13 de abr de 2011

Do Inferno

" Um dia, todos descobrirão que eu dei á luz ao século XX".



A chocante história sobre o primeiro serial killer documentado pelas autoridades até hoje tem o poder de causar repulsa e interesses nas pessoas.

Jack, o Estripador - como se auto nomeou e ficou conhecido - foi um asassino de prostitutas que aterrorizou Londres por volta de 1888. Seu "ritual" seguia um esquema de crueldade e frieza meticulosos, que logo fez a polícia londrina se visse de um novo tipo de assassino.

Com uma precisão e habilidades grotescas, "Jack" estripava suas vítimas. Após cortar a garganta para impedir que gritassem, ele retirava á sangue frio e com a vítima ainda viva, os intestinos , rins e útero. O serviço era feito nas escuras e desertas vielas dos distritos miseráveis do bairro de Whitechapel, onde não havia testemunhas. Quando o caso atingiu a opinião pública, Jack resolveu se manifestar, passando a enviar cartas para a polícia, contando com detalhes a maneira como dissecava e, usando de metáforas deturpadas, embora cultas, para glorificar seus atos, em alguns casos ele enivava, juntamente com as cartas, algum orgão retirado da vítima mais recente.

Por esses e diversos outros fatores, a polícia inglesa sabia que não estava diante de um assasino comum. Pela forma como ele dilacerava as vítimas, muitas hipóteses foram levantadas: dele ser um açogueiro, imigrante ou peleiro. Ou talvez um médico-cirurgião. Claro que essa última hipótese foi prontamente negada pela burguesia, que achava impossível uma pessoa culta ser capaz de tamanhas atrocidades.

Ao todo, Jack matou cerca de 6 prostituas de Whitechapel e, embora muito se especulasse sobre sua real identidade (que ia desde  acusar o vizinho até o príncipe da Inglaterra), Jack nunca foi capturado (ou pelo menos é o que foi dito oficialmente). Subitamente os assassinatos pararam e o caso foi arquivado.

A história de Jack sempre aguçou a mente de escritores e interessados em mistérios "noir". E o fato de ninguém até hoje saber quem ele era, deu passagem para muitas histórias. Mas poucas versões são mais surpreendentes e complexas do que a trama desenvolvida pelo aclamado quadrinista Alan Moore, cuja obra foi transcrita para os cinemas pelos The Hughes Brothers em meados de 1999.

DO INFERNO (From Hell) é a história de Jack - o Estripador, mais concisa e talvez verídica sobre o caso. Para escrever Do Inferno. Allan Moore levou dez anos pesquisando á fundo os arquivos históricos, capturando informações e utilizando de criatividade magistral para lançar uma história de assassinatos brutais, um serial killer poderosos eem meio á uma trama conpsiratória que envolve prostitutas, maçonaria e a família real britânica.

Ficou sem fôlego? Pois ainda não viu nada. Tendo Johnny Depp no papel do inspetor escalado para averiguar o caso, ele mergulha nas alucinações deo ópio para obter sonhos que possam lhe dar pistas importantes. No enredo temos também o grupo de prostitutas miseráveis de WhiteChapel e a alta e preconceituosa burguesia inglesa.

Á medida que os assassinatos ocorrem, Depp passa a verificar indícios do serial killer que poderão levá-lo á um segredo capaz de desmorlaizar totalmente a monarquia inlgesa. Contar mais do que isso seria entregar os chocantes mistérios do filme.

A produção é excelente, pecando apenas em alguns efeitos técnicos que poderiam ser dispensáveis. A caracterização das ruas e cadáveres transmitem uma sensação real e o preparo do ópio por Depp é minucioso. A revelação da identidade de Jack pode parecer um pouco forçada (se fosse interpretado por Anthony Hopkins não seria preciso qualquer tipo de truque cinematográfico), mas isso é o de menos enquanto aguardamos o desfecho de Depp para salvar a doce Mary Kelly.


Um ponto importante é que, ao assistir o filme certas passagens e coisas fiquem sem respostas ou incompreensíveis (a chegada das cartas de Jack á polícia sem antecedência são um bom exemplo, bem como o destino do cocheiro que o auxiliava), de modo que é altamente recomendável assistir ás cenas excluídas presentes na versão do dvd.

O final não poderia ser melhor. Tanto o destino de Depp, Jack e até do segredo obscuro que ambos estavam envolvidos revelam que o assassinato em prol da aparência da alta sociedade é justificável aos esnobes, não importa o quão brutais seus métodos possam ser.

Embora Do Inferno conclua as verdadeiras razões do sinistro Jack, a realidade se mostra diferente. Talvez o caso realmente tenha sido uma grande teoria conpsiratória e um jogo de segredos (as provas levantadas por Moore parecem incontestáveis), mas pode também ter sido algo simples. Independente do que for, a questão é que Jack - o Estripador conseguiu o que queria. Seus atos macabros atravessaram os séculos e foi ele o primeiro a receber a alcunha de serial killer.

Quem ele era e para onde foi, nunca saberemos. Talvez ele tenha desaparecido nas ruas escuras á caminho do lugar onde ele mesmo dissera nas cartas, que viera:
                                                                                     
do inferno.

~*~

20 comentários:

Daniel disse...

Oi, já está sendo seguida no Twitter e está entre os blogs favoritos do Pipoca e Nanquim.

Legal saber que curtiu o Pipoca, obrigado pela força.

Qualquer coisa, é só falar!

Beijão

Cissa Romeu disse...

Oi Tsu,
sobre o post primeiramente. Adooorei esse filme quando o assisti. A interpretação do Deep, na minha opinião, salva todas as possíveis e pequenas falhas técnicas. Realmente, a cena em que ele prepara o ópio é algo de bem dirigida a interpretada. Os cenários, a luz usada nas cenas, principalmente externas.
E o mistério verdadeiro, totalmente instigante, mais um mistério sem solução, infelizmente.

Sempre tenho visto teus comentários nos blogs de amigos, como o William, Paulinho Cheng, Dedé Mansim..., e sempre achei muito inteligente o que você escreve, por isso vim conheceer teu blog, mas deveria ter vindo antes. Gostei bastante mesmo, sinceramente. Estou te seguindo.
Te convido a conhecer o meu, é de contos de humor, se gostar, segue também.
Abração e ótimo resto de quarta!

Humoremconto
http://anaceciliaromeu.blogspot.com

Natasha Piervy disse...

Olá nós do blog Madness agradecemos sua visita e já estamos seguindo também.
Sim o nosso blog tem estado um pouco lento, é que estamos passando por algumas modificações e por isso talvez está ''lerdando'' o blog, mas estamos buscando sempre melhorias para o blog e é de grande importância que vocês os leitores continuem criticando, sugerindo e comentando. Agradecemos pelo aviso.

Eu acho que já vi esse filme na tv uma vez é bem sinistro, a atuação do Deep é sempre impecável.

Mari Sayuri disse...

Perfeita sua sinopse *o*
Eu quero assistir esse filme, apezar de ter muita agonia. Eu gosto de assistir criminal minds, mas depois fico morrendo de medo xD
Essa é uma história que atravessa gerações
Vou procurar assistir Tsu!!
Muito bom
um beijo
http://ondevaoasnuvens.blogspot.com

Vanvan disse...

Oiii, estou seguindo o blog, segue o meu também?

Gostei bastante daqui viu, bem diversificado, vou visitar sempre! Ah, amo Jonny Depp, adorei este post.

http://balaiodelivros.blogspot.com/

Ana disse...

Oi, Tsu!
Esse filme não vi ainda. Mas Jack - O Estripador tem sido referência em outros filmes do gênero (pela forma como cometia os crimes) e tbm citado constantemente por outros personagens.
Vou procurar esse filme. Fico intrigada com essas histórias.
Lembrei até de um episódio de CSI Las Vegas que acompanhei na tv durante muito tempo.

Bjs ;)

Paulo Cheng disse...

Hello Tsu, mais um filme excelente e intrigante. Já vi alguns documentários á respeito de Jack, e inclusive, na internet tem no Youtube algumas fotos das vítimas da época no necrotério, não sei se são verídicas, mas se vc procurar é bem interessante. Vou atrás desse filme para a a minha locadora particular.



Valeu pelo comentário no meu site. E nem precisava pedir, já estou te seguindo.
Abração pra ti.

Eduardo disse...

Caramba Tsu... Sempre quis ver o filme, uma vez meus primos o trouxeram para assistir na casa da minha avó, mas fui expulso do quarto por que tinha cenas fortes de acordo com ele... Isso foi ha 5 anos...

Fico imaginando: Por que me proíbiram de assistir esse filme, se eu consegui assistir Pânico da Floresta 3 sem mexer o músculo (mas cá entre nós, o filme e tão previsível que não assusta...)?

Harah Nahuz disse...

Tsu,
Obrigada pela visita,já tinha te "visto" nos blogs do william e da Aninha,e vc sempre pontuando bem nos comentários,e não poderia ser diferente no seu blog ^^
Muito boa a resenha do filme.
Já estou seguindo :)

William disse...

Olá Tsu,
Esse filme eu já assisti há algum tempo atrás, se não me engano no HBO ou Cinemax.
Eu gostei do filme. Filmes de suspense, principalmente sobre seriais killers, precisam ser fortes com histórias diretas e esse não é diferente.
Sua resenha está dentro daquilo que me lembro do filme mesmo. Quem não assitiu, deve providenciar o mais rápido possível. Até a pipoca pode estar junto...eheh
Quanto a banda Mifists, conheço muito pouco o trabalho deles. Não tenho como opinar com mais profundidade, pois só ouvi duas músicas e a princípio não gostei.
Mas vou pesquisar mais sobre a banda.
Querida, um beijão pra você e um ótimo dia.
Até mais.

Andre Mansim disse...

Puxa Tsu, eu já vi esse file e não sabia do que se tratava e não quiz pegar, agora será um dos meus programas no final de semana, hahahahaha.
Tsu, eu não tenhp banner e outro dia fui ver no google com o se faz um e não entendi nada, hahahahaha. mas eu coloquei o Empadinha lá nos blogs que indico, com fotinha e tudo, hahahahahahaha.
Vc é gente boa!!!

Andre Mansim disse...

Ah... Vc sabe quem é o Joack Estripador?
Se não sabe, assista o filme O Changô de Backer Strite, que lá fala quem é...

Manfio disse...

Legal sua sinopse, fiquei interessado em ver o filme. Gosto de filmes de suspense e tals, uma boa dica para o próximo filme que for ver.

Paulo Cheng disse...

Tsu, acabo de postar mais uma entrevista com a Barbara Nonato, acho que vc conheçe, tá bem legal. Abração pra ti.

Tsu disse...

Oi Daniel!
Ora eu acho que blogs legais como o seu devem sempre receber força para continuar!
Vamos nos falando por aqui, trocando idéias pois de certa forma abordamos assuntos semelhantes em nossos blogs.


Oi Cissa!
Primeiramente muito obrigada pelo que disse em meu blog e da maneira como esc revo, fico até envergonhada rs. Eu sempre vi você também comentando nos blogs do William, do Dedé e do Paulo mas só agora tomei coragem para lhe deixar esse recado ^^. Eu já tinha acessado seu blog e gostei muito dele...mas agora já me tornei sua seguidora e espero que possamos manter contato aqui entre nossos blogs. Aprecio muito contos de humor. Escrevo fanfics de comédia, então...como não poderia curtir contos de humor?
Eu até gostaria de saber se você toparia que fizéssemos uma Parceria entre nossos blogs, o que acha?


Olá, Natasha! (acho esse nome tão legal!)
Ah então beleza...eu também aprecio muito a atuação do Deepp..mas acho que ele se superou como Jack Sparrow e Swenney Todd.

Oi Mary!
Olha eu acho que vc deve assistir o filme DO INFERNO sim. É muito bom..não sei se necessariamente chega á dar medo mas só perturba um pouquinho. Vale á pena ver a idéia que o auor desenvolveu sobre a identidade de Jack the Ripper.


Oi VanVan!
Já estou te seguindo e curti muito o teu blog, pois é dedicado sobre Livros! Estarei visitando e comentando sempre, podemos ir trocando idéias! Gostaria até de perguntar se você toparia que fizéssemos uma parceria entre nossos blogs, que tal?

Tsu disse...

Olá Ana, tudo bom?
Sim..o caso do Jack já foi um tema presente nas mais diversas obras. ASté em anime ele está presente! Um dos animes por exemplo aborda uma teoria bem interessante sobre sua identidade. Eu acho que vocêr irá achar a história bem interessante, especialmente se curte Teoria da Conspiração.


Oi Paulo!

Olha eu creio que essas fotos que você mencionou são oficiais sim. Pela época já havia máquinas fotográficas (á base de pólvora) e o caso repercutiu muiuto na época por conta da mídia. Procure esse filme, você achará bem interessante pois tem teoria conspiratória no meio.


Oi Eduardo,beleza?

KKKK te expulsaram do quarto? Bom eu não sei necessariamente se necessitava tanto..;mas claro sou suspeita pra falar pois parece que todas cena violenta que vejo em filmes é tolerável (tirando o do filme Irreversível mas aí é outra questão). Eu acho que agora dá pra vc ver do Inferno de boa. Pãnico na Floresta eu não assisti..normalmente esses filmes me lembram as sagas intermináveis do Jason rs...Vi no blog da Cassie que vc nunca foi na Liberdade e na Galeria do Rock..quando vc vier pra SP me avise, trocmaos telefone e eu te levo para conhecer esses luigares! Mas leve um dinheiro porque certamente vai querer comprar várias coisas!

Oi Harah.
Obrigada pelo elogio! Fico até sem saber como agradecer...obrigada, eu já estou te seguindo também e estarei sempre comentando no seu blog.

Oi William!
Opa olha aí o incentivo para quem ainda não viu o filme1 Recomendadíssimo!
Também curto muito filmes com serial killers e psicopatas no geral. É engraçado que eles mesmo quando não são os personagens principais roubam a cena...Dr. Lecter é o melhor exemplo.
Então eu também não sou muito chegada aos Mifists mas respeito eles porque foram os percursores do Horror Punk. Eles farão um show de graça na madrugada da Virada Cultural..eu iria mas os meus "amigos" desstiram na última hora. Que droga.

Tsu disse...

André! \o/

Opa agora q vc sabe do que se trata, assista ofilme! Garanto que achará interessante! Olha não se preocupe o banner não é dificil de fazer se quiser eu até faço um pra vc. É só usar o Photoshop ^^. Tipo o bnanner é o "selinho" que o pessoal tem do seu blog para oso utros oclocarem nos seus blogs. Mesmo vc ainda não tendo um eu coloquei um link do seu blog no meu ^^ e muitissimo obrigada por ter cedido um espacinho do seu blog para fazer uma propagandinha minha. Como agradecimento irei fazer um banner pra vc!
Olha me interessei por esse livro..tentarei ler..mas pelo que sei a identidade de Jack não tinha sido revelada..;.descobriram então?
Vc também é super gente boa!

bjs

Oi Manfio! Olha como sempre vc coloca bandas que quase ninguém conhece mas que são muito boas. Essa divulgação que vc faz é muito [util para a descoberta de novosa sons viu?

Meu Mundo Cênico. disse...

Ainda não assisti, mas agora estou curiosíssima. Sem contar que Depp sempre é uma atração a parte.

=D

Marcos Rosa disse...

Filmes de Serial Killer me atraem muito, faz um tempinho assisti um baseado na Família Manson. Este parece ser muito bom também. E se considerarmos pela perspectiva do pioneirismo em matar pessoas cruelmente, sem motivo e pra chamar atenção, realmente jack fundou o Século XX.
Boa dica.

___
http://algunsfilmes.blogspot.com/

Tsu disse...

Oi MARCOS!
o QU?? vC VIU O SHOW DO u2? Que inveja!!! Tenho certeza que foi um espetáculo e tanto! Um colega meu foi e conseguiu autógrafo do Bono Vox. 0_0 Bom, sobre Control eu não posso dizer que Ian Curtis viveu intensamente a curta vida...na verdade ele sempre foi depressivo, como vc verá no filme. Então um dia venhas pra SP com sua esposa para conhecer melhor a cidade, tem muita coisa boa por aqui!
Opa um filme sobre a família Manson? Vc sabe qual é? podria me passar? Fiquei curiosa..gostaria de ver se tem a cena em que eles invadem a casa do diretor Roman Polanski.

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...