28 de fev de 2009

Wolverine and the X-Men - Comentário Pessoal

Foi com uma grande expectativa que aguardei para ver esta série apenas pelos simples fato de que a Rainha Branca seria uma das personagens principais. Seria a primeira vez que veríamos Emma Frost em versão animada, e ela superou em muito as expectativas. Para quem é fã dela, é um prato cheio.

A personalidade está idêntica ás hqs na fase em que ela já pertence á equipe. O relacionamento dela com Scott é superficial, afinal no desenho Jean não está morta, apenas desaparecida. Ver Genosha também foi um grande prazer, bem como a presença da Feiticeira Escarlate em sua forma original(completamente o oposto da série Evolution0 e seu relacionamento com Noturno. Será que em próximas temporadas teremos a chance de ver Noturna?

Embora o traço não seja lá grandes coisas, qa história sem dúvida foi a melhor das séries naimadas, prometendo muito para as próximas temporadas. Os produtores deram destaque demais para Wolverine. É meio estranho ver justamente ele liderando a equipe e deixando Ciclope de escanteio..ora, parece que houve reversão de papéis! É Wolverine quem dá broncas em Ciclope não o contrário. Para os fãs das hqs isso pode ser um pouco perturbador.

Os episódios que contam o passado de Logan chegam á ser cansativo para aqueles que preferem outros mutantes mas é legal ver X23 insinuando combates no futuro. E, claro, o combate de Wolverine versus...Hulck! Qualquer fã vai ao delírio com isso. A história paralela de Xavier acaba sendo meio sem sentido, fugindo do fluxo original ( é um pé no saco ficar vendo só o Wolverine conversar telepaticamente com o Professor) mas a presença de Bishop compensa.

Em 2 capítulos memoráveis somos presentados com a presença do bizarro Mojo e seu programa de sobrevivência, algo nunca imaginado de se ver em animação. Talvez o ponto alto desta série além da boa história seja a presença da Fênix.

Embora apareça mais nos capítulos finais, vemos quase que idêntico aos quadrinhos a primeira vez que Jean é possuída pela Fênix Negra e a presença do Clube do Inferno. Isso sem mencionar o incrível e inesperado prelúdio da saga da Fênix Negra com as gêmeas Stempford! É realmente de surpreender especialmente quando, de relance, vemos elas trajando o uniforme original da Fênix. E o papel de Emma Frost no clímax pareceu mesclar a antiga saga com a nova saga da Fênix ( belamente desenhada nas hqs por Ryan Land, devo ressaltar).

O final, completamente aberto nos deixa ansiosos para que a série tenha novas temporadas. Claro, pois tendo a Fênix desaparecido e inciando-se a saga Apocalipse (do modo que sempre desejamos ver) é praticamente obrigatório que se tenha continuação.

Um comentário:

Rafael disse...

Meu caro amigo, esta não é a primeira vez que A Rainha Branca, Emma Frost aparece animada. Ela apareceu na animação Kitty Pride - O orgulho dos X-men (1989). Era um epsódio piloto de uma série que nunca veio a ser concretizada. Uma animação muito acima da média para a época devo dizer. Abraço.

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...