25 de out de 2009

FANFIC - Divinos Pecados - capitulo 02

FanFic naruto -Divinos Pecados

Tempo

~*~



Os primeiros raios de sol ainda estavam começando a despontar no horizonte quando Sakura fechou a porta de sua casa. Conferiu mentalmente se colocara todo o necessário na mochila e, em uma prece, pediu aos deuses que protegessem seus pais.

Era engraçado. Nunca tivera uma educação religiosa, seus pais nunca pareceram se importar muito com isso. Talvez tivessem deixado que a filha escolhesse sua própria fé.

Sakura não escolheu nenhuma. Preferia acreditar nas pessoas.
Mal havia começado a andar pela rua, encontrou-se com Ino na esquina.

- Bom-dia, Sakura. - cumprimentou a loira com uma mochila nas costas. - Preparada para nossa viajem?

-..é uma missão, Ino.

- Ah, pode até ser. Mas pelo que a Tsunade-sama falou, nós vamos á Karnak, uma região nos extremos do país da Areia.

- E daí?

- E daí? Sakura, alóu! Karnak é considerada um dos maiores centros turísticos do mundo! Possui muitas relíquias de antigos povos, mantém ritos e costumes tradicionais e por ser ponto turístico possui muitos centros de diversão!

- Mas nós não estaremos de férias.

- Eu vou estar de férias da Tsunade! - a loira sorriu empolgada. - Não vou perder a chance na cidade que eu sempre quis conhecer! E espero poder colocar em prática tudo que aprendi nas aulas de...

Ino parou e a outra notou que ele enrubescera.

- Aulas de quê?

- N-não é nada Sakura-chan! - tratou de mudar de assunto. - É a primeira vez que trabalharemos juntas em uma missão, acho que vai ser legal, não é?

Sakura sorriu, confirmando. Foi-se o tempo em que ela e Ino brigavam por qualquer coisinha. Não eram mais adolescentes e, embora ainda houvesse uma pequena rivalidade entre ambas, era quase imperceptível agora. Com o tempo e devido aos treinos com Tsunade, ambos haviam voltado a ser amigas de verdade, como haviam sido na infância. As duas perceberam que não haviam razões para se isolarem, pois tinham muito em comum e o melhor e mais gratificante seria que convivessem em harmonia.

- ..é, vai ser divertido sim, Ino. Prometo que, se nos sobrar tempo, vou com você fazer compras no mercado de Karnak.

- Vou fazer com que o Shikamaru e o Kakashi carreguem minhas compras!

Ao ouvir o nome do ex-sensei, Sakura recordou-se do sonho e tratou de afastar os pensamentos rapidamente.

- E o Sasuke? Tem notícias dele?

Sakura negou com a cabeça. Havia pouco mais de um ano que seu antigo companheiro fora embora de Konoha. Ele era ainda um fugitivo e a vez que estivera na cidade fora por pouco tempo.

Na última noite, havia trocado com Sasuke carícias intensas e ousadas naquela sala de hospital. Os beijos que durante anos havia desejado eram diferentes do que idealizara. Não que fossem ruins, pelo contrário. Mas eram diferentes, não do jeito que Sakura queria que tivesse sido.

- Ei, Sakura. Que cara de galinha choca é essa?

- Do que você me chamou?! - Sakura despertou furiosa de seus devaneios.

- Relaxa, garota. Não faz sentido uma mulher como você ficar assim por causa de um cara. Mesmo se o cara for o Sasuke Uchiha!

- Está dizendo isso só pra tentar ter uma chance melhor com ele. - provocou a kuinochi.

- ..claro que não! O Sasuke é passado pra mim! Eu gosto de viver na realidade e não na ilusão!

Aquelas palavras atingiram Sakura como um tapa no rosto e Ino percebeu que talvez tivesse exagerado demais no comentário. Sabia que Sakura sempre murchava quando se falava no jovem Uchiha. Diferente de Ino, Sakura realmente gostava dele, num amor que beirava á estupidez em certos momentos.

Ino acreditava que aquilo era amor. Afinal, aguentar o jeito frio e distante do Uchiha só era possível se a pessoa realmente o amasse. Mas uma coisa que percebera nesses últimos anos em que convivera com a amiga, vendo-a crescer e amadurecer, Ino percebeu uma coisa:
que Sasuke não merecia Sakura.
E Ino não pensava assim por querer Sasuke para si. Ela descobrira que o que havia sentido pelo Uchiha era apenas uma paixonite infantil ocasionada pelo fato dele ter sido o garoto mais popular de toda a academia, chegando até a ter um fã-clube oficial.

Ino desistira totalmente de Sasuke partindo do princípio de que: "com Sasuke Uchiha sonhar e considerar ele o homem dos sonhos é perda de tempo."

" ...ai, ai Sakura. Você devia cair na real de uma vez."

Ino preferiu não comentar em voz alta pois isso poderia fazer com que ela e Sakura brigassem. Olhou a amiga de soslaio e decidiu mudar novamente de assunto.

- Que tipo de missão será essa que vamos ter?

- Não sei. Mas para Tsunade-sama mandar quatro jounins deve ser algo deveras importante.

- Shizune deixou escapar que em Karnak dois ninjas da areia se juntariam á nós.

As duas garotas se fitaram, falando ao mesmo tempo.

- Espero que um deles não seja o kazekage!

Riram. Sim, participar numa missão com "aquele cara" seria deveras perturbador.

As duas kuinochis seguiram conversando até que chegassem nos limites da vila, onde um sonolento Shikamaru quase cochilava escorado em uma pedra.

- Bom-dia, Shikamaru! - cumprimentou Ino animada.

- Uaaah! - ele bocejou e coçou a barriga. - Bom dia o caralho, missão mais problemática da porra essa...

" Depois a boca suja sou eu!"

Ino se controlou para não desferir um soco na cabeça do amigo e, assim como Sakura, sentou-se em uma pedra para esperar o último integrante do grupo.

~*~
O ninja de cabelos prateados terminou de se vestir enquanto repassava mentalmente todas as ordens que recebera. Olhou para as duas prostitutas adormecidas na cama e deixou uma quantia de dinheiro sobre o aparador antes de sair do quarto.

O hotel era mediano e desconfortável, mas ele não se importou com isso quando alugou o aposento. Suas acompanhantes não reclamavam de nada e ele precisava de uma boa noite de sexo antes de sair em missão.

Pagou a hospedagem para o atendente sonolento no balcão, pegando sua mochila no guarda-volumes.

A madrugada estava agradável e silenciosa. Mal havia dobrado a esquina, se deparou com uma bela loira de seios fartos e rosto austero. Procurando disfarçar seu interesse por aquele decote, cimprimentou-a sorridente.

- Ohayo, Tsunade-sama!

- ...nada de enrolação, Kakashi. Preciso conversar com você á respeito da missão.

A expressão dele se tornou séria.

- Já estou ciente de tudo. Ciente até demais pra falar a verdade. E já escolhi bons shinobis para protegê-la, mesmo não podendo dispor de Naruto.

- É lamentável que Naruto tenha saído em outra missão justamente agora...

Kakashi percebeu a preocupação da quinta hokage acerca do que precisava ser feito e do quão arriscado poderia ser. Ele também estava preocupado mas acreditava ter pensado em tudo e elaborado o plano com perfeição.

- É fato que com Naruto na equipe poderíamos dispor do apelo psicológico e a força necessária caso ela perca o controle. Mas...os dois shinobis de Konoha que coloquei na equipe serão o apelo psicológico e os dois escolhidos da Areia que encontraremos em Karnak darão o suporte de poder necessário. Tive que aumentar a equipe, mas o efeito acabará sendo o mesmo.

- Sei disso. Confio em suas deduções mas rezo para que "aquilo" não desperte até chegarem áquele local.

Ficaram alguns segundos em silêncio. E novamente Tsunade falou.

- Depois de saber quem serão os shinobis da Areia escolhidos pelo clã Haruno para escoltar e se preciso atacar Sakura...não consigo confiar neles. Principalmente..- seu rosto ficou sombrio. - O kazekage.

- Mesmo sendo ele, duvido que prejudique a missão. Se até mesmo Itachi Uchiha respeitava o miticismo, não creio que com ele seja diferente. Todos sabemos que estamos procurando evitar uma catástrofe mundial.
" Todos sabem, exceto aquela que é capaz de causar isso."

~*~

Já eram dez e meia da manhã e a paciência dos três ninjas já estava no limite. Isso era uma desforra e falta de respeito, pensavam. Falta de consideração também. Se era para chegar á essa hora, não havia razão para mandá-los esperar ali desde as quatro da manhã.

- Ohayo, pessoal! - Kakashi surgiu, sorrindo e acenando de forma simpática.

- ISSO SÃO HORAS DE CHEGAR?!!! - gritaram Sakura e Ino em coro.

- Ah... - ele coçou a nuca. - É que eu encontrei uma daquelas ciganas de rua que lê a sorte e...

- Essas desculpas esfarrapadas não colam mais, sensei! - vociferou Sakura. - O senhor deveria aprender a ser pontual!

- Oi, Sakura-chan. Fico feliz em saber que você continua esbanjando vitalidade!

Ao notar que estava á poucos centímetros de distância do ninja, Sakura se recordou do Kakashi fogoso de seu sonho e se afastou, corada.

Kakashi não deixou de notar a súbita mudança na reação dela. E não pôde deixar de lembrar qual era a verdadeira razão daquela missão.

" Sakura...por quê tinha de ser justo você?"

Os grandes olhos verdes voltaram a fitá-lo e aqueles lábios sutilmente entreabertos em contraste com a pele rosada a tornavam inocente e sensual ao mesmo tempo.

- Ka...Kakashi-sensei...

Seu nome soava tão bem naquela boca. Seria delicioso ouvi-lo entre gemidos de prazer.

- Ei, já estamos atrasados e se ficarem enrolando vmaos nos atrasar mais ainda!

Como se saíssem de um transe provocado pela ordem de Ino, Sakura se afastou confusa. Por quê ele a havia encarado daquela forma?

" Mas que diabos foi isso que pensei agora? Não faz sentido, ela foi minha aluna...estou passando dos limites!"

A viajem era longa e, para chegar até o porto se era preciso atravessar uma longa trilha. Apesar de haver sol, não estava muito quente e o caminho era plano, de modo que a caminhada seguia agradável.

Kakashi sentia-se aliviado por nenhum dos presentes indagar sobre o conteúdo da missão. Tsunade dissera á eles que teriam de levar um suposto documento para Karnak, com o intuito de reforçar certos tratados políticos e que o sigilo deveria ser absoluto, incluindo o fato de quem estaria com o tal pergaminho. Apenas Kakashi sabia da verdade e permaneceria assim até que fosse o momento certo.
Sakura e Ino iam á frente, conversando sobre banalidades e atrás vinha um Shikamaru entediado e Kakashi. Este último tirou do bolso o novo volume de Icha Icha Paradise que comprara no jornaleiro antes de se encontrar com os demais.

Se livrou do plástico que envolvia o livro e tratou de ler a sinopse.
" Desta vez a Icha Icha Paradise apresenta aos leitores uma ero-história entre shinobis. Durante uma missão investigativa, uma bela kunoichi e seu sensei acabam se envolvendo em uma ardente e luxuriosa paixão selvagem onde nada é proibido e tudo é permitido."

"- Envolvente e tentador. Fazia tempo que eu não lia algo com cenas tão ricas em detalhes!" - mestre Jiraya.
" A melhor ero-história desde Lolita." - The New Konoha Times.

Kakashi franziu as sobrancelhas e olhou rapidamente para Sakura. Malditas coincidências! Tratou de verificar o autor da obra, e se deparou com uma pequena nota na contra-capa.

" Esta história é assinada pelo consagrado autor "M", responsável pela criação de obras memoráveis de Icha Icha Paradise como o polêmico Beltane. Até hoje sua identidade é um segredo, o que parece aumentar ainda mais seu talento literário."

Por essa não esperava. Já lera "Beltane" e era realmente uma história erótica surpreendente. Uma das melhores e mais...como poderia dizer...bom, o caso é que até ficou tentado em fazer certas coisas. Essa nova obra deveria ser boa mesmo. Pelo jeito havia pego um bom livro para a viajem.
O ninja ergueu os olhos para a ninja de cabelos róseos que caminhava um pouco mais á frente. Tinha de admitir que Sakura crescera muito em cinco anos. Se tornara bela e habilidosa.

"Engraçado que, quando a conheci, não passava de uma menina magricela e reclamona."

Fingindo ler seu livro, passou a estudar as pernas torneadas e a bunda bem formada.

" A Sakura nem parece a Sakura."
É, não parecia mesmo. Nunca imaginaria que Sakura pudesse guardar "aquilo" dentro da própria alma se não tivesse visto com seus próprios olhos anos atrás.

- A gente já chegou?

O copy ninja saiu de seus pensamentos, notando que Shikamaru o encarava completamente entediado.

- ...ainda não.

- Quando iremos chegar?

- ...logo.

- Tão logo quanto?

- Logo chegaremos. - resmungou o shinobi fingindo voltar sua atenção ao livro apenas para poder olhar a garota.

- ...quando se lê muito determinada coisa, fica-se tentado em fazê-las.

- Isso é relativo.

- Já estamos chegando?

- ...não.

- Mas vamos chegar antes do almoço?

- ...talvez.

- Estamos no começo, no meio ou no fim do caminho?

- ..no meio.

Essas perguntas irritantes estavam atrapalhando sua observação. A pele de Sakura era muito clara, talvez ela não devesse ficar nesse sol.

- E falta muito para chegarmos ao fim?

- ...sim.
" Sakura deveria usar protetor solar. Acho melhor eu passar o protetor nela, tenho um aqui na mochila..."

- Vamos chegar logo?

- Quando chegarmos eu digo, caramba!

Shikamaru se calou diante do súbito mau-humor do sensei e, quando percebeu que ele optara por realmente focar sua atenção na leitura, o jovem sorriu irônico.
" É um pervertido problemático mesmo. "

~*~
Á despeito do atraso, a equipe havia conseguido chegar á tempo no porto para pegar o navio. Como não havia tempo para almoço, tiveram que se contentar com um rápido lanche antes da viajem.

Era um navio agradável, exclusivo para turistas que em sua maioria estavam de férias, ávidos para chegarem em Karnak e apreciar os pontos turísticos do local. Havia até um grupo desses acompanhados por um guia turístico que tiravam foto de tudo que viam.

- Mas por que temos que ficar AQUI?

Dentro de uma cabine minúscula de terceira classe com apenas duas beliches, estavam os ninjas de Konoha.

- Eu já disse, Ino-chan. Estamos em missão secreta e devemos chamar o mínimo de atenção possível.

- "Ino-chan" uma ova! Eu não te dei essa intimidade, Kakashi-sensei! - a loira suspirou, sentando-se no beliche debaixo. - Caramba, viajar na terceira classe é o fundo do poço!

- Kakashi. - chamou Sakura. - Estamos viajando assim para não despertar atenção mas...não seria mais fácil nos livrar dos trajes ninjas e agir como turistas normais?

- Sem chance.

Todos se voltaram para Shikamaru, que estava deitado no beliche de cima fitando o teto branco.

- Por quê?

- Isso é muito problemático.

- O quê?! - Ino se levantou indignada. - Por quê?

- Vou enumerar três coisas. Um: a maioria destes turistas é gente da grana, ou seja todo mundo se conhece. Dois: nossas passagens estão carimbadas como terceira classe e se a segurança do navio nos pegar andando onde não deve vamos ter problemas. Três: ficar vendo esses ricaços nojentos com suas diversões tediosas e guias turísticos tagarelas é um saco.

- Bom... - Kakashi abriu a porta. - Eu vou dar uma voltinha no convés. Se quiser tem um baralho de cartas ali na mesinha. Até mais!

- Espere, sensei. - chamou Sakura. - Eu posso ir com você? Ficar o tempo todo nessa cabine é insuportável. Preciso de um pouco de ar fresco.

- ...c-claro. Vamos.

- Sakura! - Ino levantou o braço molengamente. - Quando você voltar passar na enfermaria e me traz um remédio contra enjoo? Esse balanço do mar é um inferno!

- Tudo bem.

~*~


6 comentários:

thenilly disse...

continua!

Kika disse...

"O ninja de cabelos prateados terminou de se vestir enquanto repassava mentalmente todas as ordens que recebera. Olhou para as duas prostitutas adormecidas na cama e deixou uma quantia de dinheiro sobre o aparador antes de sair do quarto." Kakashi seu ERO!
"Suas acompanhantes não reclamavam de nada e ele precisava de uma boa noite de sexo antes de sair em missão" Ai não, também eu não me queixava xD
Ahahaha o Kakashi é o mesmo atrazado de sempre, e depois vem sempre com aquelas desculpas esfarrapadas, ou são as ciganas da rua, ou são as velhinhas a passar ne estrada.
Escreves tãããão bem *.* Kyaaa

Tsu disse...

Oras1 O Kakashi sendo viciado naquele livrinho do Jiraya era natural que ele fosse meio ero..e como é um ninja bonzão ele aproveita mesmo rs.

Obrigada..eu procuro me esforçar para fazer uma fanfic agradável =)

♫♥*~Keiko Sakurai~*♥♫ disse...

HUUUAA SHIKAMARUUUU AMO O SHIKAMARU POR ELE SER DAQUELE JEITÃO!!
uaa também gosto da Ino (Afinal se escreve inu ou ino? :o) KAKASHI SER ERO! E JIRAYA SER INFLUÊNCIADOR >-<
DESU!

NYAAHH
KISS KISS
BYEE~~

Tsu disse...

oi! O nome é INO.
Ino Yamanaka

Leka disse...

Concordo..gostando dos contos do ero-senin é de imaginar que ele seja meio digamos, "quente"!!kkkkk!
Essa questão dele ver que a Sakura já não é mais nenhuma criança é bem legal!
bjs, paz vou lendo, vou lendo!kkkk!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...