas coisas do game, mas marcou a volta dos zumbis no cinema de uma forma mais real. E o final, fazendo jus aos filmes de terror antigos, se mostrabelamente perturbador e criativo, sustentando a brecha para a revanche.


Resident Evil - Apocalypse




Aguardado com grande expectativa, o segundo filme baseado no game superou visivelmente no quesito de produção, embora tenha perdido o terror inevitável do primeiro filme.

Mais ousado e com um orçamento milionário (conseguido graças ao sucesso anterior), em Apocalypse a batalha contra os zumbis alcança a grande metrópole de Raccon City, tranformando-a em um gigantesco terror de criaturas putrefatas. E, ao longo do filme que o espectador vai descobrindo todas as causas que levaram á isso, bem como o poder da Umbrella Corporation.

Para deleite dos fãs, a segunda parte da trilogia capta a imagem mais marcante dos games: uma cidade abandonada e completamente dominadap or zumbis. Alice está de volta, muito mais poderosa ao mostrar as mudanças genéticas que sofreu ao ficar sobre o domínio da Umbrella.

Outros personagens já conhecidos dos games juntam-se á Alice em sua caçada. Sim, são eles mesmos: a sensual Jill Valentine e o agente Carlos Olivera interpretados por Siena Guillory e Oded Fehr, respectivamente. Há ainda A.J (Mike Epps), um suposto traficante que consegue quebrar o clima dramático do filme com algumas pitadas de humor.

Juntos, a nova equipe liderada por Alice precisa encontrar um meio de sair da cidade sem ser atacados pelos zumbis e antes do local ser destruído. Entretanto, isso não será fácil pois as
dificuldades nos confrontos com Lickers, homens e cães zumbis nem se comparam ao perigo enfrentado quando eles se deparam com Nemesis.

Resident Evil 2 - Apocalypse, é um filme de terror e ação, com efeitos especiais dignos de nota (a cena que Alice desce correndo um edifício na vertical é memorável ainda maisp or realmente ter
acontecido - veja os extras do dvd) e atrizes que realmente provam serem boas de luta (rs) é uma adaptação do game que não decepciona. E os fãs não precisam se preocupar, poiso Nemesis está idêntico ao original. A direção da câmera em certos momentos do filme lembra um pouco o game, como se estivéssemos jogando.


Resident Evil - Extinção




O último filme da adaptação do videogame surpreende não paenas os fãs do game mas aqueles que acompanharam os filmes anteriores. Com um orçamento e efeitos especiais maiores do que os dispensados em Apocalypse, o último filme da trilogia seria excelente se não fosse um detalhe: o roteiro decepcionante.

A idéia inicial, embora seja fantástica e criativa ( sim, é possível fazer filmes de terror em plena luz do dia) sobre um futuro apocalíptico dominadopor zumbis, as falhas graves e até absurdas do roteiro fazem com que o filme perca qualidade entre o espectador mais crítico.
A história começa em um mundo deserto onde os poucos humanos tentam desesperadamente sobreviver. O T-Virus espalhou-se pelo mundo e os zumbis estão em toda parte.
Os sobreviventes viajam em comboios pela estrada, procurando retirar qualquer tipo de surpimento que possa ser encontrado nos vilarejos abandonados.


E, em um destes comboios que Alice - agora uma viajante solitária - se encontra com antigos e novos companheiros. Enquanto lutam pela sobrevivência, Alice descobre os novos e bizarros planos que a Umbrella tem para manter os zumbis em seu controle, aprimorando-os de forma assombrosa.
E como se não bastasse enfrentar zumbis comuns e pássaros infectados por comerem carne de zumbis, os humanos ainda são obrigados a lutar contra os zumbis modificados pela Umbrella: mais rápidos, mais inteligentes, mais ferozes.
E novamente Alice demonstra agora não habilidades físicas, mas umpoder mental de grande amplitude.

Mesmo com ótimas cenas de ação, a maneira como a trama é conduzida vai se tornando cada vez mais decepcionante á medida que avança. Em certos pontos até tentamos pensar que é uma história á parte,
como um universo alternativo sem ligação com os dois primeiros filmes. Se isso foi uma tentativa de se deixar brecha para um quarto filme que contasse o que houve entre o fim do segundo filme e o começo do terceiro, não se sabe. Mas que faltou explicações, mesmo que subtendidas, faltou.

Resident Evil é uma trilogia que mistura terror e ação com grandes efeitos especiais. E, embora
certas coisas pareçam um pouco exageradas, lembre-se que é a adaptação de um game, visando uma boa e arrepiante diversão.

 

6 comentários:

Omega disse...

Olá, tudo bem? Eu gostaria de pedir licença para fazer uma pequena divulgação do meu blog, o FubaGrosso, criado hoje mesmo. Nele você encontrará scans, games, desenhos animados e tudo o mais que for relacionado aos super-heróis Marvel e DC. Faça uma visita: www.fubagrosso.blogspot.com
Obrigado e até mais!

Criska disse...

Resident? Amoooooooo!!!! Caramba, os melhores filmes que já vi em tooooda minha vida. Vejo e revejo pelo menos uma vez por mês, sem enjoar. Só que infelizmente não gostei muito do último, acho que deixou um pouco a desejar, mas... continua sendo minha trilogia preferida sobre todas as outras XD

Bianca disse...

meu nome e Bianca, sou fanatica por resident evil, mais sou mais pra a alice. Ja assisti o 1,2,3 e o 4,assei todos muitos legais pra caranbaaaa. quando alguen desscorda de minha opiniao e diz no meio da minha cara que resident evil e ruineu digo:nen por un cassete ruin e esses filmes de merda que comessa bom e termina ruin. E olha que eu fico bra en,voces saben por que eu tenho tanto amor por resident evil? por que foi a minha prima quen me convidou pra eu assistir esse filme e que começou tudo e agora nao ten mais nada que vai me fasser terminar esse amor por resident evil.E pra enserar o meu discorso,eu sou tao fanatica que minha mae me proibil de assistiresse filme mais eu nao vou desistir do meu sonho de encontrar e falar com MILLA JOVOVICH.
fin]

Tsu disse...

Hello, Bianca.
Entendo seu fanatismo, mas se você é tão fã de Reisent assim, creio que pelo menos já deve

ter jogado alguns dos games. Grande parte dos fãs de Resident Evil (fãs do jogo, que

apreciam a série há quase 10 anos) concordam que o filme tomou muitas liberdades com

relação ao game e certas coisas ficaram totalmente fora da realidade do game. O jogo do

Resident Evil é fenomenal e penso que o filme americano poderia ter explorado alguns

pontos, como a presença de Leon Kennedy, personagem central dos games.
Mas opinião é opinião. Se você gosta da Milla já viu o Joana D'Arc, um dos primeiros filmes

dela?

Rubi disse...

Adoro Resident Evil! Tanto os filmes, quanto os jogos são ótimos. Já tive a oportunidade de joga-los no ps1/ps2; os gráficos impressionam em ambos. Geralmente, quando o diretor estende muito a história, fica cansativo, mas este é uma exceção hahaha

Quanto ao filme, confesso que estou super ansiosa. Espero não ficar decepcionada, pois tem tudo pra ser um filmão. Você também gosta deste clássico ? *-*

Em relação ao cosplay, muita gente aparece nos festivais com a intenção de se divertir, mas outras levam super a sério, e deve rolar até uma disputa entre eles, não ? Deve ser super legal pra quem 'trabalha' com isso.

Até mais!
Beeijo.

Tsu disse...

Oi Rubi!
Nossa nem me fale! Eu adoro os jogos de Resident! Joguei os 3 primeiros com um primo...usávamos a revista com o detonado e ficávamos diante do game das 10 da manhã as 11 da noite! ohohohoho . O primeiro jogo é o mais difícil de todos e o segundo é ótimo, mesclando com o terceiro. Eu sou fascinada pelo Leon *.*.
Olha eu já não curti muito os filmes...bom, só os dois primeiros. Sei lá, o quarto me decepcionou totalmente...é horrível! Eu fiz um artigo sobre o quarto filme e a animação Degeneration (qued é excelente) no blog, tá aqui o link..eu ia repostar esses dois artigos mas você sempre comenta antes rs.
Bom existe cosplayers que são profissionais e levam a competição á sério...aqui no Brasil o vencedor ganha um prêmio em dinheiro..lá em ourros países também mas ás vezes ganham viajens para o Japão. Teve brasileiro quejá venceu competição cosplay lá!
Eu comentei sobre gente que critica porque já vi isso...mas normalmente é uma opinião de pessoas sem noção e se compararmos com a quantidade de gente que gosta o comentário deles nem é válido.

Sei de uma cosplayer que ganha dinheiro sendo cosplayer! Ela participa de eventos e até vende acessórios, pois ela mesmo faz todas as suas roupas.
bjs

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...