8 de jul de 2011

FANFICS Naruto - Divinos Pecados - cap.24



~*~

A jovem garota adentrou com passos apressados no antigo templo, tomando o maior cuidado para não fazer ruído. Ela era tão linda que todos diziam ter sido agraciada pelo Criador e, por ter sido criada e educada pelas duas deusas, certamente seria sábia e bondosa.

Vestia uma túnica de linho branco e seus fartos cabelos prateados caiam-lhe pelos ombros, sendo apenas parcialmente presos por um discreto arranjo. Não parecia ter mais do que quinze anos e procurava conter o sorriso enquanto caminhava pelos iluminados corredores do templo. Mal podia acreditar que o filho do imperador lhe declarara seu amor. A diferença de idade de ambos era pequena e a família dele não faria qualquer objeção contra o romance, pois ela era a amada criança escolhida pelas deusas. 


E as deusas certamente aceitariam. O único filho do imperador era digno e...a questão era que as deusas eram suas únicas amigas – mães e irmãs que conhecera. Astarte certamente recomendaria diversos cuidados para que ela se mantivesse virgem e Astaroch adiantaria pensando na cerimônia matrimonial. Elas poderiam ser um pouco exageradas, mas as mamava mesmo assim. E só a elas poderia dizer que descobrira o que era um beijo de verdade.

Já estava chegando na sala principal do templo quando ouviu a discussão.

- Você está perdendo o controle!

- Eu não estou perdendo o controle! Tenho um poder inigualável e sempre o estou controlando!

- Está começando a não ser capaz de controlá-lo. É poder demais, pare de querer aumenta-lo.

- Eu não o aumento! Simplesmente cresce me minha mente dia após dia. – ela pareceu rir. – É mesmo uma dádiva sim, apesar da dor é a melhor coisa que está me acontecendo.

- O poder a está fazendo passar dos limites. Você matou pessoas inocentes!

- Inocentes?! Eles não compartilham de nossa crença e me insultaram!

- Eles só não acreditavam que você fosse uma divindade. Isso não justifica tê-los matado daquela forma!

- Eu fiz o que uma deusa deve fazer quando é contestada! É preciso manter a ordem e mostrar á eles quem deve obedecer!

A outra apenas balançou a cabeça descrente e o silêncio reinou mais uma vez no templo.

- ...sabes que não deves ouvir a conversa dos outros, Morgan.

A garota estremeceu e, entristecida, saiu das sombras da pilastra, cabisbaixa.

- ...desculpe. Não tive intenção, senhora.

- Se não tivesse a intenção, teria aparecido diante de nós ou saindo.

Morgan apertou o vestido nas mãos, evitando de olhá-la nos olhos. A voz Dela era fria e ameaçadora, como se a qualquer momento a punisse por sua postura insolente.

- Pare, Astarte. A menina e inocente, não a puna só para arranjar um pretexto para usar seu poder!

Novamente o silêncio. Morgan não ousou erguer os olhos, mas sabia que as duas deusas travavam uma batalha muda. Então, sem dizer nada, Astarte passou ao seu lado e desapareceu nos corredores. Vendo-se só com a outra deusa, Morgan notou que seu semblante parecia exausto e entristecido. Mas ainda assim Astaroch lhe sorriu amavelmente.

- O que deseja vindo aqui, querida?

- Hãn...não é nada de importante, senhora. Mas eu gostaria de dizer á senhora Astarte também.

- ...talvez Astarte não seja capaz de ficar conosco por mais tempo.

~*~

Morgan abriu os olhos, demorando alguns segundos para recordar-se de onde estava. O círculo de pedra, Sua magia de retroceder ao passado através de sonhos era sempre desconexa. O passado esquecido só poderia ser parcialmente recuperado dessa forma e, por mais que se concentrasse, as informações obtidas eram sempre fragmentos que ela deveria tentar compreender.

Se estendesse mais o tempo dos sonhos talvez pudesse se lembrar de mais coisas. Coisas que poderiam ajudar a enfrenta-la. Mas, para obter essas memórias, teria de abdicar de outras mais recentes. E já restavam tão poucas lembranças...tão valiosas lembranças que não desejava perder.

Ainda era noite, certamente pouco tempo se passara. Se levantou e  decidiu retornar ao templo.

~*~

Quando Ino notou a farta mesa de jantar, percebeu o quanto estava com fome. Havia grande variedade de frutas, pães, queijos e doces acompanhados por chá e sucos. Era um tipo de refeição diferente da qual estava habituada, mas mesmo assim tudo parecia saboroso.

- Por favor, sentem-se. – pediu Kalui com um sorriso. – Sirvam-se á vontade, tem bastante para todos.

Ino notou que Gaara já havia sentado em torno da mesa e começado a preparar um lanche. É, pelo visto embora sua cara não demonstrasse fome Gaara era prático e expunha suas necessidades de forma clara.

- Sente-se, Ino. Você precisa se alimentar.

Finalmente ela havia lhe dirigido á palavra! Ainda que isso não fosse muito educado, Ino obedeceu e após passar os olhos sob a mesa, falou: - Tem tanto coisa que nem sei por onde começar!

- O queijo está bom.

Ela encarou Gaara, mas ele estava terminando de mastigar um pedaço de pão e adiantando-se para colocar suco em um copo. Ainda com a jarra em mãos. Ele indicou que Ino lhe estendesse o próprio copo para despejar a bebida. Meio desconcertada com aquelas atitudes do ruivo, ela acatou e logo tratou de procurar algum assunto.

- Hãn...será que não seria melhor esperar os outros?

Mal disse isso, Temari e Shikamaru surgiram no local.

- ...estamos atrasados?

- De modo algum! – respondeu Kalui á pergunta do jounin. – Por favor, sentem-se e sirvam-se!

Ambos sentaram-se um ao lado do outro de frente para Ino e Gaara. Mesmo que não demonstrassem qualquer indício, Ino era hábil o suficiente para perceber que mesmo as nuances mais sutis nos rostos dos shinobis.

É, ela poderia não ser uma kunoichi extremamente habilidosa, mas possuía o dom de decifrar as nuances daqueles que conhecia e isso até já fora muito útil em missões. E pelo que percebia ali – Shikamaru e Temari lado á lado sem trocar picuinhas e até oferecendo educadamente pratos de alguma coisa em meio a olhares furtivos e roçar de mãos intencional, era a prova de que finalmente haviam se entendido.

Isso era bom, pois Ino nunca conseguira imaginar qualquer mulher com Shikamaru que não fosse Temari. Resolveu provocar.

- Shika, foi bom pra você?

O jounin parou de passar manteiga na torrada e encarou a parceira de time com sua típica cara de tédio. Mendukouse! Odiava quando Ino lhe sorria daquela forma amável pois significava que ela sabia de tudo. Mas se achava que iria ficar o aporrinhando, trataria de cortar isso já.

- Acredito que melhor do que o seu.

O rosto de Ino ficou lívido e, furiosa, tratou de voltar a comer.

~*~

Quebraram o beijo e tornaram a se abraçar. Sakura encostou a cabeça nos ombros de seu sensei, sentindo que ele fazia o mesmo.

- Gostaria que ficássemos de uma forma melhor?

A voz rouca dele em seu ouvido e a proposta que fez lhe provocou um calafrio agradável. Comprimiu mais seu corpo ao dele, mordiscando de leve sua orelha.

- Eu até gostaria mas...

- Mas o que?

“Droga! Por que o Kakashi-sensei tem que ser tão bonito sem máscara? E...e...se eu aceitar significa que eu e o Kakashi vamos...ah. Eu e o Kakashi sensei...deuses, isso...ele é tão forte e vai ficar por cima e as mãos...”

Foi então que o ronco ecoou no silêncio e, envergonhada, Sakura soube que era o seu estômago.

- Hãn...- uma gotas de suor desceu pela testa do copy ninja. – Eu também estou com fome. Oh! Agora me lembrei que Kalui-sama falou que uma refeição seria oferecida á todos nós lá no salão.

- Então precisamos ir. Não podemos fazer uma desfeita á hospitalidade!

Kakashi concordou e após trocarem um último beijo, o ninja recolocou a máscara e ambos caminharam até o salão, que era á poucos metros dali. Quando chegaram, os demais já estavam na metade da refeição e Sakura percebeu o interesse dos companheiros – ainda que discreto – sobre sua pessoa.

Todos queriam saber como havia sido a conversa com a Santa Deusa. Mas Sakura não podia contar isso com o tal Kalui presente. E mesmo que pudesse falar, não conseguiria. Tudo ainda estava confuso demais. Assim, apenas sorriu e deixou que Kalui indicasse um lugar á mesa para ela e Kakashi.

- Está tudo bem, Sakura?
- Hañ..s-sim, claro.

Pronto, a pergunta de Ino e sua resposta era o suficiente por enquanto. Alguns minutos depois, todos os jovens shinobis encararam Kakashi de forma apreensiva, fazendo-o sorris constrangido.

- Não está com fome, Kakashi-sensei?

Silêncio. O copy ninja engoliu em seco diante da pergunta de Ino pois ele sabia que todos aguardavam que ele abaixasse a máscara para poder comer. Até Gaara, sempre tão passivo – parecia interessado enquanto Sakura controlava um risinho.

Kakashi via-se em um impasse. Não sentia-se á vontade em tirar a máscara na frente dos outros. E só deixara Sakura ver porque estavam se relacionando. E Shikamaru havia visto seu rosto por um descuido em Karnak. Manter sua face desconhecida era um hábito e até uma questão de orgulho. Mas...estava com tanta fome e aquela mesa era apetitosa. Poxa...havia pães de mel ali!

Quando havia tomado coragem para abaixar a máscara e satisfazer a curiosidade dos demais, a Santa Deusa surgiu caminhando no corredor á alguns metros da mesa, tão silenciosa quanto uma sombra. Ela então parou e os encarou por alguns segundos, parecendo ter esquecido que havia visitantes ali. Então sorriu de forma discreta e amável, saindo com passos apressados.

Aquilo era estranho. A Santa Deusa á despeito da beleza, parecia...humana. Sem qualquer resquicio da aura hipnotizante com que se apresentara. Decidiram voltar a comer em silêncio e apenas Kakashi notou uma pequena preocupação nos olhos de Kalui.

“ Cada vez menos confio nessa Santa Deusa e em seus propósitos.”

~*~

Após terminarem a refeição, Kalui guiou todos á seus aposentos em uma espécie de corredor com algumas portas de madeira sólida que levavam aos dormitórios.

- Espero que fiquem á vontade e descansem. – falou o velho abrindo uma das portas. – As bagagens já estão em seus respectivos quartos. Este será o seu, senhor...

- Shikamaru.

- Oh, sim. Então entre e descanse. Amanhã será um dia um pouco agitado e é preciso recuperar as energias da viajem.

Kalui pediu que os demais o seguissem e eles assim o fizeram, exceto Temari. Castanhos sobre verdes.

- Acaso você...gostaria de ficar nesse quarto também?

A loira lhe deu um sorriso simples.

- Não posso.

- ...por quê? Eu sou dorminhoco mas não ronco.

Ela agora teve de sorrir com divertimento.

- Eu vou descansar em outro lugar. – e acrescentou. – Um lugar em que os homens não podem entrar.

- Hum...e posso saber onde é?

- Na casa das sacerdotisas. Posso não ser mais uma, entretanto....ficar ali e rever certas coisas e pessoas me dá a ilusão de que posso voltar aos bons tempos, nem que seja um pouco.

- Acho que entendo. Bem então...boa noite.

- Boa noite.

Encararam-se por um tempo ocultando o fato de que sentiam-se um pouco confusos sobre o que dizer. Por fim, Temari se aproximou, o beijando de forma terna e amorosa.

- Tenha bons sonhos.

- Terei.

- Como pode ter certeza de que terá bons sonhos?

- Porque eu vou sonhar com você.

Ela sorriu ruborizada, decidindo sair logo dali antes que se deixasse levar.

~*~

O quarto seguinte era notavelmente maior que o primeiro, contando até mesmo com uma suíte privativa e uma cama de casal.

- Este é o aposento reservado ao kazekage e sua esposa. – sorriu Kalui. – Qualquer coisa que precisarem é só dizer.

- Hãn... – começou Ino. – Acho que houve um mal entendido. Eu e o kazekage não somos casados.

- Podem não ser casados oficialmente mas possuem uma relação sólida e bons frutos!

- Na verdade nós... – a loira mexeu freneticamente na mecha de seu cabelo. – Nós não temos uma relação sólida, acabamos realmente nos conhecendo nessa viajem.

Silêncio constrangedor. Kalui piscou, parecendo não compreender corretamente aquilo enquanto Sakura e Kakashi observaram surpresos.

“ Ino está louca?! Ela queria o kazekage em Karnak e agora...”

Sakura não terminou seus pensamentos pois notou que a expressão de Gaara – sempre tão passiva – parecia com a da época em que ele era possuído pelo shukaku enquanto olhava de esguelha para sua amiga. Tentou avisar para Ino através de um olhar, mas a outra estava constrangida demais para perceber.

- Oh... eu realmente me engano com relação ás pessoas... – murmurou Kalui parecendo magoado. – Peço desculpas, vou retirar sua bagagem e providenciar um quarto para que a senhorita possa ficar.

Antes que Kalui pudesse entrar no quarto, Gaara foi mais rápido, pegando a mochila de Ino e a jogando nos pés da garota. E, sem dizer uma palavra, apenas lançou um olhar intimidador para a jovem e entrou no aposento, fechando a porta atrás de si.

Ino sentiu que lágrimas afloravam de seus olhos mas se controlou, pegando a mochila lentamente.

- Hañ..Kalui-san, será que poderia mostrar meu quarto? Estou realmente cansada.

- Claro, senhorita Sakura! Siga-me.

- Obrigada. Há, a Ino pode dividir o quarto comigo.

- Tudo bem. – o velho sorriu constrangido. – Só que eu tinha preparado os quartos de um jeito e o seu tem apenas uma cama. Mas tenho um aposento com duas camas logo á frente. Kakashi-san, por favor fique com o quarto reservado á Sakura e eu logo pedirei que tragam suas bagagens.

- Ok...bom, acho que vou entrar então. Boa noite, Ino.  “ Se  bem que duvido que ela tenha isso depois da atitude do Gaara.” – Boa noite, Sakura.

Verdes sobre negro. Sakura sorriu discretamente e Kakashi fez o mesmo. Diante dos outros era melhor que as coisas continuassem do jeito de sempre. Pelo menos por enquanto.

- Boa noite, sensei.

~*~

Após Kalui deixar as duas em um confortável cômodo de duas camas e pedir que um dos criados trouxesse a mochila de Sakura, esta virou-se indignada para a amiga.

- Ino, o que está acontecendo entre você e o kazekage afinal de contas?!

- E-eu...eu não sei.

- Como não sabe?! Ino, o Gaara nunca demonstra emoções e quando você disse aquilo para o Kalui-sana, os olhos dele eram iguais á época do exame chunnin. Quando chegamos em Karnak, você estava á fim dele e ele parecia sentir o mesmo. Vocês brigaram ou o quê?

- Não. É que... – Ino balançou a cabeça, nervosa. – Ele é uma pessoa que vive em um mundo totalmente diferente do meu. Eu pensei, eu desejei, eu tentei, mas jamais poderia dar certo.

- Ino, o Gaara é o kazekage de Suna. Claro que ficar com ele não será como ficar com chunnins ou jounins de Konoha. O Gaara está em uma posição diferente, tem deveres de vários tipos – veja o estado da Tsunade-sama por exemplo. Ele não tem como dar prioridades para coisas como paqueras, ficadas e flertes. Aliás, acho que o Gaara nem sabe o que é isso! Você não pode esperar que ele esqueça certas obrigações e fique só com atenção focada pra você.

- Eu transei com o kazekage!

Silêncio mortal. Sakura ficou estática enquanto Ino finalmente deixava que as lágrimas caíssem.

- C- como...isso aconteceu...?

- Não sei, eu agi por impulso e lógico que no fim as coisas dariam errado! Mas não vamos falar disso. Eu não estou bem e você deve estar cansada.

- Ah, não! – a garota de cabelos róseos sentou-se na cama ao lado da amiga. – Você vai me contar tudo. Está na cara que precisa desabafar e eu estou aqui para te ouvir.

~*~

Kakashi abriu os olhos em direção ao teto com uma expressão de aborrecimento. Como diabos havia realizado a bizarra proeza de esquecer de comer alguma coisa mesmo estando diante daquela mesa tão farta? Sabia a razão: culpa da máscara. Não quisera tirá-la na frente dos outros e depois a Santa Deusa aparecera, aí Kalui os apressara para irem á seus respectivos quartos...e depois do contratempo de Gaara e Ino acabou esquecendo de pedir a Kalui que lhe trouxessem algo para comer no quarto.

Kakashi Hatake estava se sentindo um completo idiota. Como um ninja do nível dele poderia estar rolando na cama de fome por causa de um motivo banal?

É, não havia jeito. Preguiçosamente se levantou, vestiu uma camisa, calçou os sapatos e como era de praxe, colocou a máscara.

Silenciosamente caminhou para fora da construção, notando que a madrugada estava fria e isenta de qualquer ruído. Passou pelo gramado úmido do sereno e foi até a entrada do salão. Mão havia ninguém nas proximidades e isso já era de se esperar, mas mesmo assim estava incomodado.

As portas centrais estavam trancadas, mas Kakashi encontrou uma passagem cuja porta fora apenas encostada e entrou por ali. Como aquele era o salão em que as refeições eram servidas, certamente que ali deveria ter uma cozinha ou ao menos uma despensa.

“ Eu estou me sentindo um ladrão vindo aqui na surdina para comer algo. Quem diria que Kakashi Hatake chegaria á esse ponto? Mas a fome está sobrepujando meu bom senso.”

Diminuiu a velocidade dos passos quando sentiu o doce aroma de chá em uma sala logo á frente. Bom, menos mal. Se encontrasse alguém ali iria explicar que estava com fome e isso certamente acabaria com suspeitas.

Porém, ao entrar no local – que descobriu ser uma cozinha com despensa ao fundo – encontrou sentada na mesa repleta de alimentos, ninguém menos que a Santa Deusa. Kakashi não sabia direito o que fazer e quando ela o encarou com seus belos olhos, curvou-se constrangido.

- Desculpe. Eu não imaginei...

- Está com fome. Sente-se.

Kakashi obedeceu. Silêncio. Realmente a Santa Deusa não parecia a mesma da primeira vez que a viu. Ela agora não parecia mais do que...uma jovem princesa de tempos há muito esquecidos. Toda aquela aura de poder e mistério eram inexistentes e ela parecia humana.

Humana até demais.

- Precisa tirar a máscara para comer. – ela falou, bebericando seu chá.

Kakashi abaixou a máscara e, ao tornar a ver seu rosto, algo nas feições da Santa Deusa pareciam diferentes. Como se...o conhecesse de algum lugar.

“ Mas de onde que eu não me lembro?”

- Desculpe estar aqui senhora. É que eu acabei não conseguindo comer nada e esqueci de perguntar se poderiam trazer algo para eu comer e...

- Não se preocupe. Sei que não veio aqui para espionar. A Floresta Proibida é misteriosa, mas não maligna. Eu não farei mal á Sakura, pelo contrário.

Kakashi não conseguiu articular qualquer palavra. Acaso a Santa Deusa poderia ler pensamentos?

- De certa forma, se isso eu quiser. De modo que se alguém vier aqui com más intenções...eu irei eliminar isso. A Floresta Proibida é o meu santuário e como tal tenho poder em tudo sobre e dentro dele.

Ela então o encarou e sorriu, fazendo Kakashi concluir – apesar do temor que aquelas palavras induziam – que ela era a mulher mais bela que veria em toda a sua vida.

Comeram um tempo em silêncio até que o copy ninja resolveu dizer.

- Senhora eu...gostaria de fazer algumas perguntas.

- Faça.

- ...por que a Sakura?

Embora a Santa Deusas fosse sábia e capaz de ler mentes, aquela pergunta a pegou desprevenida. Não esperava que Kakashi logo no começo fizesse uma pergunta daquelas. O certo seria omitir aquilo e encerrar o assunto mas Morgan estava ficando farta e talvez o melhor fosse mesmo responder ás perguntas que aquele homem pudesse fazer.

- O clã Haruno sempre possuiu um grande potencial para o desenvolvimento de magias e poderes espirituais. Isso é algo que não consta nos arquivos de seu país, como você bem sabe.

Kakashi manteve-se em silêncio.

- Muito tempo atrás, antes de jutsus serem desenvolvidos, havia magia. E, diferente dos jutsus, poucas pessoas eram capazes de utilizar magia. Pois a magia não vem do chackra e sim do espírito. O clã Haruno como agora é chamado, sempre teve em seu sangue o potencial para lidar com magia. Claro que, com o passar do tempo o clã abandonou a magia completamente e a mistura de sangue com outras famílias e clãs acabou por enfraquecer e extinguir quase que completamente essa habilidade.

- Han..e o que isso tem á ver com minha pergunta?

- ...não tenha pressa, Kakashi. É preciso entender certos pontos do passado para compreender o presente.

Ele se calou e ao fim de algum tempo, ela retomou a narrativa.

- Após muito, muito tempo, surgiu alguém no clã Haruno que demonstrava habilidade paranormal e, por uma ordem minha, o hokage da época selou este poder até que a criança atingisse a maioridade. Quando isso aconteceu, fiz com que viesse á Floresta Proibida, a qual durante anos lhe foi preparada uma sacerdotisa para ser sua esposa. Essa sacerdotisa era Kyrie, a mãe de Sakura.

Kakashi nunca poderia imaginar que os pais de sua aluna pudessem ter se unido através de um casamento arranjado. Quando se tornara professor do time 7, concentrara suas pesquisas principalmente na família de Sasuke devido ao sharingan. E em Naruto por este possuir a kyuubi e ser filho de seu sensei Minato. Diante disso, nunca tivera interesse na árvore genealógica de Sakura.

Afinal, não havia menção de algo importante referente ao clã Haruno. Nem clã poderia ser considerado, pois Sakura era uma das poucas Harunos que seguira a vida de shinobi. A maioria da familia vivia através de profissões comuns na cidade, incluindo o pai de sua aluna. Logo, não parecia ter qualquer histórico secreto.

- Casamento arranjado... - murmurou ele. – Não pensei que esse tipo de coisa existisse. As poucas vezes que os vi pareciam viver bem.

- O fato da união deles ter sido imposta não significa que deve ser isenta de sentimentos.

Outro período de silêncio. Kakashi notou que as mãos dela eram pequenas e bem cuidadas, parecendo macias.

- Quando...Haruno despertou poderes eu...prontamente...Kyrie foi criada e educada como sagrada sacerdotisa da Floresta Proibida, aprendendo magias de alto nível. Quando ela e Haruno se conheceram, o casamento e a concepção foram realizados aqui. E o nascimento de Sakura também.

- Então...foi aqui que a alma de Astarte foi...colocada dentro de Sakura?

O silêncio da Santa Deusa confirmou a pergunta.

- Os pais de Sakura tinham o poder da magia. E a sua filha seria a única capaz de manter Astarte selada e suportar seu poder.

- Foi para prender Astarte que...que... foi por causa de Astarte que Sakura foi criada?

- ...como pensei, você é sábio.

Como a Santa Deusa era capaz de admitir aquela bizarrice com tamanha naturalidade?

- Porém, existe certas coisas que a sabedoria imediata não é capaz de compreender corretamente.

- Existe coisas que nem anos de sabedoria podem compreender o que não possui sentido.

- Existe certas coisas que eu poderia lhe contar para que você realmente pudesse compreender mas elas dizem respeito á Sakura Portanto, será para Sakura que direi e, se ela achar necessário, dirá a você.

A sombra de um sorriso passou em seus lábios.

- Seus sentimentos por ela são fortes e sinceros. Mas compreenda que todos, independente de poderes, são humanos. E o ser humano é e sempre será uma criatura imperfeita.

Após dizer essas palavras, a Santa Deusa se levantou e por educação Kakashi fez o mesmo.

- Irei retirar-me agora e você deve descansar. Não tema este lugar, Kakashi. Não é por ele parecer perfeito que pode ser mau. E eu não tenho qualquer intenção de manipular Sakura. Não duvide de minhas palavras. Se oculto algo é porque preciso que seja assim.

Silenciosamente ela se retirou e estando novamente sozinho, Kakashi sentou. Algo ainda o assombrava.

“ A Santa Deusa tem o poder de controlar e moldar a vida de todos aqueles que achar necessário.”

~*~

Quando finalmente chegou á seus aposentos, Morgan suspirou profundamente e encarou o próprio reflexo no espelho iluminado pela fraca luz da lua. Não conseguia discernir seu semblante na penumbra, exceto os olhos reluzentes como safiras.

“ Tenho de aguentar. Tudo está chegando ao fim, preciso preparar Sakura e ter a força necessária para dar um fim nesse ciclo interminável.”

Seus olhos recaíram sobre uma pequena caixa sob a penteadeira. Sentou-se na cama e a abriu com cuidado, Os três pingentes arredondados reluziram na luz pálida, realçando a tonalidade prata do colar. Um cordão negro com três círculos vazados. O presente que dera á Ele para protege-lo...e que Ele usara em sua última batalha.

Uma pequena lágrima escorreu pelo rosto de porcelana.

Ele prometera que seu último pensamento antes da morte seria para Morgan, mesmo ela tendo profetizado que não seria. Que o último pensamento dele seria direcionado ao irmão.

E assim foi feito. Porém, em seu último sopro de vida, quando a queda o levou ao fim, o pensamento Dele foi o cumprimento da promessa que havia lhe feito. E que ela sentiu no mesmo momento.

“Morgan”

Ele venceu o sonho que a Santa Deusa profetizara. Seus sentimentos sobrepujaram o poder da deusa e a promessa havia vencido.

- Meu único amor.

~*~

11 comentários:

Sandro Honorato disse...

Tsu e ai como vai?
sobre o txt adorei :)
Mesmo sendo grande,voce consegue prender atenção do leitor sabe? eu acho que nao consigo isso :(

Valeu pelos conselhos...to querendo ir no cine ver Transformers kkkk
Vou mandar o mano baixar pelo Anime Center xD

Po,quero trabalhar ter minha grana pra fazer as paradas,mandar fazer um cosplay foda e talz kkkkk

Beijos e um excelente fim de semana

Dantop♥ disse...

Oi Tsu♥
Disponha sempre da minha ajuda, e o que quizer que eu digite, eu digito☺
Você só precisa arrumar um jeito de tranformas páginas em arquivo. Eu não me importo de você mandar pelo correio, mas eu acho um pouco arriscado, pq se os papeis se perderem ou demorarem muito pra chegar, você fica na mão, mas se vc quizer, só me falar q eu te passo o endereço♥
Ah, eu tmb sou muquirana, só não tenho pena de gastar com livros, mangás, Harry Potter, sorvete e esmalte. Se você reescrever a caneta, dá, só que não vai demorar muito? Tipo, você já não tem tempo pra nada, e reescrever dá um preguiça......¬¬
Ah, tudo bem sobre o e-mail, mas uma perguntinha, pq eu sou leigo com e-mails, tem como usar a conta do hotmail como e-mail? Se der, ai nos resolvemos, se não.....ai vc vai ter q me ensinar a criar uma conta, kk
E se te consola, tmb não gosto do Sasuke, mas não vou chingar ele pq eu tenho uma amiga q o ama, e ai eu prefiro não irrita-la atoa....*-*
Ah sim, eu vi o seu post sobre As Brumas de Avalon, mas eu não achei ainda p comprar, apesar d saber q minha mãe vai ficar fera de comprar tanto livro, eu já implorei bastante pelos livros do Harry, q do 1 ao 4 são meus, o 5 do meu irmão e o 6 e 7 compartilhados. E meu irmão comprando o Simbolo perdido e Afilosofia do Simbolo Perdido, ela tá cansada disso...Ela ama ler, mas não histórias, ela gosta de noticia (não fofoca tah, ela tem repulsa por fofoca...)
É sim, a informação cultural nunca é demais♥
Bjs

P.S.:Ameiii o capitulo!! Mas eu qro saber o que q a Ino disse pra Sakura.....tô triste, vou ter q esperar...♥

JessicaBarros disse...

Oi Tsu ^^

Amei o seu capitulo do Naruto já algum tempo tenho andado a ver as suas fanfic e esão demais^^

Continue assim :3

Força Inogaa
Bjinhos :3

Tsu disse...

Oi Sandro!
Opa legal você estar curtindo a fanfic...está acompanhando desde o primeiro capítulo? 0.o
Ah eu vi Transformers...tem uns efeitos especiais bem legais..essa semana estréia HP...e esse próximo findis irei no AF! \o/ Depois tento fazer yuma cobertura exclusiva no blog!

bjs

Dantop!
Tudo bom?
Hum poxa vaqleu mesmo por sedisponivbilizar a me ajudar..eu vou ver como faço aqui. Primeiro tenho que escrever no papel mais capítulos da fanfic para então mandar...mas escrever a fanfic me dá uma preguiça!!!
Olha no caso de mandar via correio nem dá tanto trabalho com relação á demora pra chegar. Isso raramente acontece e ademais, eu demoro muito pra publicar a fanfic como você pode ver. O caso é que preciso me focar nela para escrever e ter alguns capítulos prontos já para digitar, que é o que costumo fazer. Mas normalmente eu dou prioridade para os artigos do blog, que tem que ficar atualizando..eu tenho um especial de Divinos Pecados focado no Itachi que ainda preciso escrever (estava indo bem mas subitamente parei e não consegui retomar por falta de idéias).

Eu tento economizar mas sabe como é..junta contas, necessidades...eu vou no Anime Friends semana q vem e provavelmente irei gastar mais do que devo se achar o que to procurando...nao posso falar o que é para não diminuir a sorte de encontrar rs. Livros minha mãe me proibiu de comprar porque já tenho muitos em casa hohohohoh...mas estou de olho numa trilogia e um livro clássico que preciso comprar...

Olha o e-mail do Hotmail é e-mail sim! Dá pra usar ele normalmente..se você acessar lá verá a caixa de entrada! Menina tem que saber usar e-mail mais pra frente você pode precisar em relação á trabalho e coisa e tal...quando comecei a frequentar a web só havia e-mail, fóruns de discussão, bate-papos do Uol e ICQ (esse foi, digamos, um percurssor do MSN).

Blz não precisa xingar o Sasuke..eu xingo ele por nós duas kkkk. Não entendo como podem gostar do personagem ¬¬ ele não me desce de jeito nenhum.

O livro das Brumas é um pouco dificil de encontrar pq é antigo mas eu cheguei a ver em livrarias o box com os 4 livros. Opa valeu por ter curtido o capítulo da fic e quanto ao final..bom eu sempre termino os capítulos que nem novela, todo mundo diz rs. Mas o que você achou da Santa Deusa? Uma personagen original que criei rs.

bjs

Olá Jessica.
Opa sério mesmo que está lendo minha fanfic? Fico muito feliz! Fã de InoGaa? Esse casal anda crescendo ultimamente, sempre tentarei destacá-los na medida do possível.
bjs

Acácia Azevedo Studio Pottery disse...

Querida Tsu, vc escreve muito e bem! Parabéns. Tem um selinho lá no blog esperando por vc, se quiser, na aba Selos/ Stamps! Bjs e lindo final de domingo para ti!
Bjssssssssss, A.

Tsu disse...

Olá Acácia!
Poxa, obrigada pelo elogio! Espero poder contar com seus comentários no meu blog sempre pois sempre estarei passando no seu!
E obrigada pelo Selinho!

Anônimo disse...

Caramba, tsu estou completamente encantada com sua Fic, parabéns é um enredo intelegente e perspicaz. Tem uma história linda, de mistérios e magia, além de explorar mais alguns personagens como a sakura e o Itachi (amo), e todas aquelas picuinhas do gaara-ino, Shika-temari e o nosso sensei preferido ta muito cool.!
É tão realista que quase parece ser do enredo original...
Você realmente tem o dom de escrever, seria uma ótima autora ou roteirista.! =)
Só uma coisa, a Ino é boba fato, mas tipo ela tá muito vítima, se é que me entende... que tão deixar ela mais diabinha e fazer com que ela ensine mais um pouquinho do divino pecado para o gaara ?? rsrs.. Adorei as cenas pervê, kkkk' fazendo o mal kkkkk'

Muitooo boa mesmo, parabéns de novo . !! E não demora muito pra atualizar não, tá? :D

xxxxxx
Ass: Elines

Roberta disse...

Shikamaru dando tum na Ino = Win!
Quem sabe com toda essa crise a Ino não amadureça um pouquinho? Menina mimaaaaada... Adorei a reação do Gaara! (eu devo ser estranha mesmo, hahaha!)
Mas agora eu quero saber por que, POR QUE a Temari resolveu dormir na casa das sacerdotisas? Ela devia ter ficado com o Shiikamaru e feito esta leitora aqui uma criatura muito mais satisfeita!
Prevejo Itachi chegando?
ótimo capítulo, como sempre! Desculpa a demora pra deixar o comentário, de repente as coisas aqui ficarm meio corridas!

Tsu disse...

Oi Eline!
Poxa, fico muito feliz e grata por voc~e ter gostado da minha fanfic e super legal saber que vc curte o Itachi! Haverá muito mais sobre eles futuramente na fic!
Eu tento escrever meu livro, espero um dia poder conseguir e desde já agradeço o incentivo! Por gostar da minha forma de escrever!
ashash pode deixar que farei a Ino ter mais atitude e ensinar algumas coisas pro Gaara! rs
bjs

Robs!!
AHSHASAHS é quem sabe dessa vez a Ino amadurece um pouco né/ Mas ainda vai ter uns probleminhas antes...eu também gostei da reação do Gara..foi adulta e ao mesmo tempo infantil...falta diálogo entre os dois!
HASHASHASH né?? Eu pensei que se a Temari aceitasse o pedido do Shikamaru ia ficar muito...há ela já tinha ido com o Shika, deixa ele sentir falta dela rs. Sem contar que a Temari está priorizando seu retorno á Floresta Proibida =).
Bom, o Itaxhi chegará mas será em forma de lembranças mesmo.
As coisas estão corridas por aí? Espero que esteja tudo bem pelo menos ^^

Leka disse...

Ahhhhh! quero ler mais....kkkkkk!
Vou aguardar ansiosa pelo próximo capítulo!
Cara A ino e o Gaara tem que conversar urgenteeeee....esses dois são muito marrentos mesmo!
Será que eles não percebem que o velhote está profetizando eles..pelo amor de deus é de dar raiva!kkkkk!

É isso aí...vou esperar a continuação!kkk!
bjs e paz!

Tsu disse...

Hum...o passado de Kakashi naquela floresta certamente será diferente do destino que o pai dele teve..ou talvez nem tanto...eu ainda não sei kkkkk. Mas é fato que o Kakashi está realmente balançado pela Sakura de verdade...adoro conflitos internos de personagens rs.

E deixando um spoilerzinho pra vc ficar com vontade...existe um passado de Itachi Uchiha naquela floresta e com a Santa Deusa! 0.0

Confira Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...