14 de jul de 2011

Top 7 - Filmes de Vampiros


Chegamos agora há um TOP 7  deveras especial. Após muito analisar, resolvi colocar aqui os sete melhores filmes de vampiros na minha opinião.

Filmes de vampiros existem aos montes desde o início do cinema, mas são poucos aqueles que realmente possuem qualidade tanto de roteiro quanto de atmosfera e legítima essência vampírica (ou como chama-se isso, se é que podemos realmente compreender o que realmente significa ser um vampiro).

Deixo claro que sou adepta do vampiro humanamente insano e do significado da imortalidade de modo que vejo a maioria dos filmes com o tema mais um drama do que terror. Interessante notar que todos os filmes presentes são adaptações bem suscedidas de um livro.


7 - DRÁCULA


A quantidade de filmes baseados no clássico literário de Bram Strocker chega a ser exagerada e a maioria delas é dispensável. Porém, outras versões como Drácula de 1931 podem ser consideradas uma excessão.

O ator húngaro Bela Lugosi imortalizou e foi imortalizado pelo mito vampiro, gerando a fórmula que foi repetida inúmeras vezes até a exaustão nas outras obras que levaram o nome Drácula (algumas até com a interpretação de Bela Lugosi).

O Drácula de 1931 lida com todos os elementos básicos e popularmente conhecidos. Porém, foi o primeiro a mostrar a sensualidade do vampiro o que se revelou uma fórmula muito mais rentável perante o público do que a caracterização de um vampiro rastejante e monstruoso.

Bela Lugosi (e posteriomente Cristopher Lee) trazem á tona uma história na qual o vilão é sensual e muito mais atraente do que o mocinho. A sedução do inocente pelo mal por ele oferecer o desejo, foi algo que realmente atraiu os espectadores de uma época repleta dos mais diversos conservadorismos e revoluções sociais.

Nos dias de hoje o filme até pode parecer ultrapassado. Mas o legado que iniciou foi a consagração do vampiro humanizado (seja na aparência e atitudes) e sim, todos os vampiros que posteriormente foram desenvolvidos tanto no cinema quanto na literatura devem suas influências (com maior ou menos intensidade) nesse verdadeiro marco do cinema vampírico.

obs: Gostaria de ter inserido aqui o Drácula de Bram Strocker do diretor Coppola, mas achei mais justo colocar esse Drácula de 1931.


6 - OS AMANTES VAMPIROS



A versão da clássica obra de Le Fanu produzida em 1970 pelo famoso estúdio Hammer ilustrou o que mais de sensual e sexual poderia haver no conceito de vampirismo.

Embora o conteúdo homossexual do filme seja muito mais explícito do que no livro, essa produção é a que, dentre todas as outras, a que mais baseia-se fielmente a lenda de Carmilla.Talvez o mais interessante na história seja o fato de Carmilla ter se baseado em uma personagem real, a condessa de Báthory. Mas claro que, assim como Drácula, somente o conceito foi utilizado e a história da obra é original.A atmosfera sombria, perversa e sensual é um dos pontos altos do filme, que glorifica o conceito de fenmae fatalle vampiresca, mantendo a insanidade e o instinto animal da predadora sobre a presa.

Os Amantes Vampiros é deveras interessante por fazer uso de fórmulas já conhecidas e tomar uma liberdade de erotismo um pouco trangressora para a época. Enfim, é apreciável por conter os elementos clássicos que ajudaram a fixar a imagem de vampiros e vampiras no inconsciente coletivo dos espectadores.


5 - FOME DE VIVER


Talvez o que mais fixe na memória neste filme não seja sua história, mas sim a memorável cena de Peter Murphy emergindo das sombras a cantar Bela Lugosi is Dead do Bauhaus em um clube gótico enquanto Katherine Deneuve e David Bowie observam suas presas com seus óculos escuros.

Baseado no romance de Whitley Striber, Fome de Viver foi um notável filme de vampiros que influenciou a estética da cena gótica na década de 80 e popularizou o Ankh (cruz egípcia que representa a imortalidade).

Diferente dos vampiros comuns, a única vampira presente na história pode sair durante o dia e, para beber sangue, não morde a vítima, optando por infligir um corte para obtê-lo (e para isso utiliza uma lâmina em forma de ankh).

A história segue um ritmo lento, atendo-se á cada mudança dos fatos. Enquanto uma cientista desenvolve um sistema biológico capaz de acelerar ou retardar o tempo de vida de um ser vivo, acompanhamos o desespero de um mortal (Bowie), ao qual a imortalidade foi negada por sua amada.

E é entre Susan Saradon (a médica) que vemos a latente bissexualidade, e Katherine DeNeuve (a vampira) e o sombrio lado insano de ser imortal (como esquecer o pesar com que DeNeuve observa todos os inúmeros caixões em que estão os restos de seus amados mortais?).

Embora o filme tenha omitido pontos cruciais do livro, Fome de Viver é um clássico, mantendo o que há de melhor dos filmes clássicos da década de 80. O conceito de vampirismo e imortalidade é o foco, demonstrando o quão pesaroso e solitário possa ser á despeito de suas inúmeras vantagens.


4 - SEDE DE SANGUE


O cinema coreano definitivamente não pode ser subestimado. Com suas tramas chocantes, complexas e originais, vemos uma ficção ao mesmo tempo tão real quanto irreal.

O diretor Chan-wook- Park já havia demonstrado sua capacidade inventida com os clássicos Lady Vingança e Oldboy. Na sua obra mais recente, ousou abordar o mito do vampiro e o resultado não é menos do que excelente.

Sede de Sangue mescla o terror com o drama, a perda da fé, o controle do instinto e a vingança irreprimível (e justificável) de forma tão crua que chega a ser artística. Vemos ali toda a atmosfera de Park, mas vemos também a forma do vampiro em uma realidade solitária, incompreensível e desesperançosa.

Não há clãs, lendas ou dogmas. Há (exatamente como Deixa Ela Entrar) um único vampiro mas ele é um vampiro recém-transformado, precisando lidar com todas as transformações. Sua única companhia é na amante, que transforma em vampira na ilusão de que ambos poderiam viver uma vida. Mas o poder enlouquece, descontrola e ambos nada mais são do que criminosos sem controle e sem razões.

Sede de Sangue destaca-se como um revival ao vampiro do século XXI. Uma abordagem real, justa, cruel e melancólica do vampirismo. Mantendo mistérios e omitindo explicações, o filme é um terror clássico, controverso, igualmente diferente e apreciado por aqueles que realmente se interessam por histórias de vampiros de verdade.


3 - DEIXA ELA ENTRAR


Quando todos pensavam que  o vampirismo estava fadado á histórias açucaradas para adolescentes, algo surgiu na Suécia. Trazendo de volta o vampiro e a melancolia da eternidade mas fazendo uso de uma temática nunca antes utilizada, Deixa Ela Entrar é de uma originalidade ímpar.

Baseado no livro do mesmo nome (ou em sueco Latte Dan Ratte Komma In), este conto de vampiros parece fugir de todos os temas já abordados. Com uma narrativa crua, silenciosa e por vezes chocante, o filme foi tão comentado entre os cinéfilos que logo os EUA decidiram fazer um remake com o título Deixe-me Entrar.

Embora a versão americana seja ao menos digna, nem de longe se compara ao original sueco, com sua produção singela e crianças fenomenais.

A solidão é o tema central do filme e é através dela que acompanhamos Oskar, um garoto recluso e vítima de bullyng que conhece uma misteriosa garota chamada Elli. E a relação de amizade que desenolvem no momento da perda da inocência mas ainda assim inocentes, que reside o encanto enigmático da obra.

Quem é realmente Elli e o que vamos descobrindo aos poucos e muitas outras coisas permanecem ocultas é o que torna essa obra diferente. Embora um deles seja muito mais do que aparenta, tanto Elli quanto Oskar refletem a solidão da juventude e o conforto ao perceberem que são tão semelhantes á despeito das diferenças.

Deixa Ela Entrar é quase indescritível, tão fascinante, chocante e poético que é.


2 - ENTREVISTA COM O VAMPIRO


Baseado na primeira das Crônicas Vampirescas criada por Anne Rice, este filme, assim como o livro que lhe deu origem, reinventou e consagou a entidade vampírica.
Com seus vampiros hipnotizantes, apaixonados pela vida, complexos, cruéis, melancólicos e invariavelmente insanos, Anne Rice nos fez compreender o quão pesado é o fardo da imortalidade.

Entrevista com o Vampiro, produzido em 1993 imortalizou o vampirismo, transcedendo todos os dogmas que antes dominavam as obras do gênero. Embora muitos (incluindo a própria Anne Rice) acreditassem que a versão cinematográfica de seu clássico fosse um fiasco por conta das celebridades que nele estavam, os atores surpreenderam a todos. O filme foi sensacional, com atores mostrando incomparável talento ao interpretar personagens tão difíceis.

O melancólico Louis é o narrador e, através de sua jornada imortal conhecemos vampiros que vivem sofisticadamente entre a  sociedade, parecendo tão humanos e cruéis quanto suas presas humanas. O melhor exemplo é o misterioso Armand e seu bizarro Theatro dos Vampiros. Ha ainda a criança-vampiro Cláudia. Mas nenhum deles se compara ao indescritível Lestat (Tom Cruise em um dos seus melhores papéis).

O filme mantém certa fidelidade com o livro, claro que tomando algumas liberdades. Visualmente, Entrevista com o Vampiro é inebriante, igualmente profundo e ilustrando o vampiro como ele realmente deve ser.


1 - NOSFERATU - UMA SINFONIA DO HORROR


Não há outro filme de vampiros que possa ocupar o primeiro lugar senão o primeiro de todos eles. Foi graças á esse clássico do cinema mudo expressionista alemão que o mito do vampiro se consolidou e permitiu uma quantidade estonteante de sucessores.

Nosferatu foi a primeira das muitas adaptações do clássico livro Drácula de Bram Strocker e retratou com grande impacto a imagem monstruosa e sórdida do vampiro.

De todos os filmes dessa lista, Nosferatu é o único que se enquadra na categoria horror. Isso graças á habilidade do diretor F. W. Murnau, que utilizou com maestria todas as qualidades do cinema expressionista e claro, o talento de Mark Schrek como o vampiro bizarro que projeta assustadoras sombras pelas paredes do castelo. Por ser mudo, o filme é acompanhado pela perturbadora trilha sonora que acompanha a justaposição de luz e trevas na atmosfera da obra.

Ainda hoje Nosferatu possui o poder de chocar e fascinar o espectador e pode ser mais assustador do que muitos filmes da atualidade. Com Nosferatu, o vampiro nasceu no cinema, ilustrando formas, mitos e fascínio que até hoje perturbam o espectador.

~*~

Espero que tenham gostado!


70 comentários:

renatocinema disse...

Nosferatu = obra-prima.
Entrevista com Vampiro = bom filme.
Deixe Ela Entrar (as duas versões) = ótimos filmes.

Drácula = obra-prima.


O resto preciso assistir urgente.

Só acho que faltou Drácula de Bram Stoker.
Amor e Vampiro combinação perfeita.

Bruno Müller disse...

Caraca, eu Amo Nosferatu, Vampire Lovers (porque será, heim?) e Deixe Ela Entrar! Sobre Vampire Lovers, inclusive, farei um artigo em outubro (é, vai demorar). A versão do Werner Herzog de Nosferatu tb não deixa a desejar. Gosto também de Fome de Viver, embora tenha tido muita pena da personagem Alice Cavender, akela garotinha que toca violino.
Otimo top 7! No meu caso, eu incluiria o Vampiro da Noite, Garotos Perdidos e A Hora do Espanto. Bjss

Ana Cecilia Romeu disse...

Oi Tsu(Pri)!
Muito boa seleção!
Os meus 3 preferidos são: Nosferatu (em primeiro lugar, do Fritz Lang! Ótimo" expressionismo alemão!) Inovador, clássico, origem para todos os outros!
Entrevista com o Vampiro! Tudo de bom, bem feito, bem dirigido, ótimo roteiro, o ritmo às vezes deixa a desejar.
Ah! .... e fome de viver... tudo de bom! David Bowie é o cara! Ele é um baaaita ator!

Lá no meu post, as fotos são minhas sim. Sai com a família no sábado passado e fotografei!
Beijos as duas garotas! E Edna... querida Edna... aparece num post, vai? rsrs

Humoremconto
http://anaceciliaromeu.blogspot.com

Narnian Queen disse...

Oi, Tsu! Olha eu aqui respondendo seu comentário mil anos depois de novo... rs

Menina, parabéns pelo artigo!!! Em tempos de Crepúsculo e afins, é sempre bom alguém relembrar os filmes com vampiros de verdade!! Aliás, eu amo Entrevista com o Vampiro! Outro q eu adoro, mas q não está na lista, é Garotos Perdidos.

Falando em vampiros, e essa campanha pra colocar o Ben em Vampire Academy, hein? Sinto calafrios só de pensar...

E falando no Ben, tb acho q ele fica um charme de cabelo curto e rosto liso, mas sabe qual é o meu visual preferido dele?? Rei Caspian!! Nossa, ele tá de tirar o fôlego em "A Viagem do Peregrino da Alvorada"!! *_*

Puxa, obrigada! Se eu precisar de ajuda no blog eu falo com vc, sim! Pode deixar! :D

Sabe, eu tb tô ansiosa pela minha fic, rs... Já escrevi mais um bocado, vou tentar postar o próximo capítulo o mais rápido possível. Quanto a colocá-la no blog, acho melhor não... Não quero misturar as coisas, prefiro deixar as fics só para o FanFiction.Net. Fora q eu mal dou conta de responder aos comentários q postam lá, imagine se eu publicar a fic em mais algum lugar... :P

Hahaha nossa, vc se empolgou mesmo com os outtakes da Wonderland, hein! :P É, algumas fotos parecem mesmo ter sido inspiradas no filme Laranja Mecânica. :)

Puxa, eu tb adoraria ir à Comic-Con!! Pena q a gente não tem um evento desse tamanho aqui no Brasil, né? Seria mesmo uma boa ideia tentar chamar a atenção do Ben com cosplay!! :P

Eu vou ver se eu compro o primeiro livro de "As Aventuras do Caça-Feitiço" ainda essa semana. O livro não tem nada a ver com menininhas bobinhas, graças aos céus! rs Legal saber que o Bodrov é um bom diretor, espero que ele faça uma adaptação legal em "The Seventh Son"! Aliás, tô ansiosa pra saber o que vão falar sobre o filme na Comic-Con. :)

Beijão!

mybritishdelight.blogspot.com

Bruh Vampy disse...

Oi Tsu
Uau, quanto tempo eu não dou uma passadinha aqui não é? Bom, hoje estou qubando o jejum e adorando esse seu post.
Pra mim, o melhor filme de todos esses que você citou é ENTREVISTA COM O VAMPIRO. D+ amo muito.
Eu queria muito ver DEIXE ELA ENTRAR, vou baixar na internet e comentar aqui.

Beijos & abraços
http://contosemisterios92.blogspot.com/

Leonardo disse...

Oi Tsu :D

O meu banner está aqui:
http://thenerdsarecool.blogspot.com/2011/06/link-nos.html


Embora o Spielberg não esteja entre meus diretores preferidos, gosto muito de alguns de seus filmes (A Lista de Schindler por exemplo pra mim é um dos melhores de todos os tempos). Eu gosto muito do primeiro parque dos dinossauros. Não gosto do segundo, e acho o terceito legal até. Indiana Jones eu adoro os 3 primeiros. Não gosto desse último.

hahahaha eu tenho um rascunho de uma futura postagem do meu blog que é exatamente um top com melhores filmes de vampiros. Só não postei ainda por que quero ver mais alguns filmes antes...Vai ter vários filmes em comum com a sua lista, embora o meu primeiro lugar não esteja ai ^^

BeijO

Pamela Kenne disse...

Cadê Crepúsculo? Cadê? Heim? Cadê? O melhor filme de vampiros de todos os tempos não está aí... brincadeirinha! - rs

Agora, falando sério, adorei a postagem. Muito interessante, falou muito bem de ótimos filmes, muitos eu não vi, mas pretendo olhar nessas férias.

Queel disse...

Ooooi, gostaria que aceitase parceria com meu blogs! já coloquei seu nome na lista dos dois, se puder colocar a minha agradeço.

http://blogdaqueel.blogspot.com
http://kokorokawai.blogspot.com

Paulo Cheng disse...

Cara, gosto desses filmes antigos e sempre procuro nos sebos, mas é difícil. Tenho um clássico em DVD, que é de 1943 que se chama "O CONDE DRÁCULA" e "O FILHO DO CONDE DRÁCULA", são dois filmes em um só dvd. E esses que vc citou são igualmente clássicos, vou correr atrás desses mais antigos que vc citou ai.

Abração pra ti.

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Amei o post Tsu... isso sim são filmes... essa historia de vampiro ter filho não está com nada!! Kkkkk...
Bem o filme que já procurei por aqui e não acho é "Deixe Ela Entrar", eu achei "Deixe-me entrar" e eu não quero ver este quero ver o que vc mencionou aqui... mais vou ver se baixo na net pra assistir... rsrsrsrsrs... eu adoro vampiros e historias deles e um anime que sou apaixonada e "Vampire princess Miyu" é uma linda historia e o anime é lindooo... bjs

† Bruxinha † disse...

Adooorrro vampiros! Filmes de bom gosto então nem se fala :D
Sempre digo que os livros do André Viancxo deviam virar filme, são ótimos :D

Mari Sayuri disse...

GENTE!! UM FILME DE VAMPIRO COM O DAVID BOWIE?!!
Alguém me mata! Como que eu ainda não assisti esse filme!!
Vou correr pra Locadora Tsu xD
Adorei essa lista! Muito bem escolhidos(como todos os teus top 7!)
Um beijão ein!
http://ondevaoasnuvens.blogspot.com

Sandro Honorato disse...

Tsu :)
Adorei o post *----*
po ai tem os classicos e talz mas gostei de Anjos da Noite.. cade a Saga Crepusculo?????kkkkkkkkkk

Beijos Tsu

JessicaBarros disse...

Oi Tsu
Amei este post fiquei *O*, o filme Deixa ela entra é demais mas gostei mais do filme "A entrevista com o vampiro2 foi lindo^^

Enfim são todos demais :D

Bjinhos :3

Andre Mansim disse...

Gostei Tsunâmica, esse post foi foi um dos mais legais que eu já ví aqui! Vc escreveu bem sobre todos os filmes! Parabens!

Meriane Brião disse...

Olá!
Passei pelo seu blog, gostei e tô seguindo!
Dá uma passadinha no meu blog e segue!!!!
Tá tendo sorteios por lá!
http://meribriao.blogspot.com
bj!

Eduardo disse...

Oi Tsu!

Ah o vampirismo... Nada melhor do que esquecer dos vampiros da atualidade (Twilight, Split, The Vampire Diaries, True Blood...) e dar atenção aos vampiros que verdadeiramente merecem um lugar bem mais arranjado do que esse povinho no holofote.
Não assisti metade desses filmes, mas tenho certeza que são ótimos. O que eu mais queria assistir é Deixe ela entrar, do jeito que você descreveu parece ser um filme bem interessante. Eu assisti o Drácula de 1931 e realmente fiquei impressionado, também assisti O Drácula de Bram Stocker, que também é bem legal. Nosferatu é um clássico incrível! Pode ser mais velho que meu pai o filme, mas com certeza é incrível. Fome de Viver també é bem interessante...

Sobre seu comentário: Então eu acho que você terá uma surpresa se ver o último filme...

80... hum... Já tô imaginando a minha mãe surtando... 80 REAIS EM UM LIVRO? SOBRE GÓTICOS AINDA??? VC TÁ ZUANDO COM A MINHA CARA NÉ? Ela faria isso... Menos a parte do vc tá zuando... rsrsrs

Eu nunca vi um filme em 3D, mas eu sei que 40% das pessoas que veem tem uma certa tendência a ter algo nos olhos depois... Você acha que eles limpam bonitinho os óculos??? #not

bjs

Sora-Nyan *o* disse...

Com todo o respeito a quem gosta da saga twilight acho que nenhum desses filmes se compara aos grandes classicos dos filmes de vampiros! Desses todos que mostraste amiga, o meu preferido é a entrevista do vampiro é um filme com muita classe, e a kirsten durst pequenina é um amor não achas!!!???

(La)ize disse...

Oba! Dicas de filmes! e... pasme, eu não vi nenhum desses, AINDA! XD

Sandro Honorato disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ae Tsu,conta pra ninguém não, mas eu li os livros da Saga Crepusculo kkkkkkkkkkk
Eh porque eu tava a fim de uma menina sabe? kkkkkkkkkkk

Beijos e tudo de bom

Sandro Honorato disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ae Tsu,conta pra ninguém não, mas eu li os livros da Saga Crepusculo kkkkkkkkkkk
Eh porque eu tava a fim de uma menina sabe? kkkkkkkkkkk

Beijos e tudo de bom

Tsu disse...

Oi Renato.
Então eu mencionei o Drácula de Bram Strocker agora no post. Eu pensei em colocá-lo mas achei mais justo colocar o Drácla de 1931. O que gosto nos vampiros (e que Anne Rice e o criador de Deixa Ela Entrar fizeram) é colocar o vampiro consciente do peso da imortalidade. Todos são solitários, complexos e insanos.
Eu recomendo que veja o Sede de Sangue..é do mesmo diretor de Oldboy.

Oi Bruno!
Deixa Ela Entrar é uma paixão! Surgiu para mim quando eu pensei que todas as histórias de vampiros estivessem fadadas ao besteirol de Crepúsculo e suas "crias". Essa obra sueca trouxe de volta a referência de Anne Rice, mas numa escala mais crua e em certos pontos, mais chocante.
Eu conheço esse "remake" de Nsferatu..é bom, mas não possui aquela aura sombria do expressionismo alemão.
Nossa, a Alice Kavender..sim, foi uma puta falta de sacanagem. O que mais curto em Fome de Viver é a primeira cena. do Bauhaus tocando, Peter Murphy surgindo e o club gótico.
Teve um filme de vampiros legal mas que não mencionei chamado A Mansão Marsten. Conhece?
bjs

Cissa \o/
Nosferatu é incomparável...foi o percurssor de todos os outros e até hoje choca..Entrevista ép erfeito na minha opinião apesar de umas ou outra falha. Certamente esse lance de ritmo que você sentiu falta advém do fato do livro..o livro é muito mais denso, demorado... filme passa corrido e quando Lestat sai de cena nem o Armand cosegue sustentar o filme como antes e Louis sempre me foi um personagem chato. Mas eu adoro o Teatro ods Vampiros! Uma pena que Rainha dos Condenados foi uma adaptação terrível..porque o livro é fenomenal. Na real, em Rainha dos Condenados o diretor juntou 2 livros da saga: Vampiro Lestat e Rainha, que estão fortemente ligados um com o outro..e ambos são histórias bem longas.

Agora, procure ver o Deixa Ela Entrar...aquele filme é perfeito! Mas não veja o remake. procure o original sueco!

AHSAHASH eu vou falar para minha mãe que você gostaria de vê-la em um post do blog..mas não sei se ela topa, não curte muito esses lances de computador ahahshahsa.

bjs

Tsu disse...

Oi NarniaqQueen!!!
AHSAHSH é, eu senti sua falta aqui no blog sabia? Valeu por ter curtido o artigo! Eu achei que era mais do que na hora de começar a mostrar na cara dessas gurias retardadas que curtem Crepúsculo e afins o que é vampirismo de verdade e qualidade!
Odeio quando essas pessoas sem noção fala que curtem vampiros e ficam falando de Crepúsculo, Academia e outros desses livrinhos imbecis de adolescente.
Sobre essa campanha do Ben em Vampire Academy eu acho um abusrdo! O Ben agora tem que se focar em coisas de qualidade, coisas que vão lhe render algo bom perante os críticos de cinema. Se ele quer ser um ator consagrado de verdade, tem que fugir dos modismos. Essas gurias que querem vê-lo em Academia dos Vampiros é menina retardada que gosta de Vampire Diaries e Crepúsculo...querem o Ben no livro que elas leem só para ficar tendo fantasias sexuais com ele, sem se importar com a carreira de um ator. É o falso gostar...a maioria dessas meninas nem percerbeu que o Ben trabalhando ao lado de De Niro pode abrir as portas para filmes do nível Scorcese.
Ben mostrou que pode mais...ele vai atuar num filme de Segei Brodov! Olha eu tenho um artigo no blog falando sobre o filme Guerreiro Genghis Khan que é desse diretor, dá uma olhada depois. Eu vou procurar algo desse livro que o Ben vai atuar no filme...como é o título em português, já foi lançado?
O que me alivia é que o Ben fazendo essa saga, já mingua as possibilidades de ele fazer essa porcaria de Academia. \o/
Sim, o Ben está um tesão no novo Nárnia..mas eu gamei nele em Dorian Gray...sei lá, ele personificou um personagem meu ahhashas. Claro que eu me empolguei com aquelas fotos né? Alex de Large é meu personagem masculino preferido da literatura/cinema tanto que fiz cosplay dele. E quando vi o Ben imitando o Alex...sério, se ele fez a pose é porque conhece e gosta do filme.
Bom aqui no Brasil os maiores eventos ligados á comics e mangás é o anime friends e anime dreams mas eles não trazem atores e coisas do tipo. Não é como lá nos states. Uma pena.

Sobre a fanfic..eu quero ler a Amor e Salvação! Trate de postar logo mulher! Eu vivo na pressão de postar a minha fic de Naruto também sei como é..mas mesmo assim pressiono! Sobre não postar no blog a´te faz sentido é que eu não curto muito acessar o fanfiction.net hashashas.
bjs


Oi Bruh!
Nossa é mesmo, você sumiu! Entrevista é show mesmo...as atuações perfeitas...um filme que tinha tudo para ser um fracasso mas com um bom diretor, uma boa produção e excelentes (e belos) atores, se tornou uma obra-prima!
Se for ver o Deixa Ela Entrar veja o original sueco!!!
bjs

Oi Leonardo!Blz já coloquei teu banner lá no blog!
Eu gosto do Spielberg porque muitos filmes dele fizeram minha infância...a Lista de Schindler é muito bom mesmo, o melhor de Spielberg até hoje em matéria de roteiro. Resgate do Soldado Ryan não fica atrás. Para mim, JP é omo você disse: o 1 excelente, o 2 pésismo e o 3 bom. Rola o boato que haverá o 4. Eu tenho os livros que deram origem e lá tem muitas cenas que deveriam ter sido colocadas no filme.
Eu gostei do novo Indiana...mas o melhor é o segundo com o cara que tira o coração 0_0. Adorava assistir quando era pequena..mas o 3 com Sean Connery é fenomenal também.
Fico no aguardo da sua postagem do top de vampiros...qual o seu preferido que não está na minha lista?
bjs

Oi Pamela!
ahshashashahs tá maluca? Acha que eu colocaria aquela orcaria? Crepúsculo nem deveria se chamar devampiro e sim de fadas complexadas. ohohohohohoh (pessoa que odeia crepúsculo mode eternamente on).
bjs

Oi Queel!
Claro que eu aceito a parceria de blogs ^^
Aliás vi no post anterior vc falando do AF e muito bem pelas dicas...frequento o evento há tempos e é exatamente esse tipo de coisa rs.
Eu irei no ultimo dia..vc vai ou já foi?

Tsu disse...

Oi Chengão!
Nossa, eu não tenho tempo para procurar tais filmes em sebos até porque não tenho mais VHS. Baixo tudo pela net..dá pra achar cada raridade!
Tirando os antigos eu recomendo que você asista o Deixa Ela Entrar. Sei que você é o tipo de pessoa que saberá apreciar essa obra sublime. o/
bjs

Jane \o/
HASAHSAHSSH ah vampiro tendo filhos é impossível! Eles estão mortos! 0_0 O que os vampiros teem são crias que eles mesmo transformam..e vampiro que brilha no sol é a gota da água!
Olha o Deixa Ela Entrar você acha pra baixar sem muitos problemas..tem que ver o original....porque ver o remake e depois o original pode fazer com que se d~e mais créditos para o remake por tê-lo visto primeiro..o remake é bom, mas não se compara a atmosfera melancólica de um filme europeu..sem cont5ar que o garoto Oskar é tão lindo no filme sueco!!!! É igual ao Mello de Death Note.
Esse anime do Vampire Princess Myu nunca vi...de anime eu particularmente adoro o Vampire Hunter D- Bloodlust..a animação daquilo é divina! Em breve farei um post sobre.
bjs!!!

Oi Mary!Você não sabia que o David Bowie fez um filme de vampiros? Na trama ele é apaixonado pela vampira interpretada pela Cartherine DeNeuve...show!!! A cena que ele e ela estão num clube gótico ao som da banda Bauhaus é fenomenal.
Valeu por curtir o Top 7!

Oi Bruxinha!
Eu nunca li um livro do André Vianco...sempre me prendi á Anne Rice rs....

Oi Sandro!
ahshashashhashashahs a saga Crepúsculo jamais se enquadrará nesse quesito de filme vampirico...só no de filmes adolescentes idiotas...Anjos da Noite tem um visual bom, mas na minha opinião peca em fatores como roteiro e produção.
bjs

André o/
Nhaa por um momento pensei que esse meu top 7 de vampiros tivesse sido o único post legal que você achou no blog 0_0*. (brinks)
Você já assistiu todos os filmes da lista?


Olá Jéssica!
Eu fiquei com uma dúvida terrível em colocar no segubndo lugar entre Entrevista e Deixa Ela Entrar. Mas optei pelo primeiro por conta da saga no livro, que faz o arco das crônicas vampirescas e é imbatível na minha opinião.

Edu o/
Sim..estava mais do que na hora de eu fazer um post para mostrar obras vampiricas DE VERDADE. Claro que o pessoal alienada (entenda: adolescentes e mulheres mal-amadas) vão achar que as histórias leves e simples das obras atuais são melhores mas isso acontece porque raramente vão entender a complexidade das obras de verdade. As que entendem passa a abominar Crepúsculo e afins.
Ah eu simplesmente AMO o Deixa Ela Entrar..foi um filme aclamado pela crítica e todo mundo que assiste sai fascinado...e eu me fascinei mais ainda quando vi trechos do livro...é surpreendente, chocante, polêmico! Queria muito que publixassem no Brasil...
O D´racula de Bram Strocker é top...claro que Nosferatu é imbatível...Entrevista eu amo porque é as crônicas vampirescas de AnneRice que, em questão de vampiros não tem pra ninguém.

ashahsahsahshashas olha alivie-se...eu já vi o Goth Chic num sebo então com sorte vc pode encontrar por um preço baratin....não é um livro voltado só pra cena gótica, traça um parâmetro do cinema de horror e de bandas da década de 60/70/80.

bjkjs!

Oi Meriane.
Estou te seguindo já!


Oi Sora!
Sim, a Kristen surpreendeu..mas sabia que uma outra atriz mirim superou ela ao interpretar um vampiro? Foi a sueca Lina Leandersson do filme Deixa Ela Entrar...aquela garota foi vfenomenal em um papel muito difícil.

Oi Laize!
Como vc não viu nenhum filme da lista? Veja que certamente irá gostar!

Gabriel França disse...

Agora que eu fui ver que mencionaram crepúsculo ali em cima. Nunca usem a palavra crepusculo em relação a Melhores filmes de vampiros, NUnCA!!!

Gabriel França disse...

E mais uma coisa: Adorei seu blog, gostaria de fazer uma parceria com o meu? Me responda.

http://monteolimpoblog.blogspot.com/

equipeloveme disse...

Olá, tudo bem? :)
Adoramos o seu blog e o conteúdo que ele possui, e por isso estamos te seguindo!
Dá uma passadinha no nosso tb..
Um beijo e ótima sexta-feira!

Paulo Cheng disse...

Cara, tu não conhecer o Guilherme, ele é bem conhecido, mas essa fase dele de início de carreira é um pouco desconhecido do grande público dele.

Em relação aos sebos, são locais onde se vendem livros, discos, dvds etc. e não era em VHS, isso nem existe mais, mas falo de DVD, onde eu comprei os filmes de Drácula da década de 40, raridade mesmo, nunca encontrei eles por ai...

Me manda um link legal onde eu possa baixar filmes, ok?

Abração pra ti.

Sora-Nyan *o* disse...

É, mas a Kirsten Durst estava mesmo kawaii nessa versão de vampiro! Ate dá vontade ir ter com ela e dizer para morder enquanto abraçamos e gritamos kawaii

JessicaBarros disse...

A saga twilight não tem muitas partes vampirescas, é só amor e poteger eu gosto mas enjoa^^

Ah Oi Tsu :)

Mas ainda bem que pos A entrevista com o vampiro em segundo.^^
O Deixa ela entrar é fixa mas na minha opinião não chega quase aos calcanhares á Entrevista com o vampiro mas pelo menos são os dois fixes.^^
Pelo menos mais vale rever e relembrar os filems vampirescos antigos^^

Bjinhos :3

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Obrigado pelos parabéns, mais foi dificil conseguir 100 seguidores, eu tbm me surpreendi... rsrsrsrsrsrs... o lance de dona de casa eu gosto de ser, mais menina é um trabalh ruim pra daná... não tem descanso e nem folga... é 24 hrs massante... rsrsrsrsrsrs... procure saber um pouco do anime que te falei, acho que vc vai gostar!
Qualquer coisa estou aqui... Bjs *.*

Cassie disse...

AMEI!!!!!
Amei seu top 7!!!
Muito bom, excelente!
Eu ADORO vampiros, vc sabe! E a lista tá perfeita1 Dessa lista eu assisti todos exceto os Amantes Vampiros..o Sede de Sangue me surpreendeu muito! É fantástico!
O Deixa Ela Entrar é perfeito...como vc disse, sabe mostrar o vampirismo por uma ótica totalmente nova e fenomenal.

Entrevista dispensa comentários..como não gostar dessa obra que além de ter uma história incomparável possui Tom Cruise, Brad Pitt e Antonio Banderas no elenco?

O Drácula é o Drácula..eu senti falta do Drácula de Copolla na lista rs...
Fome de Viver a melhor parte é mesmo a do Bauhahus cantando..aquele visual é tudo!!!

Enfim, excelente top 7! O meu preferido até agora!

bjs

Eduardo disse...

Oi Tsu!
E geralmente são poucas essas meninas que entendem... E como você disse, passam a abominar, e muitas poucas conseguem administrar a paixão por ambos estilos, minha amiga consegue... Ainda bem rsrsrs

Ah, o livro não foi publicado? Que pena :(

Que bom, pelo menos dá para dar uma amenizada nos bolsos... Enfim, eu tô proíbido de comprar mais livros até que eu leia todos que eu já tenho... Só são dois, mas fazer o que né?
bjs

Tsu disse...

Oi Edu!
É..infelizmente não tive o prazer de verDeixa Ela Entrar..to seriamentepensando em comprar a versão em espanhol aatravés de uma livraria que encomenda...eu achoestranho que o livro não tenha sido publicado aqui porque a trilogia Millenium, que também ésueca, foi publicada. E são três livros grossos pra caramba (mas são fenomenais..mais pra frente farei um artigo sobre o primeiro livro/filme..vc vai se surpreender).
bjs

Cassie ^^
Ah eu sabia que vc ia curtir o Top 7! Nós somos duas que adoramos vampiros!
Você assistiu Sede de Sangue? 0.0Caramba que legal! Esse filme é pouquissimo divulgado! Eu descobri ele numa barraca de camelô, acredita? Quando na sinopse vi queera do diretordeOldboy, peguei na hora!
Quem te fez ver Deixa Ela Entrar? Hein hein? rs =p
Sim também sou da opinião que a melhor cena de Fomede Viver é quando ouvimos Bela Lugosi is Dead...já dançou essa música? É demais!
Ah sobre o AF! Fechou?
bjs

Jane o/
ahshshashash ai eu sei como trabalho de casa não é fácil....blz vou procurar sobre o anime assim que tiver um tempo faz anos que estou interessada. Eu estou viciadanaprimeira música de guerreiras mágicas acredita? Sempre achei a música (original japonesada primeira abertura) muito show e nostálgica rs.
bjs

Olá Jéssica!
O problema de Crepúsculo é que a autora pegou o "vampiro" e resolveu fazer aquela história de romance água-com-açucar-sem gosto. Aí acontece que o pessoal começou a "adorar" vampiros abichados e brilhantes.

Olha eu já discordo..eu acho que Deixa Ela Entrar está no nível de Entrevista...cheguei a ler aqlgumas partes do livro e é surpeendente. Chocante e polêmico. O autor trabalha de forma crua e psicológica a pedofilia (fato omitido do filme) Sem falar que as verdades sobre a Elli são demais.Os vampiros de Anne Rice ainda são meus preferidos dada á complexidade deles e a história dos livros...Lestat é único.
bjs

Oi Paulo!
Sério que você curte filmes de vampiros? Que legal! Sim, os filmes atuais são lamentáveis a única excessão é Deixa Ela Entrar e Sedede Sangue...esses filmes valem muito á pena serem vistos por quem gosta de qualidade. Aborda o vampirismo de forma complexa, como os melhores filmes.

Oi Sora!
Eu achei a Kristen sortuda no filme! Onde já se viu aquela guria na época ter conseguido beijar o Brad Pitt na boca? rs...
Eu gostaria que o Lestat me mordesse *.* Lestat é sempre perfeito.

Chengão!
Tudo blz?
Claro que eu sei o que sãosebos rs..mas me surpreendi de você ter achado dvds desses clássicos..eu sempre encontro pela web, baixo e gravo. Não tenho tempo para ir pesquisarnos sebos...se bem que achei cada livro bom lá...consegui achar uns bem raros por 10 reais!
Olha eu não tenho um link específico para baixar filmes...uso o google jogo o nome do filme para rmvb download e fica caçando rs...
bjs

Oi Gabriel! Também curti muito o conteúdodo seu blog! E claro que eu topo fazer parceria! Você tem banner?

Oi Sandro!
ahshashashasas vc leu? Pra conseguir descolar uma menina?Bom, dpeoisdo sacrifício, pelo menos você conseguiu uma recompensa?
kkkk
bjs

Sandro Honorato disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk po consegui nada kkkkkkk
Hoje ela namora um "amigo" meu hahaha

Na verdade não sou mt de ler...gosto de ler algo de Sherlock Holmes e talz :)
E mangas logico kkkkkkkk

E o cosplay desta semana? vai ser macho?kkkkkkk
Falando nisso....veja o post de amanhão :)

Beijos e um bom domingão

Rart og Grotesk disse...

Adoro filmes antigos de terror!!Acho o máximo! Eu tenho esse Nosferatu, muito bom!! Um grande clássico!

Esse sede de sangue tenho vontade de ver!!

òtimo post!

bjs

http://artegrotesca.blogspot.com

Gabriel França disse...

Não tenho banner. (nunca consegui fazer um), mas não é unicamente necessário, né? Seu blog já está recomendado lá no meu.

Sora-Nyan *o* disse...

Néééé, podes crer! uma criança, mas tive muita pena como a personagem dela acabou sendo transformada em pó pelo o sol, fiquei super triste!!! E a armadilha dela fazendo o tom cruise bebendo o sangue de dois gemeos mortos!!!! lindo!!!!

! Marcelo Cândido ! disse...

Desses só vi ao Entrevista com o vampiro!
Clima sombrio
uhuuu
!!!

Leonard M. Capibaribe disse...

Assisti a todos esses e devo dizer que suas escolhas estão perfeitas! Gosto muito do Sede de Sangue, um dos meus favoritos de vampiros e não... O ator é muito bom... Gostei do blog... Estou seguindo e estarei visitando...

(La)ize disse...

Acho que o primeiro será "deixa ela entrar" ><

Eu falei dos aneis com veneno no post, acho que tu pulasse o parágrafo, hahaha ^^ Sabe de algum caso de morte por causa daqueles aneis? s:

Leonardo disse...

Oi Tsu :D
Eu ouvi falar também que vai sair o 4º parque dos dinossauros. Só não sei se o Spielberg vai ser diretor ou só produtor.
Pretendo postar o meu top filmes de vampiros até final desse mês. Se eu conseguir assistir os filmes que estão faltando eu posto. O meu preferido é dracula de Bram Stoker do Francis Ford Coppola, do começo dos anos 90. É o mais fiel ao livro (amo o livro). Pra mim o filme ficou perfeiro, ainda mais que tem ótimos atores. Particularmente o romance entre o Dracula e a Mina nesse filme ficou excelente. :D
BeijO

Manfio disse...

Sim, por isso mesmo o livro me pareceu bem interessante. Com certeza lerei futuramente.
Eu gostei de todos cosplays que você postou, mas alguns são "apenas" bons e outros são simplesmente perfeitos. Mas não há nenhum ruim rsrs.

Dessa lista eu acho que só vi o Nosferatu, Drácula e o Sede de Sangue que são ótimos filmes. Seus comentários como sempre despertaram o interesse de ver todos rsrs. Você é má Tsu, vai fazer minha conta na locadora ir lá em cima rsrs.

Tsu disse...

Manfio! \o/
Você foi no AF cara? Eu fui apenas no Domingo ^^

Ah tá entendi..tem alguns cosplays que são mais simples e alguns podem passar despercebidos se não conhecemos ou não somos fãs dos personagens. Até agora o cosplay que postei no blog que achei melhor foi o da Carmilla de Vampire Hunter D.

Você é a segunda pessoa que eu conheço que viu o Sede de Sangue! Ah, mas porque vc não baixa pela web? O Deixa Ela Entrar dificilmente verá em locadoras...com sorte vê o remake americano mas eu recomendo primeiramente ver o original sueco que é incomparável.
bjs

Oi Leonardo!
A história do 4º parque dos dinos é antiga mas agora parece que o Spileberg falou que fará mesmo.
Eu gosto muito do Drácula de Copolla mas não o coloquei na lista porque resolvi mencionar o
Drácula de Bela Lugosi porque foi ele que criou aquela imagem do vampiro que imperou por décadas e décadas no imaginário das pessoas.
E sim, o romance de Drácula e Mina ficou legal! Mas eu adorei a fotografia de Copolla com
aqueles cenários avermelhados.
bjs

Oi Laize!
Ah acho que eu passei despercebida na informação porque li muito rápido no horário do meu

almoço, desculpe!
Bom, eu não sei de ninguém famoso que tenha morrido com os anéis de veneno..era um tipo de assassinato eficaz na época porque sempre provinha de alguém próximo da vítima e não deixava pistas porque normalmente era um veneno que estimulava os batimentos cardíacos e fazia a vítima morrer de infarto. Ou algo assim.


Olá Leonardo M.!
Valeu por ter curtido m eu top 7 de vampiros..e você é a primeira pessoa que eu encontro que também assistiu o Sede de Sangue..um excelente filme muito pouco conhecido.
bjs!

Marcelo, se for possível veja os outros!

Oi Sora ^^
Ah a história da Cláudia é mesmo meio trágica. O filme é corrido se comparado ao livro, pois no original se passaram em média uns 60 anos...e a Cláudia fala para o Louis que está enlouquecendo e perdendo a razão de viver porque ela percebia que seria eternamente uma

criança. E Louis olhava para os olhos dela e via a mulher presa dentro do corpo de uma criança. Esse caso é semelhante ao Armand..no filme ele parece um home madulto masd no original Armand tem a aparência de um garoto de 16 anos.
bjs

Oi Gabriel! O banner não é necessário, ele auxilia um pouco a divulgação mas mesmo assim coloquei o link do seu blog lá nos meus Parceiros =)


Oi Rart!
Poxa, eu recomendo que veja o Sede de Sangue. Pois ele, junto com o Deixa Ela Entrar é uma

das únicas histórias de vampiros recentes que realmente possui qualidade.
bjs

Oi Sandro!
hshshs sério? Então vc se sacrificou tanto para ler Crepúsculo e não ganhou nada em troca?
Puta falta de sacanagem! ohohohooh
Olha eu ainda não sei como será o cosplay dessa semana...provavelmente será macho, porque ainda tenho que arrumar as fotos que tirei no anime friends =)
bjs

Rubi disse...

Esses sim são filmes de vampiro. Da lista, apenas os mais atuais eu ainda não tive oportunidade de assistir. Quanto ao Dracula e Nosferatu, são verdadeiros clássicos. É incrível que naquela época (mesmo com poucos recursos) os filmes eram fantásticos.

Aproveitando, quanto a parceria, já que é só pelo link, acho que dá pra fazer sim! Apesar de não colocar nenhum link no meu blog, eu geralmente coloco os blogs que acompanho nos meus favoritos, e vez ou outra, saio divulgando entre meus amigos (blogueiros).

Desculpe-me por não ter respondido antes, tive alguns contratempos ^^.

Beijos.
Até mais!

*Parabéns pela lista!

William disse...

Olá Tsu,
Fome de Viver e Nosferatu são verdadeiros clássicos do estilo. Entrevista com o Vampiro é razoável. Fome de viver tem a ilustre presença do genial David Bowie.
Bons filmes você indicou pra galera.
Uma ótima semana pra ti.
Beijo

Laércio Cunha disse...

Olá Tsu, tempinho mesmo hehae Desculpe a demora pra retornar a seu blog andei meio enrolado nas últimas semanas. E também teus últimos posts tem sido mais sobre anime, que eu não manjo absolutamente nada hehae Eu não sou daqueles que vêem se fazer de entendidos que sabem de todas as coisas e passam nos blogs da gente só pra dizer, aaa, legal, bacana, eu já admito de cara, não entendo mesmo hahaha Muito bom teu post dos vampiros, sempre escrevendo bem como de costume. Eu assisti quase todos daí. Tem um que eu adoro por demais, que não está na tua lista que é o clássico do Polanski "O beijo do vampiro" com a sua saudosa e falecida esposa Sharon Tate, assassinada por membros da seita de Charles Manson nos anos 60. Deixe ela entrar ( a versão original sueca é genial) e Entrevista com Vampiro são fodásticos. Tô super curioso pra ver esse Sede de Sangue, os comentários são ultra positivos. Espero você denovo mais vezes no blog

http://thecinefileblog.blogspot.com/

bjusss

Barbara Nonato disse...

Não é novidade a paixão que tenho por filmes e cinema, né? Então esse tipo de artigo sempre me prende e me encanta.

"Fome de Viver" é sensacional. Um estouro na ocasião do lançamento, porém, muito pouco mencionado hoje em dia. Já "Entrevista Com o Vampiro", um excelente filme também, teve sua história ofuscada pela dupla Cruise-Pitt. As pessoas dedicavam mais aos atores, deixando de lado o conteúdo e, sem saber, perdiam bastante.

"Nosferatu": clássico! Não preciso dizer mais nada sobre esse.

Excelente seleção, Tsu! Arrasando mais uma vez. Até!

Tsu disse...

Oi Rubi!
Olha dos atuais eu recomendo que você veja os dois citados, pois vale muito á pena..roteiro, direção, atuação, tudo é muito bom.
Sim...vemos a qualidade dos filmes antigos com Nosferatu. Até hoje esse filme me choca e fascina! O expressionismo alemão é inigualável.
Hum entendi..bom o esquema de Parceria é vc quem decide então^^ Sem problemas eu ás vezes demoro a responder por conta de contratempos também ^^.
bjs

William o/
Fico feliz em saber que minha lista de filmes de Vampiro caiu no seu agrado e no agrado geral =)

Laércio, quanto tempo!
AHSAHSAHS ah eu entendo seu ponto de vista mas sabe o que é...eu adoro manter contato com os outros blogueiros, independentemente de entenderem do assunto postado ou não. Acho legal manter o contato...mas eu fiz vários posts sobre filmes anteriormente e você não comentou u.u.
Bom, eu acho que dependendo da série queeu abordo, pode acabar atraindo teu interesse..tem uns animes muito bons. Obras de arte cinematográfica!

É memso, eu não mencionei Beijo do Vampiro..mas são tantos filmes de vampiros bons que passam despercebidos...eu procurei focar os que me chamaram atenção, mas memso assim eu não coloquei A Mansão Marstens que eu admiro pacas. Se você reparar todos os filmes de vampiros da minha lista (tirando o Sede de Sangue) são retirados de um livro, por isso tão bons. Aliás, o Sede de Sangue é do mesmo diretor de Oldboy..então é coisa boa! Agora...Deixa Ela Entrar eu nem comento...é sublime! E Entrevista..bom eu amo as crônicas de Anne Rice =)
Eu conheço essa história trágica da vida de Polanski. Soube através de um livro que tenho chamado Goth Chic (fiz resenha sobre, está nas postagens anteriores ou se você olhar no menu na parte de livros). Tem até o depoimento que ele deu quando em uma cena de outro filme tinha que encher o local de sangue artificial...era numa cena que o sangue pertenceria á uma criança pequena ou algo assim. Polanski chegou e disse que havia pouco sangue. O pessoal da produção xiou, alegando que devido ao tamanho do corpo. aquela quantidade de sangue seria correto. Calmamente Polanski respondeu:

- Vocês não imaginam o quanto de sangue existe num bebê.

Isso foi alguns anos depois da tragédia da esposa dele...e ninguém mais contestou as ordens do diretor...

bjs

Oi Barbara!
Olha o Fome de Viver eu só tive conhecimento na época em que estava adentrando na cena gótica...meu grupo (que conversava muio pela web) soube que o filme passaria no Cine Belas Artes do SBT e fizemos contagem regressiva rs...é um filme muito interessante mas mesmo tendo o Bowe, minha cena preferida é a primeira, com o som de Bela Lugosi is Dead do Bauhaus e o Peter Murphy surgindo entre fumaça e luzes de estrobo.
No caso de Entrevista, o problema é que o público no geral não é capaz de compreender a complexidade dos contos de Anne Rice...os livros são fenomenais...me espelho no talento dela para escrever minha história de vampiros =) Mas claro que jamais chegarei ao nível dela.
Vc chegou a conhecer Deixa Ela Entrar? Tenho certeza que ficará encantada com essa obra! Mas veja o original sueco!

Rejane Bruck disse...

Obrigada pela visita ao meu blog! Estou seguindo o teu também!

Mais tarde volto pra olhar melhor e comentar, ok?!

Beijo e parabéns pelo blog!
http:rejanebruck.blogspot.com

Laércio Cunha disse...

Nossa Tsu, não sabia dessas informações sobre o Polanski que tu me passou em meu blog, muito animal! hahaea confesso que curti de montão e até fiquei meio abismado hehae valeu pelas informações. Pode deixar, passarei mais seguido dar um alô em seu blog, tava com saudades dos teus coments também! bjusss

http://thecinefileblog.blogspot.com/

Laércio Cunha disse...

Ps: Me esqueci de avisar, hoje coloquei uma lista de blogs recomendados e você tá nela. Dê uma olhada lá!

http://thecinefileblog.blogspot.com/

bjusss

Tsu disse...

Oi Rejane, valeu ^^

Oi Laércio!
Então essa informação peguei no livro Goth Chic e posso dizer que também me deixou surpresa no início. Tipo...é algo que mexe mesmo..imagino como ficou o pessoal da produção...pois o Polanski viu o estado ue a esposa dele ficou quando viu a chacina da família Mason..me surpreende como ele conseguiu superar tal coisa.
Olha lá, vou cobrar suas passagens pelo blog hein? Gosto dos comentários ^^
E obrigada por me indicar na sua lista1 Fico lisonjeada.
bjs

Jacques disse...

Ótima seleção esta sua.
Fome de viver, o antiquíssimo Nosferatu e os dois Deixem Ela Entrar (na versão americana, com a moleca que interpretou a Hit Girl, que arrasou em Kick Ass) eu ainda não assisti, mas fica a dica.
Eu já tinha passado aqui antes e pensei que só escrevias sobre animes e mangás (que eu não curto muito, excetuando-se Hayao Myiazaki e Katsuhiro Otomo), mas vejo que me enganei.
Seu repertório é bem variado e divertido.
Até mais.

Roberta disse...

Eu não vi todos, aliás, acho que nem metade, mas já fiquei feliz por ver o Lestat na lista, hahaha! Ele é um personagem ao mesmo tempo problemático (na falta de melhor palavra) e apaixonante, e o Tom Cruise fez muito bom trabalhado. Queria que fizessem um filme do livro do Vampiro Lestat com ele (haja photoshop!) pra exorcizar aquele péssimo rainha dos condenados da cabeça de todo munod!

Sekai-Onigiri disse...

Fiquei muito contente ao ver que você deu destaque aos filmes clássicos de vampiros, com excessão claro ao incrível "Deixe ela entrar".

Irei baixar "Sede de Sangue", pois foi a maior surpresa dentro da lista e gosto de filmes asiaticos.

"Entrevista com Vampiro" para mim é a obra suprema dos predadores da noite, Anne Rice apresentou uma perspectiva incrível da visão dos vampiros para com o resto do mundo, nesse filme eles deixam de ser vilões e se tornam antagonistas.

Dracula de Bram Stoker (1992), aquele em que o Keanu Reaves participou, é outro que adoro rever ao menos 1 vez a cada 2 meses xD

Tsu disse...

Oi Jacques!
Valeu por ter curtido a seleção de filmes vampíricos! Bom, sobre o remake de Deixa Ela Entrar, eu o achei digno, mas não se compara oa original sueco. A atriz que fez a Hit Girl é sensacional e fez bem a Elli, porém a atriz sueca realmente capturou a essência do personagem Elli que é extremamente complexo..depois que vi trechos no livro fiquei surpresa.
Ah! É que á primeira vista o blgo pode parecer abordar apenas animes mas na verdade eu dedico bastante em filmes que são mniha paixão. Vc pode ver pela lista...espero pdoer contar com sua presença no blog mais vezes agora que sabe que não é focado apenas em animes =)
bjs


Oi Robs!
Ah mas lógico que eu ia colocar o Lestat na lista né/ Ele é o melhor de todos os vampiros na minha opinião, adoro ele por demais! Sabia que um rapaz fez cosplay dele (baseado em Entrevista) no AF? Ele se apresentou no palco, ficou ótimo! Mas depois não o vi pra tirar foto u.u
Olha concordo com vc! O filme de Rainha dos Condenados é uma droga, acabou com o livro...a única coisa que se salva nesse filme é a presença sexy do Stuart Townsend como Lestat...em termos físicos a aparência do Stuart sobrepuja mais do que a do Tom quando leio o lviro.
bjs

Oi Sekai!
Como fã de filmes e obras de vampiro com qualidade, eu tinha que colocar filmes que merecem ser relembrados...faltaram alguns, mas particularmente coloquei aqueles que mais gosto Olha o Sede de Sangue me surpreendeu muito pela excelente história e é feito pelo diretor de Oldoby...
Sim, eu acho as obras vampirescas de Anne Rice incomparáveis..tenho quase todas as crônicas em casa =) Os vampiros dela são humanos insanos rs.
Tantas pessoas falaram de Drácula de Bram Strocker que eu vou ter que acabar vendo de novo pra fazer um artigo kkkk...ma é um bom filme, acho que a melhor adaptação do livro, mesmo tomando algumas liberdades. Copolla é um gênio!
bjs

Evandro Raiz Ribeiro disse...

Cara Tsu,
Vi seu comentário no Blog Vício de Leitura a respeito de meu livro “Não Deixe o Sol Brilhar em Mim”, dizendo que era contra o livro e chamando-o de um plágio descarado do livro “Lat Den Ratten Komma In” do escritor sueco John Ajvide Lindqvist transformado em filme pelo renomado diretor também sueco Tomas Alfredson. John Ajvide Lindqvist fez também o roteiro do filme sueco e do remake americano “Let me In” que engraçado, pela sua concepão não é plágio e sim uma ação totalmente natural. Eu lhe pergunto, você leu o meu livro? Pelo amor de deus, como pode alguém, pelo visto das postagens deste blog, parecer ter algum conhecimento sobre obras literárias e cinematográficas, fazer uma acusão categórica dessas tão levianamente?
Eu bradei aos quatro cantos do mundo e inclusive escrevi nas páginas iniciais de meu livro o quanto o belo filme de Tomas Alfredson me tocou e influênciou na construção de minha história. Além disso dediquei meu livro a Tomas Alfredson pela obra magnífica e extendi a dedicatória aos atores Lina Leanderson e Kare Hedebrant por suas belas atuações.
Agora você me acusa de plágio descarado, sem ter lido meu livro e apenas por ler uma sinopse. Eu usei o mesmo tema do filme, o encontro de um garoto que sofre bullying familiar e na escola com uma garota que é um vampiro. Também usei as caracteristicas do vampiro de John Ajvide Lindqvist, uma garotinha aparentemente indefesa e sem poderes sobrenaturais, porque eu achei essa construção da personagem vampiresca do escritor sueco, simplesmente tudo, diferente do velho vampiro clássico super poderoso que já estava cansado de ver e dos insurportáveis moderninhos. Bram Stoker escreveu “Drácula” influenciado pela obra do escritor também Irlandês Joseph Sheridan Lefanu, “Carmilla”. Depois disso vários escritores usaram as caracteristicas da persongem para criar seus próprios vampiros, e isso não é plágio. Machado de Assis escreveu “Dom Casmurro” o renomado escritor Fernando Sabino escreveu “Os Amores de Capitu” usando a mesma história e personagens de Machado de Assis,contados à sua maneira. Domício Proença Filho escreveu, “Capitu, Memórias Póstumas” usando as mesmas personagens e história de Machado de Assis desenvolvida da sua maneira. Para você esses dois escritores também são plagiadores?

Evandro Raiz Ribeiro disse...

continuação//
Se numa prova de redação para o vestibular fosse sugerido o tema: “Encontro de um garoto perseguido com uma garpota que é um vampiro” . Todos da sala que escrevessem suas redações, que com certeza seriam ímpar, estariam comentendo plágio da história sueca? Se pedirem para Dez escritores escreveram sobre a vida, por exemplo, do ex-presidente Lula; cada um iria abordar a vida e carreira sindical e política do ex-presidente que é única, porém cada um escreveria à partir de um ângulo pessoal. Esses escritores também seriam plagiadores entre si?
Usei o tema e construção de uma personagem que vi em um filme que achei fantástico, entretanto minha história é original, porque conto reminiscências da minha infância passada em Santo André no ABC paulista. Na minha obra não existe uma linha sequer ou frase, com execeção aos diálogos comuns corriqueiros na vida diária de um ser humano, como: “Quem é você?”; “de onde você é?”, “como se chama?”, “qual seu nome?”; “Você é um vampiro?” ou cenas, com execeção também das corriqueiras como: “encontro de pessoas”; “relação amorosa”; “um protetor humano” (oh Não, esse existe apenas em Let the right one in.), “um vampiro chupando o sangue de uma vítima”.
Continuando, no meu livro não existe nenhuma linha ou frase retirada da obra do escritor sueco John Ajvide Lindqvist. Você não leu meu livro, nem leu nenhuma das várias matérias que escrevi pela net, inclusive no meu blog e site falando sobre o assunto. Mas me calunia na postagem do blog Vício de Leitura dizendo querer esclarecer a verdade sobre minha obra. Que verdade, você quer esclarecer se nem a leu? Você fala que não expus a complexidade do vampirismo, como você pode saber o que expus ou não? Você se não ter dúvidas quanto a ao fato de minha obra ser um plágio devido a semelhança de enrendo, que enredo você viu, se não leu? Você atira para todos os lados sem pedir excplicações e se diz a senhora da verdade.
Em seu blog, você invoca leis e artifícios anti-plágio, mas por todos os lados usa figuras e imagens de terceiros que não tem licença para usar. Porque isso é comum na net, todo mundo faz e os detentores dos direitos das imagens não estão se importando muito com esses pequenos desvios de sua propriedade. Você acusa as pessoas de imitadoras, mas o que é esse cosplay que você adota? Não é imitação de uma personagem que você admira? Então minha querida, as pessoas imitam o que gostam e isso na verdade não é crime porque você está dando sua interpretação pessoal na representação do que admira.
Eu adorei a obra prima de Tomas Alfredson e tirei disso a experiência de poder contar o que senti em forma de livro. Você diz amar o filme, mas o que tirou dele além do fato de acusar pessoas sem ter razão para isso? Leia primeiro meu livro e depois comente.
Se for seguir a sua linha de raciocínio, por gostar de filmes, não seria de estranhar se você achar que Edmund Elias Merhige, copiou Werner Herzog com seu “Shadow of the Vampire” e esse por sua vez copiou Murnau com seu”Nosferatu, Pahntom of the Night”, que realemente copiou Bram Stoker com seu “Nosferatu, Eine Symphonie der Grauens”. Mas o mundo não vive só de cópias, minha cara, alguém um dia inventou a roda, e ela hoje em dia é usada de diversas maneiras e em uma infinidade de coisas; redondinha, as vezes com um buraco no meio, mas sempre diferente com suas particularidades. Pense nisso antes de achar que tem razão de criticar o que não sabe e caluniar o que não tem certeza.
Um abraço

Tsu disse...

Oi Evandro!

Bom, primeiramente quero agradecer por você ter se manifestado no meu blog. Faz um tempo que queria muito tirar essa história á limpo. Deixarei seu comentário no meu requerido post contendo também a resposta que estou escrevendo aqui.

Acredito que apenas me desculpar não seria o suficiente e entendo completamente o que você pode ter sentido ao ler. Creio que se estivesse no seu lugar pensaria o mesmo. Por isso, desculpo-me mais uma vez por ter tomado determinada atitude. De verdade.

Não tive a oportunidade de ler o seu livro ainda e talvez esse seja um erro de minha parte. Entretanto eu tomei como base a sinopse, e a sinopse me fez lembrar instantaneamente o Deixa Ela Entrar. Talvez se a resenha não fosse tão semelhante ao enredo do livro eu poderia ter deixado passar. Entretanto creio que minha atitude infantil acabou emergindo ao ver os comentários das pessoas achando que Não Deixe o Sol Brilhar em Mim foi a primeira abordagem do tema vampírico desse modo.

Muitas pessoas que acessam os blogs de "literatura" são pessoas acostumadas com vampiros ao estilo de Crepúsculo. Não que sejam todos, mas grande parte do público possui tal tendência e pode acabar desmerecendo a obra sueca que por alguma razão que eu não sei, não chegou a ser publicada no Brasil.
Eu mesmo vi um comentário de uma pessoa que irá adquirir seu livro mas que não fazia idéia que existia a obra Deixa Ela Entrar. Muitas pessoas talvez não entendam a complexidade do livro sueco que aborda temas como pedofilia e castratis. Você citando a obra sueca ´no seu livro é algo excelente entretanto eu me pergunto que isso levará á muitas pessoas terem acesso á uma obra que pode causar divirgências. Participei de muitos debates sobre Deixa Ela Entrar na web e vi muitas pessoas que elogiavam o filme mas quando descobriram que Elli era um garoto passaram a repudiar a obra.

Mas isso não vem ao caso. Admito que posso ter errado em tal determinada atitude, e novamente peço desculpas por isso. Mesmo que não adiante é o mínimo que posso fazer agora. Duvido muito que um comentário meu fará com que você perca leitores. Vamos encerrar esse assunto e se eu puder compensá-lo então de alguma forma, gostaria que me dissesse.

Antes de finalizar aqui, gostaria só de esclarescer uma coisa importante.
Sua posição acerca dos meus avisos anti-plágio em meu blog restringe-se aos MEUS TEXTOS. Tanto é que quando coloquei os avisos e cadastros anti-plágio eu selecionei apenas os meus textos e nada mais. As imagens, qualquer que sejam (fotos ou desenhos) quando publicadas na web passam a ser dominio público.

Tsu disse...

As imagens de cosplay que coloco são de pessoas do mundo inteiro. Entretanto, não vejo razão alguma para que os detentores dessa imagem se manifestem afinal, não estou usando as imagens de forma pejorativa, pelo contrário. Qualquer cosplayer que vê sua foto e a descrição feita, ficará feliz, pois são elogios ou comentários agradáveis. Eles postam tais fotos no Deviantart e outros meios de divulgação. De minha parte e da parte dos comentaristas nunca haverá algo pejorativo acerca das fotos das pessoas. Se houver, tratarei de eliminar assim que o fotografado se manifestar.

E eu te pergunto: O que é cosplay? Cosplay não pode ser considerado plágio, isso é você querer comparar uma coisa literária com um costume de festa á fantasia. Quanto á obra de Murnau, na época foi acusado de plágio pelos detentores dos direitos da obra de Strocker. É verdade que muitos copiam diversas obras mas eu, como admiradora do Nosferatu de Murnau, condeno o enredo e não necessariamente a expressividade visual.
Le Fanu pegou como base a história da condessa Erzebet Báthory e resolveu gerar uma ficção da mesma forma que Bram Strocker fez com Vlad Tepes (Strocker então pegou a história de Vlad, juntou com Carmilla e fez uma salada rs).

Você comentou também sobre redações de um trabalho de escola. Bom, isso não pode ser considerado plágio afinal são redações de escola e ninguém ganhará nada com isso exceto uma nota no final do bimestre.
Sobre as obras de Fernando Sabino e Domício Proença eu os vejo mais como escritores de fanfics. Bom, ou pelo menos um dos percurssores de escritores de fanfics. FanFics são histórias feitas por fãs sobre determinada série, colocando os personagens de outrem em novas situações que gostaria de ver. De certa forma foi o que Marion Zimmer fez em suas Brumas de Avalon. Pegou os personagens da lenda arturiana e os moldou á sua vontade.
O interessante é que muitos autores permitem que seus personagens sejam usados nessas fanfics, que ajuda em muito a aumentar o sucesso de suas obras dentro do público que já admira. É o que acontece com muitas obras japonesas ou a obra de J.K Rowling. Claro que esse termo de "fanfics" é algo recente, mas certos autores já proibiram que seus personagens sejam usados em fanfics. Anne Rice é um exemplo disso. No maior site de fanfics do mundo, um aviso denota que personagens dela e de outros autores são proibidos de serem utilizados em fanfics.

Assim, até hoje sou contra o remake Deixa Ela Entrar pois vi ali um novo filme desnecessário, da mesma forma que estão fazendo com a versão Os Homens que Não Amavam as Mulheres. (seria esses remakes uma revolta dos americanos por não apreciarem obras legendadas? rs)

Bom, espero que possamos então acabar com esse mal entendido grosseiro que tive. Se eu puder compensar de alguma forma a ofensa que lhe fiz, gostaria que me dissesse.
Podendo entrar em contato contigo, gostaria muito que pudessemos manter um meio de contato para que eu possa acabar de uma vez com todas com esse mal entendido e revolta que lhe causei. Acho que poderiamos conversar e eu poderia lhe mostrar que não sou a pessoa horrível que posso ter parecido para você a primeira vista.
Admito minha falha, peço encarecidamente desculpas e gostaria muito que pudéssemos continuar mantendo contato.

Ah, eu não sabia exatamente onde poderia postar a minha resposta, então resolvipostar aqui que me pareceu o melhor lugar. Essa resposta que estou te passando postei também em meu blog.

E novamente peços desculpas.

Evandro Raiz Ribeiro disse...

Prezada Tsu,
Em primeiro lugar gostaria de parabenizá-la pela postura de se desculpar, não pelo fato de que eu ache que você estava errada e que precisava se redimir incondicionalmente perante minha pessoa, não, de forma alguma, e sim pelo motivo que você mesma reconheça que possa ter cometido excesso, por isso venha se desculpar. Obrigado, aceito suas desculpas e de minha parte também quero me desculpar por ter respondido ao seu comentário armado até os dentes .
No momento estou no trabalho, aqui é manhã de segunda(moro no Japão a quase 20 anos) e também acho a tela do iPhone um saco para escrever. Quando retornar para casa a noite vou te responder com mais calma.
Gostaria que você visse uma resenha que fiz sobre Let The Rigth One In http://evaneoslivros.blogspot.com/search/label/resenhas?m=0

Não sei se vc gosta de ler eBooks, se gostar , eu gostaria de te enviar um exemplar eletrônico( não Pdf) de meu livro
Para sua avaliação .
Até mais
Evandro

Evandro Raiz Ribeiro disse...

Desculpe errei o link, aquele que postei era de resenhas feitas do meu livro. Essa a seguir é a que fiz sobre Lat Den Ratten Komma In
http://evaneoslivros.blogspot.com/search/label/Resenhas%20que%20fiz?m=0

Tsu disse...

Oi Evandro!

Não tem que se desculpar por você vir armado até os dentes para defender-se, estava em seu total direito. Quando comentei sobre os cosplays é porque aquilo é uma coisa diferente de algo literário e como tal não teria como comparar. Você vive aí no Japão e aí o cosplay é algo extremamente popular e comum, bem como o visual kei e suas vertentes. Muito legal você já viver tantos anos no Japão, eu tenho muita vontade de conhecer o país, passear por Tóquio, Akihabara...bom, como pôde ver pelo meu blog sou fissurada por animes.
Eu fico no aguardo de sua resposta maior, aprecio muito trocar idéias com as pessoas que tenham gostos parecidos...e vendo que você mora no Japão...caramba, isso deve ser muito legal! Mas deve ter sido difícil na época em que aconteceu aquela tragédia...

Bonm, acho que poderemos conversar bastante, se você quiser. E claro que eu gostaria de ler seu livro! Não sou chegada á e-books mas abrirei uma excessão! Vou ler seu livro para depois fazer um artigo dele em meu blog!

Vou aproveitar agora para comentar sua resenha sobre Deixa Ela Entrar...você deu spoilers cruciais! 0.0 Eu me surpreendi quando soube a verdade de Elli ve a cena em que vemos ele sendo transformado pelos dois vampiros é chocante. Mas o que mais me surpreendeu na obra foi a forma como tratou a pedofilia...eu penso que essa foi uma das razões do livro não ter sido publicado no Brasil. Numa época em que o pessoal está acostumado com histórias de amor inocentes de vampiros, Deixa Ela Entrar seria um tremendo choque. Afinal, através do Hakan até entendmeos uma parte da mente perturbada dele.
Mas a resenha está ótim embora eu não goste dos spoilers...lembro que fiquei surpresa quando li a parte da grande revelação de Elli. Rs.
Ah como eu faço para me tornar seguidora do seu blog?
bjs!

Evandro Raiz Ribeiro disse...

Oi Tsu,
Quanto aos spoilers, eu aviso antes que é justamente para quem não leu ou assistiu a obra ficar de pré-aviso. Sei que a maioria das pessoas não suportam spoilers, felizmente (digo isso em causa própria), eu sou o contrário e adoro um spoiler. Quando lia as obras de Agatha Christie, geralmente dava uma passadinha no final antes de começar a leitura, para saber quem era o culpado.
Quanto ao Cosplay, eu entendo o que você quer dizer. Imagine se uma coisa dessas seria plágio, eu apenas quis ilustrar uma situação de instransigência total relacionado com o tema plágio.
Sobre Cosplay, eu tenho uma opinião particular, acho que a maioria das pessoas são cosplayers enrustidos e defino isso como um complexo de super-heroi. Para exemplificar o que digo vou usar o seu tema cosplay de "Clockwork Orange". Quando o filme foi finalmente liberado no Brasil, após 10 anos na época de 80, fui assistí-lo imediatamente e voltei ao cinema mais doze vezes no mesmo mês, de tanto que gostei. A figura imponente de Malcolm McDowell transfigurado em Alex, um Carlitos diabólico com seu chapéu coco e bengala, cílios postiços e visual branco imaculado; é um convite a abandonar esta dimensão da realidade. Eu me imaginava vestido de Alex, porém jamais teria coragem de fazer isso e andar trajado por aí, nem de comprar ou fabricar o traje para dar vasão a esse desejo. Entrentanto, se o encontasse prontinho em um local reservado, com certeja experimentaria. Já o cosplyaer aparente, é uma pessoa descolada que ultrapassou a reserva que a maioria como eu têm. O Japão tem a com certeza o melhor visual e muitas pessoas que adotam o cosplay e outros tipos de visual e postura abertamente. Entretanto, na minha concepção, eu os acho falsos e vazios. Quem vê aquele pessoal de Akihabara na tv, deve achar o Japão o máximo, onde as pessoas podem se expressar livremente. Sim, até podem, mas eu já conheci pessoalmente muitos desses jovens cheios de estilo, e você se decepciona, aquele aparato todo não significa nada, é só uma fantasia de carnaval. É diferente de movimentos como o hippie, punk, gótico ou outros que se vê mundo a fora. Um dia desses vi na tv uma entrevista com uma dessas bandas japonesas famosas com o um visual totalmente extravagante. E quando eles abriam a boca para falar a decepção foi tremenda. Eram fantoches seguindo a orientação do todo poderoso manager, seu deus e senhor.
Mas não quero generazliar, com certeza existem também as pessoas verdadeiras que fazem por paixão.

Para seguir meu blog basta dar uma passadinha por lá, se quiser ser parceira do meu blog, também não precisa fazer nada especial. Envie um email para evanbrjp@gmail.com paraque possa te enviar o ebook.

Um abraço

Tsu disse...

Sobre os spoilers...bom eu já não sou fã dos spoilers..lembro que uma vez li o spoiler de algum naime e fiquei fula da vida, porque li acidentalmente...agora na outra vez passei a gostar de um personagem de Naruto(sim, eu gosto =p) depois que soube de toda a história da vida dele. Mas, quando assisti e li fiquei emocionada memso já sabendo rs.
Nossa, eu nunca quis ver os assassinos de Agatha Cristie antes de terminar...sempre que lia os livros ficava tentando descobrir quem era o culpado rs...para ver se eu era uma boa detetive. Estou fazendo isso com uma série de anime que acompanho no momento. Mas pior que saber quem é o assasino é saber o assassino mas tentar descobrir as razões dele.

É, talvez cosplay seja um pouco de complexo de super herói, ou complexo de vilão (pois muita gente faz cosplay de vilões). Ao meu ver, que acompanho o cosplay á anos e já sou cosplayer á um tempinho, isso se resume á uma diversão, uma brincadeira de, por um dia, fingir ser aquele personagem que gosta.
O meu cosplay de Alex de Large foi o primeiro que fiz. E até hoje é o meu preferido. Lembro que dmeorei muito para me decidir qual fazer..porém quando conheci o filme (não o vi no cinema pois na época eu nem era nascida) fiquei fascinada pela imagem que ele passa. Seja em um retrato da sociedade, da psicose, da arte...o filme de Kubrick é um conjunto de tudo e quando li o livro fiquei ainda mais fascinada com a complexidade e ousadia do autor criando uma obra atemporal e única. Não há nenhumas outra obra como Laranja Mecãnica. E sim, foi a expressão cosporal de Malcom que me fez fazer o cosplay...nem foi tanto o Alex que me motivou e sim o Malcom. Mas claro que admiro o Alex por ele conseguiu passar por tudo e continuar sendo ele mesmo. Um grande FDP, sim,mas alguém que não foi derrotado. Como aconteceu com o protagonista de 1984 de George Orwell.
Sempre que fui em um evento como Alex, dias antes revia o filme para memorizar a postura e alguma nuance de expressão...o que mais me surpreendeu é que quando fui aos eventos o tanto de pessoas que reconheceram ,fotografaram e me elogiaram pela ousadia do cosplay foiram muito mais do que eu poderia imaginar.

Sabe, você tocou em um ponto muito interessante sobre a juventude de Akihabara. uma coisa que eu sempre pensei que era exatamente do jeito que vocÊ confirmou. E posso te dizer com certeza que os jovens brasileiros que aderem á esses estilos do visual kei e vertentes são exatamente igual aos japoneses. ALIENADOS.
Muitos individuos que vi em matérias de Akihabara eu achei completamente sem noção..tem estilos lá que são horriveis de doer e que não transmitem qualquer personalidade além da necessidade dúbia de aparecer. Vejo aqui no Brasil muita gente defendedo o visual kei, suas bandas e estilos, querendo compará-los á cenas urbanas. Nunca consegui ver assim, porque diferente das cenas urbanas eles são consumistas...o gothic lolita é algo puramente estético e muita gente fica fazendo inúmeras definições e modos de ser sendo que aquilo se restringe em consumismo puro e simples.

Tsu disse...

Você mencinouo o punk, gótico e etc. Sabe, anos atrás eu fiz parte da cena gótica de SP..mas era o grupo de pessoas que realmenter entendia de alguma coisa da cena. E vi muita gente sem noção ali, pessoas exageradas, que3 não entendiam praticamente nada do que deveriam entender para se integrar em uma cena. Entretanto o pessoal do Brasil exagera demais em "idealismos' e inúmeros outros "ismos" nas cenas urbanas. Vemos subgrupos dentro de subgrupos, tipos dentro de tipos, definições para cada coisa...para você ter idéia o gótico fica definido entre gótico oitentista, cyber goth, gótico tradicional, vampyros(sim, com Y) e mais uma quantidade enorme de coisas...isso deveria se limitar á estética como ocorre nos outros países, mas não! Aqui os brasileiros definem tudo certinho e ficam em grupos fechados...entre os Death Rockers existe até grupos que você só entra se for convidado e eles ostentam orgulhosamente seu simbolo, como os de SP, RJ, ES...

Pelo menos em outros países, seja Japão, Europa e EUA vocÊ pode usar a estética que quiser, ouvindo o que quiser...aqui se você ouve X então vc é X e não Y, mesmo que curta ouvir as duas coisas. Claro que existe excessões, como os grupos em que eu ficava mas "de fora' tinha muitos de achismo...e acho que ainda tem muito disso. Já até pensei em abordar algo assim no lbog mas resolvi deixar quieto rs.
Ah e eu já estou enviando o mail!

Mateus disse...

Devo dizer que não sou muito chegado a filmes de vampiros. Muitos me decepcionaram e hoje não é algo que me atrai muito.
Mas devo dizer que fiquei com uma vontade imensa em assistir "Deixa ela entrar", pela sua história, e "Nosferatu", gosto de cinema mudo.
Com certeza entrarão para minha lista XD
Abraços

Tsu disse...

Oi Mateus!
Bom, eu entendo sua postura com relação á filmes de vampiros. Desde Crepúsculo e mais antigamente Anjos da Noite, o tema de vampirismo acabou ficando banalizado de forma tal que se tornou lastimável.
Entretanto, ainda há salvações. Em meio á tantas obras ruins e manjadas, podemos encontrar coisas de muita qualidade. A prova é que no meio dessa onda de Crepúsculo e de autoras adolescentes tentando lucrar com o tema fazendo histórias ainda piores (como se fosse possível) temos obras fenomenais como Sede de Sangue e Deixa Ela Entrar. Esse filme é fenomenal e eu recomendo que veja o original sueco. Entrevista com o Vampiro é fantástico também.
bjs

Anônimo disse...

If you are extremely photosensitive and needed to turn pale white
and scarred. But this latest adventure for two reasons - 1.
Lupus anticoagulant are clues to the disease in which the cases where it all.

lupus causes inflammation, according to lupus. That is,
and the struggle to squeeze through it.

Here is my site lupus specialist Hooksett

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...