31 de ago de 2011

Tropa de Elite



Missão dada é missão cumprida.


Quando Tropa de Elite chegou ao conhecimento público em 2007, ninguém imaginava que, não apenas alcançaria estrondoso sucesso, mas que se consagraria no imaginário público á ponto de se tornar um ícone referencial.
A obra dirigida por José Padilha com o roteiro de José Padilha, Rodrigo Pimentel e Bráulio Monotvani e baseado no livro Elite da Tropa foi muito aclamado (e extremamente criticado) pela mídia e sociedade ao retratar, de forma cruel, violenta e realista(além de insinuações ao humor negro) o cotidiano da força militar mais poderosa do Rio de Janeiro.

Bandido bom é bandido morto.
Esse pode ser definido como um dos lemas do BOPE (Batalha de Operações da Policia Especiais), uma verdadeira Tropa de Elite contra o crime organizado. Devidamente treinada, o BOPE não entra em ação para negociar com o crime; sua função é acabar com ele. E isso ele faz e bem feito.

O BOPE, como todos já devem saber,é uma organização real que já era muito conhecida pela polícia de todo o país tendo até renome internacional ( o BOPE figura como uma das forças policiais mais poderosas do mundo, juntamente com a SWAT e a Scotland Yard). Mas, foi com o lançamento do filme Tropa de Elite que o pelotão ganhou conhecimento e reconhecimento da população brasileira em geral.

O símbolo do esquadrão ( o Faka na Kavera) que antes impunha respeito e terror, se tornou uma marca na mente de toda uma geração.
 Junto com a "marca" BOPE, está a figura ilustre do Capitão Nascimento. Simplesmente imbatível, "fodástico" é a melhor definição para ele. Sua atitude agressiva, parruda, incorruptível, as frases célebres, a narração envolvente e sua dedicação é o que o tornam brilhante.

Claro que o capitão Nascimento não seria nada se não fosse o talento de Wagner Moura. O ator baiano deu vida e personalidade ao personagem e, sem dúvida foi o melhor papel de sua carreira. Se compararmos, hipoteticamente, o personagem Capitão Nascimento foi para Vagner Moura o mesmo que Exterminador do Futuro foi para Arnold Schazneguer: uma marca memorável.

 Eu poderia usar este artigo para fazer um resumo do filmr mas não o farei. Todo mundo que leristo certamente viu o filme e irá ver a continuação lançada este ano(se já não viu), então não vejo a necessidade de me estender em uma sinopse. Em vez disso farei apenas um mini resumo comparativo entre os dois filmes e depois uma pequena análise pessoal da obra como um todo.

Tropa de Elite - o primeiro filme foca em mostrar( no ano de 1997) o que é o BOPE, seus critérios de admissão, o treinamento e o combate aos perigosos traficantes de uma favela no RJ quando o papa faria uma visita ao país.
Tropa de Elite 2 - tem um foco extremamente político, mostrando a corrupção de policiais e o jogo de interesses escusos daqueles que exercem o poder em benefício próprio.

Ambos filmes possuem grandes diferenças entre si mas para nosso alívio mantem a mesma atmosfera realista. Do primeiro ao segundo filme, Capitão Nascimento está mais "leve" e a violência do BOPE foi abrandada na segunda parte. Enquanto o primeiro filme dedica-se a mostrar o combate nas favelas, o segundo foca no jogode poder de políticos e milícias de PMs.


Tropa de Elite foi uma das maiores e mais surpreendentes bilheterias do cinema nacional, mesmo tendo sido alvo da pirataria (caso que repecurtiu no país inteiro: cópias do filme estavam á venda nos camelôs muito antes do filme ser mencionado). Assim como o premiado Cidade de Deus, o filme superou expectativas, ganhou destaque interncaional e sónão concorreu ao Oscar por ter sido considerado "violento demais".

Porém, diferente de Cidade de Deus que foca no cotidiano das grandes favelas e na romantização do bandido (ou no caso, do traficante), Tropa de Elite retrata o lado daqueles policiais honestos que combatem o tráfico na linha de fogo.

 Antes da chegada de Tropa de Elite, a sociedade brasileira parecia estar cada vez mais inclinada em defender os criminosos e a marginalidade, julgando precipitadamente as atitudes policiais não apenas  pelos erros cometidos mas principalmente pela mídia. Sejam em filmes, livros e programas focados em "direitos humanos", aqueles que atacavam criminosos eram mais acusados e criticados do que os próprios criminosos. E essa opinião defendida por um aglomerado de intelectuais ignorantes metidos a humanistas e universitários maconheiros, parecia ganhar cada vez mais força diante da vergonhosa posição de inúmeros policiais corruptos.

Tropa de Elite, direta e indiretamente ajudou a revisar muitos conceitos. O bandido não é romantizado e o policial é mostrado por todos os ângulos, lembrando que há sim, muitos policiais criminosos mas há também muitos policiais honestos.
Como o agente André Matias(interpretado por André Ramiro) diz no filme: " a polícia arrisca a própria vida para proteger as pessoas - até aquelas que defendem os criminosos - que se pudessem as matariam sem pestanejar."

Independente da violência gratuita e explícita contidas na produção (presentes tanto no árduo treinamento dos soldados do BOPE quanto ás táticas de combate contra os traficantes), o sucesso do filme perante o público foi mais do que passagens célebres. A aceitação positiva eo sucesso da ação do BOPE foi o reflexo de uma sociedade farta da impunidade de criminosos e glorificação do tráfico.

Durante a exibição do filme, grande parte dos espectadores vibra quando o capitão Nascimento e CIA dão aos criminosos(de toda a espécie) o que eles realmente merecem. Vai tudo pro saco.

E agora, quando na tela o BOPE entra em ação, não há receio do público: há vibração. E a narração de Vagner Moura nos faz pensar, ver o lado que precisa ter o direito de ser visto. É fácil proteger o bandido e condenar a polícia porque ela faz parte do governo corrupto de nosso país. Mas o tráfico e a polícia são lados opostos de uma guerra. E todos sabemos que uma guerra sempre possui duas versões.

Tanto o primeiro quanto o segundo filme são realistas e reflexivos. Histórias de ficção que são extremamente parecidas e, em quase todos os casos, totalmente condizentes com a realidade de nosso país.


~*~

39 comentários:

Anônimo disse...

Rubi disse...
Aproveitei que você mencionou o Wagner Moura no meu blog, e resolvi dar uma olhada neste post. Acredita que eu nunca assisti esse filme? Não faz muito meu gênero, maaas convenhamos, o Wagner é um excelente ator. O bom do filme, é essa realidade, que como você disse na última parte, passa como história fictícia, mas nós, mais do que ninguém sabemos que o que acontece é igual, ou quem sabe, pior.

Quanto aos filmes, agora que você disse que já assistiu o Jeca Tatu, assista Tapete Vermelho, é um filme muito divertido, claro que algumas passagens são tristes, mas isso deixa-o ainda melhor! Confissões de Adolescente ... eu sempre assistia antes de ir à escola hahaha. Fazia tudo correndo só pra pegar do começo; uma pena que só passava de sexta feira.

E inclusive, eu tenho um post pronto sobre a série (em breve postarei) quanto a X-Tudo hahaha CLÁSSICO!

Muitas pessoas comentam sobre o nazismo,e na época dos grandes filmes isso era um problemão. Hoje, enquanto publicava mais um texto,decidi de última hora falar sobre um ator ... e, vou ser sincera, nunca havia lido algo tão triste. (entre músicos, atores, atrizes ou diretores) Caso se interesse dê uma olhada no último post (primeiro ator).

Até mais!

Mari disse...

Assistir esse filme, sinceramente não curtir muito não...
http://marifriend.blogspot.com/

Tsu disse...

Tsu disse...
Oi Rubi!
Caramba, eu pensei em repostar aquele artigo do Tropa e voc~e o encontrou antes rs. BNossa, mesmo o filme sendo atual eu recomendo que veja. Sei que se tornou super pop e coisa e tal mas é realmente um filme bacana especialmente nas piadas de humor negro (bom, eu considero humor negro).
Uma coisa que gostei muito no Tropa foi que pela primeira vez (depois de Cidade de Deus e variantes0 fizeram um filme em que não romantiza o criminoso. Depois do filme e com a repercurssão grande parcela do público ficou do lado da polícia. Lembro que quando fui no cinema ver o 2 as pessoas da platéia vibravam quando os bandidos eram pegos.
Poxa fico no aguardo do post sobre Confissões de Adolescente..fex o passado de muita gente...os clássicos da cultura são incomparáveis..eu fiz um artigo sobre Animais do Bosque dos Vinténs que era minha paixão.

Agora sobre esse seu post..tem razão, gostei muito de saber sobre a vida desses atores, judeus que se registraram no cinema alemão durante o período nazista...bom, pelo menos todos conm excessã odo primeiro conseguiram viver para presenciar a queda do império hitlerista.

Oi Mari!
Ah eu até que curti..pelo menos nesse filme o bandido não foi romantizado e colocado como herói ou vítima das circunstâncias.

Andre Mansim disse...

Grande postagem, vc esmiuçou os Tropa de Elite muito bem esmiuçado! Parabens!

Cissa Romeu disse...

Tsu (Pri)!
Incrível como você é boa de sinopse de cinema, daria uma bela cronista nessa área, heim? Concordo com tua apresentação e diria que do jeito que você escreveu, até quem nem se interessaria pela temática dos filmes, ficaria no mínimo curioso!!!
Muito bom mesmo!!!

Tsu, te espero lá na promoção do Humoremconto! (se quiser, claro)!
Beijinhos e ótimos dias próximos!!!

Paulo Cheng disse...

Oi Tsu (Pri).

Ótima escolha, vi os doi filmes na telona. Tenho o dvd original do primeiro, falta o segundo e comprei o livro, cara, o livro é muito legal, li num fôlego só em 3 dias, é muito instigante, acho que até mais que o filme. Mas a realidade é que o cinema brasileiro melhorou horrores, e, infelizmente, o ingrediente que faz bombar os filmes brasileiros ainda é a violência.

Tô um pouco sumido sim Tsu, mas é que, quando acabei a facul, engatei meus estudos pra concurso novamente, mesmo já sendo concursado, quero outro cargo pra poder me aposentar nele, por isso é que estou comentando pouco, mas não vou abandonar o blog de jeito nenhum, vou continuar postando e comentando nos blogs parceiros e amigos, como o teu, lógico, mas aquelas divulgações que fazia antes, que leva um tempo brutal, não vai mais ser possível.

Abração pra ti.

♡ Jane dos Anjos ☆ disse...

Uau... Eu adoroooo esse filme, assisti os dois e simplesmente vibrei do inicio ao fim com o filme, nunca fui dessa de direitos humanos pra bandido covarde que expulsa moradores honestos das favelas para fazerem de suas casas boca de fumo e penso como o BOPE bandido bom é bandido morto, vale a pena assistir e re-assistir é um filme de grande impacto e que vale ser lembrado sempre... amei o post!! =D Bjs

Narnian Queen disse...

Oi, Tsu!

Olha, confesso que eu também não assisti a nenhum dos dois "Tropa de Elite" (também não fazem o meu gênero), mas o seu artigo me deixou interessada! rs Vou tentar assistir qualquer hora dessas.

Sobre o Ben, concordo com você! Algumas das minhas amigas que eu conheci no site Ben Barnes Fan tiveram a oportunidade de conversar/tirar fotos com ele quando ele estava fazendo a peça "Birdsong", e todas elas disseram que ele é extremamente gentil, simpático, humilde e atencioso, sempre dando atenção a todas as fãs que iam procurá-lo antes ou depois da peça. E se tivessem poucas, ele ficava todo o tempo livre dele conversando com elas, sem aquela atitude "pronto, já dei seu autógrafo, agora tchau". Adoro ler as histórias que elas contam, e eu também gostaria muito de ter a chance de conhecê-lo pessoalmente. Eu também espero que ele continue sempre assim e que a fama não mude em nada a pessoa fofa que ele é. :)

Beijos!

www.mybritishdelight.com

HONORATO,Sandro. disse...

Tsu :)
Eu vi os dois né...e acho que o filme foi um sucesso muito por causa dessas parada que o povo parece que gosta de uma violencia pqp! kkkkkk

Semana que vem vou fazer o post do evento...tem que ser uma coisa bem trabalhada kkkkk
Queria ver mais colegiais kkkkkk

Beijos e tudo de bom

Daniel Alves disse...

Caveira. Esse foi uns dos melhores filmes nacional que assisti, lembro que em fevereiro estava na trsite frança em bordeaux e todos lá comentavam sobre esse filme, o sucesso dele fora do Brasil foi enorme.

HONORATO,Sandro. disse...

Tsu :)
Tava vendo Tv....tão lançando agora..tipo um Gibi/Hq do Wolverine..Wolverine no ar acho que é nome.
É depois que a Jean morreu..
20 conto é o preço ^^

Jes disse...

Um filme que até hoje nunca pensei em assistir justamente pela violência, já q eu não gosto de violência eu não fico vendo filmes deste tipo, mas pelo que eu ouvi falar de pessoa q assistiram, é um filme muito bom, msm q mesmo assim eu não pretendo assistir


Bjss

Sabor Baunilha disse...

Olá!

Eu gosto muito desse filme, dos dois, embora prefira o primeiro. Não tenho problemas quanto assistir violência, já assisti a filmes/animes bem mais violentos que esse filme. Acho muito interessante a forma como José Padilha aborda a questão do esquadrão especial da PM (BOPE).

Quem mora aqui no Rio, sabe como é insuportável ver esses traficantes tomando conta de tudo, eles fazem atrocidades com suas vítimas (vide Tim Lopes). Acho mesmo que bandido bom é bandido morto, não acho que as pessoas mudem, entende? E uma pessoa que goste de matar, degolar, "queimar no pneu" alguém... não vai mudar tão cedo.

Mas gosto também do teor ácido desse filme, dos questionamentos sobre a corrupção, do sistema podre da polícia militar no RJ.

Engraçado que o mesmo diretor de Tropa de Elite, fez um documentário muito bom chamado "Ônibus 174" (não é o filme "Última Parada 174", não. Esse é ficcional).
O filme tem uma visão diferente do Sandro, quase o humaniza. É interessante ver um mesmo diretor tratar de assuntos iguais com pontos de vista diferentes.

Belíssima resenha!!!!!

Beijos,

www.sabordebaunilha.blogspot.com

Manfio disse...

Está certo então, o que peguei é o que tem o Sean Bean como protagonista mesmo. Inclusive, foi nostálgico o ver mais uma vez no papel de um cavaleiro, apesar de eu nunca ter gostado muito do Boromir rsrs.

O filme é um pouco mais melancólico do que pensei rs. No começo não empolgou muito, mas aos poucos foi ficando envolvente, é´diferente da maioria dos filmes medievais e tudo mais, e isto o tornou bastante atrativo. Coração Valente é magnifico, simplesmente um dos melhores que vi no estilo.

Ainda não assisti nenhum Tropa de Elite, e nunca tive curiosidade de ver... Devo ser o único, estou saturado de violência gratuita rsrs.

Tsu disse...

Manfio! o/
Ah sim quando vi o filme com o Sean Bean novamente se portando como cavaleiro medieval me veio á tona um flash-back...eu não sou muito fã do Boromir também..mas minha mãe gamou no personagem quando o viu(na verdade gamou no ator =p) e ficou revoltada quando ele morreu rs. Eu entendo o que ela sentiu..também me revoltei com o Mello quando ele morre em Death Note.
É, no comçeo eu pensei que o filme Morte Negra seria mediano e semsal..até porque no meu piratão a classificação estava Livre. Ai comecei a ver...e falei "caramba! O cara errou esse filme é sombrio e violento demais...tem que ser acima de 14 anos kkk). Mas é mesmo legal o rumo inesperado que o filme toma e o desfecho surpreendente e perturbador. Vou rever mais uma vez para fazer um artigo sobre.
Agora, Coração Valente dispensa comentários. Mereceu todos os Oscars que levou...vc acaso assistiu o Cruzada?

Ah veja Tropa de Elite sim..crei oque irá achar interessante! O sucesso do filne é justificado!
bjs

Oi Sabor Baunilha!
Bom, eu fiquei em dúvida quanto aos 2 Tropas de Elite mais gostei..o primeiro tem tudo aquilo de ser inovador e mais violento...o segundo foca mais na realidade da política brasileira...acho que os dois estão no mesmo nível por razões diferentes.
E sim, eu mesmo já vi filmes e animes mais violentos. A questão é que Tropa é uma violência física...as outras obras são uma violência psicológica. E acho a violência psicológica mais forte do que a explícita. Até hoje o filme que mais me perturbou foi 2001 Uma Odisséia no Espaço..não há cenas de violência lá mas ele questiona algo aterrorizante: o sentido da vida, existência de Deus, inteigência artificial, razão de ser...e muitas outras coisas.. o filme é tão confuso e intrigante que mal consegui dormir depois de ver. ]
Eu admiro muito o trabalho do José Padilha..sou de SP mas mesmo assimp osso imaginar como é a situação aí no RJ...aqi em SP está deveras violento também...em vez do BOPE, temos a ROTA que faz um bom trabalho dentro do permitido. O problema é que essa violência e valorização do bandido, com impunidade e direitos humanos apenas para que mnão merece só iria mudar com uma radicalização severa na lei...por isso sou á favor da pena de morte. Tem pessoas que jamais deixarão de ser quem são..se elas escolhem o mal, serão o mal sempre.

Já ouvi falar sobre esse documentário mas nunca o vi...agora com sua dica vou procurar me informar...porém não aprecio que se mostre o lado dos criminosos da estirpe brasileira...eles não são psicopatas ou coisas do gênero...fazem o mal porque gostam e querem fazer...acham isso "cool".E para serem "cool" desgraçam a vida de muitas pessoas.

bjs

Oi Jes!
Bom, você não querer assistir é um direito seu. Até porque vivemos em um mundo tão violento hoje em dia não é mesmo? E Tropa de Eite mostra isso de forma bem real e crua. Entretanto em cenas violentas, certos momentos contém um toque de humor negro. Pode parecer bizarro mas em cenas que o BOPE usa da violência sobre os bandidos eu tive ataque de riso. 0_0 O que gostei no filme foi justamente o fato de não romantizar o bandido, o colocando como vítima das circunstâncias.

bjs

Oi Daniel!
Caramba, você esteve na França? Meu sonho é ir para lá! *.*
Sim, o Tropa repercutiu muito fora do país...chegou até a ser cotado ao Oscar como melhor filme estrnageiro mas não entrou na lista...o comitê considerou "violento" demais...o que acha errôneo...tem muitos filmes mais violentos que passam...
bjs

Tsu disse...

Sandro o/
Olha eu acho que nem foi tanto a violência explícita em Tropa de Elite que atraiu a atenção do público..claro que isso ajudou muito porém...o roteiro e a forma realista como a obra é tratada além do toque de humor negro e o que valorizam a produção de verdade. E, no cinema quando assisti ao segundo filme, o p´blico realmente vibrava quando o Bope pegava os criminosos de jeito. Ou seja, Tropa de Elite ajudou a acabar com a romantização do bandido no cinema brasileiro.

Um gibi novo do Wolverine? Bom, que eu saiba ele tem uma HQ quase própria...
bjs e bom resto de semana!

Oi NarniaQueen!
Bom, quando puder dê uma olhada no Tropa de Elite. É um filme muito comentado não apenas pelo público mas pela crítica..assim acho que é válido ver.
Nossa! Memso que você tem amigas que conheceram o Ben? Ai, li o que escreveu e fiquei com tanta vontade de estar no lugar delas! Seu blog deve fazer sucesso com o pessoal dos EUA e Europa não é?
Ai, o Ben está subindo cada vez mais no meu conceito!!!
Sério, esse fato de humildade e atenção para com os fãs é um verdadeiro primor, algo que ele nunca deve abandonar pois é o seu diferencial.
Quem sabe um dia não consigamos ver o Ben pessoalmente e conversar com ele? Até lá terei meu inglês fluente e poderei falar de cinema com ele *.*. E claro, dizer que ele serviu de base para que eu criasse um personagem da minha história original. Acho que o Ben acharia interessante.
bjs

Jane o/
Ah eu fiquei extasiada com o Tropa de Elite. Anters eu tinha preconceito contra o cinema brazuca e filmes romantizado os traficantes das favelas...mas Trpa de Elite me fez vibrar! Adorei do começo ao fim porque além da história possui momentos de humor negro simplesmente feonmanais...e Vagner Moura narrando é impagável. E tais frases são memoráveis...Bota na Conta do Papa, Isso vai dar merda, porra... ; Traz o saco!; e etc.
bjs!

Oi Chengão!!!
Fico feliz em saber que vc taqmbém curte Tropa de Elite..eu tenho os filmes piratão em dvd (olha eu tendo piratão de um filme sobre a polícia kkkk). Eu já vi esse livro Elite da Tropa mas não o li...então é bom mesmo? Fiquei interessada...mas a trama segtue bem o filme não é? Basicamente seria o roteiro que deu origem ao filme 1, certo? Ou tem muitas diferenças?

Realmente o cinema brasileiro tem melhorado e muio de uns tempos pra cá. Tudo bem que os melhores filmes são focados na violência do crime organizado ee favelas brasileiras, mas há excessões...tipo, Assalto ao Banco Central(se bem que esse tem bandido...) e Olga (um filme excelente!). Mas vemos uma grande evolução e espero que o Brasil continue assim, investindo em roteiros de qualidade.
Hum, entendo...esse corre-corre da nossa vida é comlicado..nossa vc é concursado já? Parabéns! Em que área você está trabalhando? E para qual área quer ir?
Bom, eu por causa do trampo vou atualizar duas vezes no máximo o blog por semana...isso conforme eu vou conseguindo levar...incrivelmente tenho o blog como uma de minhas prioridades pois sonho que um dia ele poderá dar retorno mais, digamos "capitalista'. Porque emocionalmente ele já me ajuda muito!
bjs

Tsu disse...

Cissa o/
Sorry, eu deveria ter entrado no seu blog ontem mas minha net não quis colaborar de jeito nenhum.,..mas agora está ok! E já estou participando dessa promoção! Até ia aproveitar parap erguntar e se vocÇe quiser me responder...como funciona esse lance de criar promoções no blog? É algo legal que dá retorno?
Bom, fora isso respondendo ao comment que vc deixou no meu blog...sério que você acha que eu daria uma boa cronista? Fico lisonjeada! Na verdade muitas crônicas que vejo sobre filmes quase sempre deixam a desejar...eu acho que os críticos deveriam assistir melhor e mais de uma vez determinados filmes..principalmente os cronistas da Veja que ás vezes criticam boas obras.
Seria um sonho se eu pudesse trabalhar nessa área! Ia me realizar falando de filmes! \o/
Quando gosto de um filme procuro explorá-lo de uma forma a despertar o interesse das pessoas em ver..porque se eu gostei, certamente haverá pessoas que gostarão e talcvez para terem conhecimento só precisem de uma informação interessante.
bjs

Oi André!
Cara, vc não respondeu ao meu comentário referente ao site onde voc~e postou sua crônica...é simples pra cadastrar, a divulgação é boa? Fiquei interessada.
bjs

Daniel Alves disse...

Boa noite querida. Na verdade eu fiquei na França por 4 meses, não foi uma viagem de turismo, hehe.

Obrigado por pela sua atenção, sobre o blog resolvi colocar alguns pensamentos que tenho no dia dia em prática. Tenho uma mente um pouco fora do normal, e crio e imagino muitas coisas malukas.

Não sou muito bom na escrita, acho que esse foi um bom motivo para não ter começado a escrever/postar antes, mais como tudo tem seu tempo, vou estar sempre me esforçando para não acabar com o português de vez, alias um blog com uma escrita ruim não é blog. Qualquer dica ou critica que você der, eu agradeço muito.

Bonne nuit, cher et combattu...

Paulo Cheng disse...

Oi Tsu, respondendo sua pergunta, sou concursado de uma empresa de saneamento aqui do Estado, trabalho em regime de turno de revezamento, 24x48, trabalho um dia inteiro de 24 horas, e folgo dois dias, mas ai estou estudando para ver se consigo entrar em um concurso federal ou em um Tribunal de Justica,ou outro Tribunal, ou até mesmo na Polícia Civil aqui, mas estou na ralação. Não vou deixar de lado o blog, pois me realiza emocionalmente e me aprimora como escritor.

Abração pra tu.

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Tsu eu tbm era como vc, não gostava muito dos filmes nacionais, a não ser os filmes de Mazarope, são super bons, agora Tropa de Elite me fez ver que aundo brasileiro quer pode fazer bons filmes e de qualidade... Bjs

Jaime Guimarães disse...

Oi, Tsu! Tudo bem?

Primeiro deixe-me agradecer pela visita ao meu humilde e tosco blog e, claro, o gentil comentário! Obrigado mesmo! :)

Bom: "Todo mundo que ler isto certamente viu o filme...". Prazer, Tsu, aqui está um ET, um exilado de Plutão que não assistiu ao filme! rsrs Sério, nem a parte 1 e tampouco a continuação! Acredite se quiser. ( e o motivo não é nem por conta da chamada "violência gratuita", é que minha relação com o cinema não é assim, digamos, tão próxima rsrs)

Mas nem precisei assistir, afinal meus alunos falavam o tempo da obra e os bordões do Capitão Nascimento eram repetidos ad nauseam nos corredores, na sala de aula, no pátio, em qualquer lugar. Eles mesmos me contaram quase tudo o que acontece no filme rsrs

Confesso que já tive curiosidade em assistir a parte II principalmente por conta deste aspecto político que você citou. Na minha opinião parte considerável da impunidade neste país é ocorre graças ao que ocorre nos "bastidores do poder". Quantas disparidades não vemos todos os dias via imprensa? Hoje mesmo, em Salvador, um comentarista em emissora de rádio local lembrou de um acidente de trânsito que aconteceu há 01 ano: um juiz do tribunal de justiça fez uma conversão proibida ( a famosa "roubadinha" - chega a ser irônico um representante da justiça efetuando manobra com este nome!) com seu veículo e acabou atingindo um motoqueiro, que veio a falecer. O que aconteceu com este juiz? Nada. Está em liberdade. E mais: o juiz estava com documentação do carro vencida e dívidas de IPVA.

Agora, me diga: que moral um cidadão destes possui para avaliar processos e falar em justiça? ( ele é também professor de direito em uma faculdade da capital baiana) Então a coisa toda começa por aí, sempre há um "jeitinho" para quem está no poder "safar" com alguma tranquilidade. É simplista, eu sei, mas a pergunta não cala: e se um cidadão comum, o famoso Zé Ninguém, fizesse uma conversão proibida, matasse uma pessoa e estivesse com a documentação do veículo irregular e com débitos? Já sabemos o que aconteceria...

Essas brechas que favorecem interpretações diversas nas leis, essa desigualdade de tratamento, os jogos políticos que estão envolvidos...tudo isso pra mim é tão criminoso quanto um traficante promovendo o terror na favela.

Bom, deixa eu parar por aqui porque já está muito longo este comentário, acabei "viajando" nessas proposições todas...rs

Beijo :)

E estou seguindo, voltarei mais vezes sim! ( mesmo que eu demore um bocadinho, ô vida corrida rs)

Luciana Pink disse...

oi Tsu


td bem?espero que sim

acredita que não vi o filme até hj? :( rs

escrevendo p contar que mencionei o seu blog num post

bjs

http://estilorosa.blogspot.com/2011/09/dia-do-blog.html

Cissa Romeu disse...

Tsu (Pri)!
não entendi a tua pergunta sobre promição lá no blog!
Amigona tô bem pateta ultimamente!
rsrsrs
Beijosss

William disse...

Olá Tsu,
Bandido bom é bandido morto!
É uma frase perfeita, doam aos defensores dos direitos humanos.
E completo: Bandidos precisam ser enterrados em pé para não ocuparem espaço.

Tropa de Elite é um grande filme, bastante realista. Não gostei muito do segundo, mas o primeiro definitivamente é um dos grandes filmes brasileiros em todos os tempos.

Bom final de semana.

Paulo Cesar PC disse...

Tsu, parabéns pelo post. Eu vi o filme. Achei de excelente produção, com sequências bem ordenadas e uma narrativa de fácil compreensão. O Wagner Moura esteve perfeito no papel. O cinema brasileiro melhorou muito nas suas produções. Um beijo no seu coração.

Eduardo disse...

Olá Tsu!
Sinceramente, eu não gosto muito desse filme.
Apesar de mostrar um lado real do Brasil, infelizmente só faz reforçar a idéia do pessoal lá de fora que aqui vivemos em uma guerra interna :/
bjs

Srª หคтнყ disse...

Além do filme ter um contexto realístico. Tem um ÓTIMO ator.
Sinceramente, acho que esse filme, mostrou o grande avanço do cinema Brasileiro, antes os nossos filmes se resumiam e sexo e tais.
Hoje não.

Pra quem não assisti, assista! :D
Beijos'
http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

Cissa Romeu disse...

Tsu,
te respondendo sobre a promoção lá no Humoremconto, no meu caso esta e todas promoções que eu possa vir a fazer, é apenas com intuito de interação do pessoal, divulgação do meu trabalho, que as pessoas se sintam participantes do Humoremconto, apenas isso!
Beijinhos e ótimo fim de semana!

Tsu disse...

Oi Nathy!
Ah sim...Vagner Moura é um ator sem igual. Ele consegue fazer diversos personagens. Capitão Nascimento irá marcá-lo, mas com o novo filme lá do tempo ele mostrou um lado bem diferente. Sem falar que fora dos personagens ele é uma pessoa calma, gentil....incrível.
Sim..antigamente o Brasil era famoso por sua pornanchanchada, depois por romantizar o tráfico mas agora está mostrando que pode fazer excelentes filmes.
bjs

Oi Edu!
Bom, o Tropa mostra uma realidade extremista..mas a visão do Brasil pelos demais países sempre se resumiu em futebol - favela - mulher fácil - carnaval. É uma triste verdade. Pelo menos agora com vários filmes nacionais bons está mostrando uma qualidade em termos de roteiro e atuação.
bjs

Oi PC!
Ah fico feliz em saber que compartilhamos a mesma opinião sobre o Tropa! E sim, o cinema brasileiro começou a mostrar enorme qualidade desde o Olga.
bjs e excelente domingo pra ti!

Oi William! =D
Ah eu sou fã da frase Bandido bom é bandido morto! Sou á favor de uma repaginada total nas leis brasileiras..por essas leis serem tão brandas é que somos cercados por uma violência absurda e sem sentido...violência tal que nem os grandes roteristas e escritores são capazes de imaginar. Eu gostei de ambos filmes..claro que o primeiro é aquele lance inovador de mostrar a polícia como alguém que luta por justiça..o segundo já mostra que na polícia á corrupção e os políticos se aproveitam de tudo..tanto é que Tropa 2 foi impedido de estrear até as eleições passarem.
Bom domingo!
bjs


Cissa o/
Amiga, não se preocupe! As vezes eu também fico super avoada!
Bom o que eu perguntei é que você lançando esse tipo de promoção no seu blog como fez da caixa tem algum tipo de retorno monetário, tipo o que acontece com o pessoal que faz sorteio de livros e coisa e tal. Tem algo á ver ou é apenas uma brincadeira e divulgação?

bjs

Olá Luciana!
Eu recomendo que veja Tropa de Elite sim..mas prepare-se porque é violento!
Vc mencionou meu blog? Estou indo lá ver!
bjs

Tsu disse...

Oi Jaime!
Primeiramente. quero agradecer por responder ao meu comentário no seu blog e vir até aqui no meu! É uma honra ter um professor como blogueiro para trocar idéias!
HASHASH se você ler os comentários anteriores sobre o filme, verá que não é ´único ET que não viu o filme. Algumas pessoas não o veem por diversos motivos. Mas como vc mesmo disse, o filme tornou-se tão pop que queira ou não você conhece o conteúdo, a história e claro, os jargões! Eu simplesmente adoro os jargões. Aliás, o que muito me atrai em Tropa é o senso de humor negro nos filmes...é impossível não rir de certas cenas ou diálogos.
Sério que você não curte cinema? Por que?
Sabe, esse caso que me contou sobre o juíz é algo bem comum no Brasil e eu nem fico surpresa. Nosso país vive na impunidade, é algo tão comum que parece ser impossível que um dia há de mudar. Seja corrupção de políticos ou traficantes, aqui é Quem tem dinheiro, tem poder. É a triste verdade. Claro que tem um ou outro caso que a justiça prevalece, como o da menina Isabella. Mas isso foi graças á mídia que fez o maior alarde e porque a vítima era uma criança...caso contrário o Nardoni, com um pai tão poderoso, estaria livre. O mesmo não podemos dizer do assassino do caso Mércia aqui em SP. O ex namorado que a matou jogando seu carro no rio, está foragido e impune porque ele é advogado e amigo de muitos políticos da cidade em que vive.
Não se preocupe em escrever demais...adoro receber comentários grandes!
bjs e vamos trocando idéias!


Oi Jane ^^
É eu era bem preconceituosa com o cinema brazuca mas Tropa de Elite me fez rever conceitos. E graças á ele descobri o excelente filme nacional OLGA(recomendo! Vc irá gostar!) e o Assalto ao Banco Central.
bjs

Ae Chengão!
Cara, fiquei surpresa com o seu ritmo de trabalho...que canseira! Trabalhar 24 horas direto é uma loucura @_@. E caramba...você tem idéias ousadas para seu futuro profissional! Entretanto, sei que você é uma pessoa esforçada e capaz, alcançará seus objetivos, se é isso o que você realmente gosta e quer.
Sabe, eu não sei como seria meu ritmo de vida sem o blog..certamente ficaria bem mal...não consigo me imaginar sem o blog! E por gostar tanto de blogs e conhecer tanta gente legal, que smepre incentivo as pessoas a manterem seus blogs!
bjs e bom domingão!

Oi Daniel!
Nossa, 4 meses na França? *+* Que sonho! E você conheceu o Louvre, a Catedral de Notre Dame, o palácio de Versalhes? Tenho um sonho anormal de ir conhecer esses lugares. Aliás, sonho em conhecer muitos países da Europa como Londres, Alemanha (em prol do evento Wave Gottik Treffen), Holanda, Itália, Espanha...um dia hei de conseguir!
Mas a França..eu tenho um carinho especial porque ali é o berço da arte! \o/
Eu sempre gostei de escrever, é uma paixão que tenho..todos os artigos do blog sou eu mesma quem faço. Mas o que li em seu blog, eu gostei...e vou continuar acompanhando..a melhor forma de aprimorarmos nossa escrita é ler e praticar!
Espero que possamos trocar idéias á partir de agora! E vou pedir muitas informações da França para vc!
bjs

Sora-Chan disse...

É eu compreendo eu costumo saltar romances, pela a razão mais estupida do mundo até xD mas tipo o Diário de Bridget Jones 1 e 2 são extremamente cómicos, é um bom filme para ver e passar um bom bocado. Já viste as biografias das personagens de Air Tv? Como disseste que estavas interessada, fiquei curiosa para saber se o teu interessa tenha evoluido com a biografia >.<

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Já assisti OLGA e me emocionei muitoooo... ASSALTO AO BANCO CENTRAL ainda não vi, mais pretendo e MONSTER estou baixando e assistindo, se não meu PC vai ficar muitooo cheio... rsrsrsrsrs... Tô adorandoooooo... apesar de ter assistido 4 episodios até agora eu já baixei 11 episodios... e até agora foi o melhor anime que já assisti... este vou assistir até o final, então não me conte... Rsrsrsrsrs... Bjs e boa semana pra vc!!

Paulo Cheng disse...

Pri, reitero, compre o livro do Tropa de Elite, eu comprei aqui em Recife num evento de livro, custou somente 10 reais, acho que deve ser barato por ai.

Realmente Tsu, estudar pra concurso é muito desgastante, é pior do que faculdade, fora que a concorrência é mais brutal do que vestibular. Mas tô estudando, e o tempo vai embora, mas como vc disse, amo meu blog e não vou abandoná-lo, amo escrever e é uma terapia maravilhosa.

Abraço pra tu.

Kamila B. disse...

Oi Tsu!!

Siim siiim.. vc viu tudinho com exclusividade *---*
Ah, mal posso esperar para ir em um evento ai, nem precisa ser um grandão assim.. rsrs A gente vai tirar muitas muitas muitas fotos xD

Bem, acho q vou ver o filme, mas vou ficar com uma almofadinha pra não ver as cenas meio fortes assim, eu sou meio fresca com essas coisas como já te falei aushaushau.

O pessoal do evento q eu fui tinha mal gosto, ninguém tirou foto comigo com meu cosplay asuhasuh, E já estou até vendo uma lente vermelha pra eu ser cosplay mesmo da Celas, me empolguei!! Ah, eu achei uma q dá pra usar meu tipo de cabelo tbm, eu tava vendo o anime esses dias e pensei "puts, meu cabelo é tipo o dela" que é a Sailor Jupter, e detalhe, é a minha favorita ^^ (pelo menos era na minha infãncia, mas nem lembro)
Ah.. agora são tantas possibilidades em ser cosplay *---* aushauhsuhs E tava pensando no da vampira, já vi até umas perucas rsrs

A gente vai arrazar no evento.. haha'

Hoje eu postei poesia, mas no próximo vou postar meu primeiro artigo, ai quero ver se vc aprova ^^ Ah, estou pensando num enredo pra minha segunda fanfic, pq a primeira já é a nossa.. rsrs

Beijõos ;*
http://suinguken.blogspot.com/

HONORATO,Sandro. disse...

Tsu :)
Concordo que o filme ajudou a acabar com a romantização do bandido no cinema brasileiro ^^
Mas sempre tive preconceito com filme BR porque é violencia e sexo hahaha

Beijos e uma excelente semana

Luciana Pink disse...

oi

retribuindo a visita :)

pois é eu fiquei protelando p assistir justamente por ser um filme violento,rs

qto a indicação,que bom que gostou.adoro seu blog pq tem conteúdo bastante original e vc foi uma das primeiras a visitar meu bloguito,rs

bom domingo p vc

estilorosa.blogspot.com

Tsu disse...

Oi Luciana!
Obrigada por ter dito que acha meu blog original..eu procuro me esforçar ao máximo para ter coisas legais no blog, atraindo não apenasd a atenção do público, mas fazendo o pessoal conhecer as obras, sejam animes, filmes e etc. Pode não parecer mas o blog despertou muitas pessoas que passaram a curtir cosplay =)
bjs!!!!

Sandro o/
Ah, para não esquecer..minha idéia do esquema para pedir a grana para ir no Anime Drems foi boa ou não foi? kkk como disse, vc e a Kamila racham a gasolina =p
bjs

Kamila!!!! \o/
Ah eu também estou super ansiosa para ir com você em um evento grandão de otaku aqui em SP. É aqui que tem os maiores eventos e coisas como AD e AF atraem gente de todos os estados..ou seja...imagine muita gente e uma quantidade enorme de cosplayers!!!
ahsahsahs bom, vc pode até tampar o rosto nas cenas mais violentas de Tropa de Elite porém essas são as mais legais =p....e o humor negro nas cenas violentas alivia..sério, na hora que mostra o BOPE com a tortura do saco eu rio XD. E o capitão Nascimento é um exemplo de homem!

Não se preocupe com o pessoal que não te fotografou..tenho certeza que no Anime Dreams vc posará para fotos!!! Vc encontrou uma personagem que tem o cabelo parecido com o seu? A Sailor Júpiter! Nossa, eu gosto muito dela....acho que das Sailor iniciais era minha preferida...é que a minha preferida da obra é a Saturno =) O cabelo é algo que não precisa preocupar...veja no meu caso...sempre uso peruca! \o/

O da Vampira versão X-Men Evo eu creio que é o mais fácil de fazer.confesso que até pensei em fazer uma vez, mas deixei pra lá..porque gostei da Rainha Branca rs..mas é um cosplay muito legal! Eu apoio!!!
bj

Ae Chengão!
Poxa, vou comprar esse livro sim1 Tipo, tem 2 livros que estou interessada em comprar: Ladrão de Corpos (o único que falta da minha Cronicas Vampirescas de Anne Rice) e Os Homens que Não Amavam as Mulheres. Mas o Tropa se é barato assim, comprarei!
Eu imagino que estudar pra concurso é complicado..tenho uma amiga advogada que está estudando para passar na Polícia Federal 0_0. É tenso.
Eu ainda farei um post sobre a sensação e a importância de se ter um blog...acho que todo blogueiro como nós, ou seja, de qualidade, sabe que o blog já é algo que não dá pra viver sem!
bjs

Jane o/
Ah eu fiquei surpresa com a qualidade do filme Olga..Banco Cnetral confesso que não vi...mas minha irmã assistiu e contou tão empolgada sobre o filme que fiquei super curiosa..mas não achei ninguém pra ir comigo assistir u.u
Ah estou feliz em saber que Monster está atraindo sua atenção...é um anime diferente de todos os outros, com uma abordagem e conteúdo diferente parece até um filme1 E vc já viu o Johann adulto? Um verdadeiro anjo!
Não contrarei o final..até porque ao longo da série vai ser uma surpresa atrás da outra!
bjs

Oi Sora!
Então...quando eu tiver um tempinho é que tentarei ver Brigdget Jones..tenho tantos filmes para assistir que vc nem faz idéia. Sobre os personagens de Air Tv ainda não tive tempo de ler sobre acredita? É que essa semana anda tão corrida por conta do trabalho, blog e etc...que mal sobra tempo..mas vou reservar um tempinho para ler e aí já dou a minha opinião!
bjs

Jacques disse...

Oi, Tsu, como vai?
Vi apenas o primeiro Tropa de Elite (na época em que seus bordões tornaram-se febre) e concordo que o filme ajudou a desmistificar a figura do policial truculento, excessivamente violento e sem noção.
O 2 eu não vi, mas o meu amigo Fábio Ochôa, lá do FC, chato pra caramba em matéria de filme, disse que é um dos melhores filmes que ele já viu na vida, então acredito que realmente vale a pena.
Abraço.

Tsu disse...

Oi Jacques
Sobre Tropa de Elite...bom se seu amigo que é tão crítico elogiou o filme...mais uma razão para vc
ver. Para ter uma idéia antes de Tropa eu tinha repulsa por filmes nacionais...Tropa me fez rever
os conceitos acerca do cinema brasileiro.
bjs

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...