20 de jun de 2010

Os Senhores do Crime


Filmes sobre máfias poderosas são muito populares no mundo cinematográfico e isso é fato. Porém, curiosamente a maioria dos filmes aborda a máfia italiana/siciliana, talvez por essa ser a mais conhecida, poderosa (no passado) e divulgada dentre todas as outras.

Entretanto, algumas produções relacionadas ao tema que retratam outras nações do crime organizado internacional com notável toque realista. E a obra inglesa Os Senhores do Crime (Eastern Promisses no original) produzido em 2007 pelo estúdio Focus em parceria com a BBC Filmes, é um dos melhores exemplos. Dirigido por David Cronenberg, aprodução possui a típica fotografia européia, criando uma atmosfera ternamente dramática e permitindo que o espectador foque no roteiro e na realidade crua ali retratada.

A trama sustenta-se em revelaros bastidores de um segmento da máfia russa (Vory V Zakone) em Londres. Aomostrar o tráfico de sexo, as tradições e regras de conduta de uma máfia nunca antes muito aprofundada no cinema, o filme é sublime e realista, o que lhe rendeu uma inidicação ao Oscar (MelhorAtor) e três indicações ao Globo de Ouro( Melhor Filme,Melhor Ator e Melhor Trilha Sonora).

Quando a médica Anna (Naomi Wats) decide descobrir mais sobre uma garota russa quemorreu duranteo parto, ela não imaginava como os fios invisíveis do destino poderiam estar tão emaranhados.

Para que possa traduzir o diário da jovem, Anna entra em contato conm um russo dono de um restaurante renomado, que na verdade é o líder da Vory V Zakone. E não demora para que ela passe a ser chantageada e ameaçada.

Mas é através do misterioso Nikolai (Viggo Mortensen) que acompanhamos a intricada lei da máfia russa e, como assassino pessoal dos mafiosos, Nikolai tem acesso á todas asinformações sigilosos do grupo, provado por seu corpo quase que inteiramente tatuado - uma mostra de seu nível hierárquico segundo a tradição dos Zakones.

Senhores do Crimeé um filme como poucos. Uma visão da realidade da alta elite do crime organizado que mantém-se ocultos, bem como as traições e vingançasem prol do interesse pessoal. A atuação de todos é excelente, especialmente em Viggo Mortensen( apenas um ator notável seria capaz de encenar um combate violento e realista dentro de uma sauna).

É, sem qualquer dúvida umfilme único: drmático, terno e, acima de tudo, real.

~*~

Um comentário:

Roberta disse...

Eu gostei muito desse filme, nem me pergunte por que... aqui na minha casa ngm gostou, hahaha. Mas tenho fama de gostar de coisas que ngm mais gosta, então...

Achei o papel da Naomi Watts meio chatinho (mas acho que essa é a função precípua de mocinhas de filme), mas o Viggo Mortensen estava FANTÁSTICO. Vou admitir que só soube quem ele era depois que vi o Senhor dos Anéis (e achei ele lindo e perfeito pro papel de Aragorn), mas é incrível o quanto ele muda em cada filme! E ainda concordo com o que vc disse, só um grande ator faria aquela cena da sauna com verossimilhança e ainda por cima pelado! Hahaha...

Fora que achei o final surpreendente, apensar de talvez um pouco óbvio... enfim, eu gostei mesmo, hahaha!

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...