31 de out de 2008

Comentário Pessoal - BUCKY


Conheci Bucky na época em que, na TV BAND existia o Band Kids. O anime passou, reprisou e ficou conhecido apenas entre aqueles que acompanhavam o programa. Quando assiti Bucky pela primeira vez, apreciei o anime de imediato. Na época eu havia acabado de entrar no mundo otaku e gostei de Bucky logo no primeiro capítulo. Atrás de toda a história meia-boca havia ali um toque satírico inconfundível e muito divertido. E a semelhança dos personagens com outras séries chega á ser absurda e divertida.

Para começar, Bucky além dos cabelos exageradamente espetados possui olhos enormes. O golpe especial do espírito de Pink tem a posição igual de Sailor Moon. Aliás, o trio Bucky, Pink e Kai lembra muito Ash, Brock e Misty, com a diferença que não há nenhum mascote fofinho como Pikachu e sim uma coisa esquisita que é o Jibak. Os movimentos que Bucky faz antes de lançar Jibak lembram muito Ash quando lança a pokébola chegando á beira do absurdo.

A obra também satiriza os mangás e animes do gênero shonen, pois o personagem principal além de querer ser o mais forte, quer dominar o mundo e ao contrário dos outros que proclamam aos 4 ventos que desejam proteger as pessoas, Bucky faz isso calado usando como justificativa sua ambição. As pouquíssimas cenas sobre amor são recheadas de brilhos e rosas, com os personagens desenhados em estilo shojo, numa clara demonstração de coisa brega. A androgenia de Hell é capaz de arrancar boas risadas ( como seu bonequinho de pano em forma de Bucky), bem como Pink e seus ataques histéricos ( toda vez que tem pancadaria sempre sobre pra ela).

E não posso esquecer do grande Mestre Funem que nada mais é que um vaso com um bicho bigodudo dentro que fica dizendo "ion" o tempo todo. O traço de Bucky é rude como se tivesse sido feito ás pressas e a animação é bem inferior ao convencional nos animes ( realmente não é um anime pra fazer sucesso) A música de abertura talvez seja o único ponto realmente forte da série, sendo considerada excelente.

Enfim, Bucky é uma série divertida para se ver sem preocupações.

2 comentários:

Criska disse...

Ué, eu não conhecia esse!! Fiquei meio cabrera com o Jibak, acho que prefiro mascotes fofinhos... hauahuahauahua

Tsu disse...

Pode ser!! Mas que Bucky e Jibak são engraçados isso são! Pelo menos o Jibak pode ser pisado e sangrar que ninguém fica com dó rsrs

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...